sábado, 31 de dezembro de 2011

Pensamento

Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.

Confúcio

Como diria o meu amigo Fofão...essa é a mais pura verdade.

FELIZ 2012 PARA TODOS!!!

Eu tive câncer...que privilégio,por Suzete Maria Boschi

Chegamos ao final de 2011 e decidi falar sobre algo que assombrou um pouco minha família neste dois últimos anos: a enfermidade pela qual passei.
Quando descobri aqueles "ovos de codorna" em minha mama esquerda, em dezembro de 2009, nem me preocupei. Fui ao médico peguei todas as requisições para os exames necessários e férias, fui para praia com minha família na maior tranqüilidade.
As mulheres me perguntam se eu fazia exames de rotina ??? Sim fazia. Aquela coisa apareceu em minha mama de um dia para outro. Um dia não estava lá e no outro já estava.
Recebi o resultado da biópsia e penso que "a ficha" não caiu até agora. Houve uma madrugada em que acordei e agonizei tudo o que podia, imaginei minha morte (enterro), senti o cheiro do hospital, chorei muito, mas depois tudo passou e a força maravilhosa do Espírito Santo, acredito que me cobriu.
Lembro da expressão do meu mastologista ao olhar os exames e ver o tamanho dos nódulos e depois da mastectomia ao saber que meus linfonodos não tinham sido infectados.
Lembro do esforço dele e da hematologista para me convencer a fazer quimioterapia.
Lembro do desespero da minha família. Um dos meus irmãos ligava todos os dias, parecia que meu caixão já estava encomendado.
NUNCA ME SENTI COM CÂNCER. NUNCA ACREDITEI QUE TINHA CÂNCER.
Experimentei coisas profundas, pois nunca tinha ficado doente. Olhei nos olhos da morte e descobri O QUANTO SOMOS MISERÁVEIS.
PARA MIM FOI UM PRIVILÉGIO EXPERIMENTAR TUDO ISSO.
FUI CARREGADA NOS BRAÇOS DE DEUS ATRAVÉS DAQUELES QUE ME AMAM e descobri quantas pessoas se preocupam comigo.
Como me senti amada e protegida. Recebi orações de todos os cantos do Brasil e até do exterior.
Pude abraçar mulheres que estavam passando pela mesma experiência e confortá-las. Orei por muitas pessoas com câncer e entendi profundamente aquele ensinamento de Jesus: "...ESTIVE DOENTE E NÃO ME VISITASTE..."
Fiz a maior festa com os pacientes na clínica durante as aplicações de quimioterapia. Brincava com o enfermeiro dizendo que o monstro de meus pesadelos era uma seringa gigante que aparecia dizendo : "só uma picadinha"
O pesadelo acabou e hoje estou no processo de reconstrução mamária. Fico encantada diante do progresso da cirurgia plástica e dou Glórias a Deus por isso.
Louvo a Deus pela vida de homens e mulheres, que acredito serem separados por Ele para exercerem a medicina.
O QUE LUCREI COM TUDO ISSO???? Mais humanidade, mais compaixão.
Passei por tudo isso porque o Senhor esteve comigo através da vida de cada um que demonstrou um pouquinho de amor por mim.
EU ACREDITO PROFUNDAMENTE QUE TODAS AS COISAS COLABORAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS.
Amo as pessoas, os seres humanos, acredito nas pessoas, acredito no amor de Deus.
Espero que Deus me de sabedoria para viver de forma que possa abençoar outras vidas.
O câncer para mim foi isso, uma experiência profunda com o amor do Criador, nada mais que isso.
Aproveite o louvorhttp://www.youtube.com/watch?v=yP-yU53fZxg&feature=related

Suzete Maria Boschi, de Curitiba

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Preço baixo = mais clientes

Você sai pela cidade e observa os postos de gasolina vazios. Quando você chega ali na rua Anita Garibaldi a situação muda. Tem fila para abastecer no Auto-Posto Anita. O motivo??? Simples, o baixo preço do combustível.

Shopping com bom movimento

Os shoppings de Joinville estavam com um bom movimento, principalmente o Joinville Garten e o Cidade das Flores.

