quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Perfil de administrador

Olha se depender do eleitorado joinvilense,Udo Döhler tem grande chance de ser eleito prefeito em 2012.Com o perfil de administrador sério e distante da política partidária,o empresário do ramo textil conhece profundamente as demandas de Joinville e sua participação no próximo pleito municipal seria muito bem vinda.

3 comentários:

Jordi C disse...

Pode até ser que seja um administrador. Também é verdade que é muitas outras coisas, não todas são virtudes. Vamos pensar e avaliar um pouco mais antes de sair apoiando de forma irrestrita este modelo gerentão.

É verdade que o desastre desta administração municipal leva as pessoas a desejar quaisquer outra coisa, na certeza que quaisquer outra gestão será melhor. Alguem que faça, não implica forzosamente que faça bem. Agora não estou convencido que o modelo "Dilmão" seja o melhor, nem para o Brasil, nem para Joinville

Processos democráticos e participativos exigem um perfil menos autoritário, mais conciliatório. Um perfil diferente que o que o que é necessário para tocar uma indústria. Mais tolerante e com quase total certeza com maior capacidade de aglutinação.

Juliano Carvalho Bueno disse...

Caro Jordi,respeito seu posicionamento.Você é intelectual e técnico e sabe muita coisa.O problema é a inércia da administração em todo Brasil,principalmente aqui no nosso feudo...Quando escrevo que o empresário Udo Döhler seria um bom candidato,é que na visão geral de Joinville,empresários que foram candidatos a prefeito tiveram o aval da população.Aliás o que acontece é o político ter sede de disputas eleitorais,mas na hora de assumir o mandato fica perdido,ou pior usa e abusa do cargo para promoção pessoal.Como Udo Döeler não tem essa "maladragem" política-partidária chegaria sem vícios a administração da maior cidade do estado...Jordi você consegue fazer a leitura mais profunda.Mas o povão quer um cara prático e objetivo.O cidadão está cansado dessa politicagem,daí a vantagem de Döhler em 2012,ok!!!Queira ou não queira seria o fato novo na próxima eleição.

Jordi C disse...

Na verdade no meio do desastre em que se converteu desde o ponto de vista administrativo esta gestão municipal é normal que as pessoas acreditem que um empresário poderia ser uma alternativa melhor. É provavelmente seja. Não podemos esquecer que empresários, como políticos, tem de todos os tipos e tem alguns bons e outros nem tanto. Na verdade existe uma consciência coletiva que quaisquer coisa ou quaisquer alternativa será melhor que o modelo atual e isto leva as pessoas a deixar de pensar. A aceitar efetivamente quaisquer alternativa.

É bom não se iludir,a unica coisa em comum que Udo Dohler tem que o ultimo empresário que assumiu a prefeitura com sucesso (Wittich Freitag) é o sobre-nome alemão. As coincidências acabam por aqui.
Os tempos são outros, a cidade é outra e a realidade é outra. Você tem toda a razão quando diz que Udo Dohler é o fato novo, mas ser o fato novo a dois anos do pleito é muito tempo.

Eu acho muito bom que ele se lance candidato abertamente como o tem feito, mesmo que fosse um segredo a vozes desde faz mais de 4 anos. Quanto mais tempo esteja em campanha mais ficará em evidencia, mais ficará exposto e a sociedade poderá conhecer melhor quem é e como é.
A forma como esta sendo conduzido o processo eleitoral na ACIJ, tanto o atual como o anterior servem para saber um pouco mais da sua forma de agir.