Chuva atrapalha férias

Quem planejou passar o natal na praia não se deu bem.O tempo chuvoso por enquanto está detonando os últimos dias de 2011.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Os policiais também...

Os policiais militares,o pessoal da Conurb também com essas roupas pesadas.

Roupa mais leve

Será que a Engepasa,a Transtusa e a Gidion não poderiam proporcionar aos seus funcionários uma roupa mais leve ??? O gari da Engepasa andando pra lá e pra cá nesse sol quente ??? E os motoristas de ônibus dirigindo com um calorão desses ???

domingo, 18 de dezembro de 2011

E o Neymar???

Eita jogador pipoqueiro...quando o clube precisa de seriedade e profissionalismo o Neymar deixa o clube na mão...Pauuuuu na propaganda enganosa...E nota 10 para o Barcelona.

sábado, 17 de dezembro de 2011

Injustiça

Juliano

Você esta sendo injusto, estas duas ruas não estão nem mais nem menos abandonadas que centenas de outras. Elas estão rigorosamente no mesmo padrão. Que a maioria de ruas da cidade...rsrsrsr


Jordi Castan

Prudente de Moraes e Piratuba. Até quando...

...Essas ruas ficarão abandonadas pela Prefeitura de Joinville ???

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Esquartejamento do Pará

Apuradas quase 80% dos votos, a maioria dos eleitores do Pará, estão rejeitando o esquartejamento do Estados.

A maioria absoluta rejeitou a criação do estados de Carajás e Tapajós.

Dos 5 milhões de eleitores aptos a votar no plebiscito deste domingo, apenas 1% foram de votos nulos e 0,5% de brancos.

É a população do Norte do Brasil, mostrando que apesar da miséria, e o descaso das autoridade, que estão bem sintonizados e que não aceitam mais o coronelismo.

Ou vocês acham que a criação desses estados serviria para que?

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

curvell@terra.com.br

Menos príncipes, mais vereadores

Convenhamos que é razoavelmente sóbrio deduzir que uma das causas prováveis de deficiências na representação popular e nos processos decisórios comunitários seja um insuficiente número de representantes do povo. É lógico: poucos representantes, poucos representados. Se admitirmos que em política, na prática, o mais forte é atendido primeiro, então podemos concluir que um número reduzido de representantes populares fortalece o poder do mais forte e afasta os mais fracos dos processos decisórios. Na minha opinião, por via de análise racional, deve haver mais cadeiras na Câmara de Vereadores. Isto não precisa necessariamente aumentar os custos do legislativo municipal - os vereadores podem dividir seus ganhos pela metade, em nome de uma grande causa política que é o aumento da represetnação popular nos processos decisórios comunitários.
Milton Wendel

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Pensamento

Não há amizade, que por mais profunda que seja, que resista a uma série de canalhices.

Isso infelizmente é uma verdade...Longe de mim as pessoas falsas e interesseiras.

Menos passageiros

Mais aumento na passagem do ônibus ??? Mais gente comprando moto e carros...É a realidade, é a sobrevivência.

Cada vez pior...

Falam e falam que vão melhorar o trânsito de Joinville e nada é modificado. Dia de chuva então,aí é que a coisa não anda. 2012 está logo aí!!!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Mais um Mestrado Público e Gratuito na UDESC-Joinville

A CAPES, órgão do Ministério da Educação Aprova abertura de Mestrado
em Computação Aplicada na UDESC-Joinville

Ainda em dezembro a direção de pesquisa e pós-graduação deverá lançar edital de

processo seletivo de estudantes para início das aulas em março/2012.

A notícia está na página:

http://www.joinville.udesc.br/portal/noticias/index.php?id=4296&pg=1

domingo, 4 de dezembro de 2011

TEXTO INTERESSANTE

RETIRADO DO BLOG DO JORDI CASTAN,OK!!!

Organizar, planejar, prever.
O engraçado é que esta sempre foi uma das características do joinvilense, desde a barca Colon. Penso que o marco final dessa filosofia se deu no governo Freitag.
No meu tempo de garoto, orgulhavamo-nos das nossas ruas e calçadas largas, previstas para os próximos cinquenta anos, fato corroborado também pelos nossos visitantes de fora. O padrão de comparação era São Chico, que, por ser de outra origem étnica, sempre foi encarada com certo desdém pela nossa população. Esse desdém, hoje em dia, é total e fortemente dirigido a Florianópolis, de idêntica origem étnica.
Lembro-me dos serviços urbanos bem feitos, tubos de drenagem decentes, calceteiros (sim, ainda não havia asfalto "casca de ovo") competentes e dedicados assentando pedra por pedra nossas ruas com esmero e carinho. Resultavam daí ruas calçadas a paralelepípedos sem ondulaçãos e com abaulamento perfeito.
Bons tempos esses...
O que aconteceu depois de Freitag?
Que fenômenos sociológicos e políticos nos transformaram numa cidade de péssimos serviços públicos, muita enrolação de políticos (nos quais infelizmente a população continua a acreditar e obedecer cegamente) e discursos megalomaníacos?
Ontem, assistindo a uma sessão da CVJ no canal 16 Net, um vereador repetia de boca cheia o estribilho mais repetido na cidade: somos a maior e melhor cidade do estado e não podemos ser tratados assim!!! (não lembro qual era a proposição)

Como se as outras fossem piores, e nelas ninguém trabalhasse. Sim, porque em algum momento da história colocaram no inconsciente coletivo do povo joinvilense a crença de que ele é o que mais trabalha, o que mais arrecada e não fosse isso, o estado iria à bancarrota.
Mais. Também nos convenceram que todo o nosso suor serve só para sustentar Florianópolis, "cidade que só tem políticos corruptos e funcionários preguiçosos, que vivem se divertindo na praia às nossas custas". Ouço isso ha pelo menos uns quarenta anos.
E por fim, depois de tanto trabalhar, arrecadar e enviar o dinheiro para a capital, não nos dão nada em troca.
E mesmo quando elegemos um governador daqui, que poderia corrigir a suposta injustiça, ele faz menos ainda(pauuuu!!!). Mas continuamos votando e acreditando nele...
Acho que o fato de nos consideramos "coitadinhos" e "prejudicados" é a melhor desculpa para nos mantermos na inércia e ficarmos escondidos atrás da nossa própria incapacidade.
É sempre mais fácil assumir a condição de vítima do que ir à luta, onde fatalmente acabaremos tomando alguns arranhões. Mas não conheço nenhuma outra maneira de ir para a frente.
Minha formação acadêmica (engenheiro) não permite que me aprofunde mais nessa questão, mas penso que qualquer iniciativa que venha a ser tomada, seja ela qual for, deverá ser precedida de um amplo estudo antropológico, sociológico e psicossocial, para ao menos tentar eliminar essa "neura" joinvilense.
Não é olhando para o côcho do vizinho que vamos melhorar o nosso.
Somos a cidade mais populosa do estado? Claro que sim.
Temos o maior parque industrial? Sem dúvida.
Temos uma enorme circulação de recursos em nosso meio? Óbvio.
São fatores que, sem arrogância, podem e devem nos orgulhar. Mas isso não nos dá o direito de exigir mais que as outras cidades do estado, que proporcionalmente pagam exatamente o mesmo que pagamos. Mas é mais facil se fingir de "explorado" e ao mesmo tempo estufar o peito - "Somos a maior!!" (parece que isso nos basta)
Nossos espertos políticos sabem há décadas que essa é a melhor maneira de obter votos aqui.

Senhor Castan, perdoe o texto extenso. Sei que muitos jogarão pedras, mas acho que vale a pena analisar esse ângulo.

* O texto é do sr. Nelson e foi publicado no blog do Jordi Castan.

Shopping Müller perdeu um cliente

Com certeza,ali não entro mais.

sábado, 3 de dezembro de 2011

JEC ... UM DIA INESQUECÍVEL!!!

EXISTEM DATAS QUE NUNCA IRÃO SAIR DE NOSSA CABEÇA.MOMENTOS TRISTES E ALEGRES. ESQUEÇAMOS POR ESSE INSTANTE OS MOMENTOS TRISTES E ABRIREMOS ESPAÇO PARA AS CONQUISTAS. O JOINVILLE ESPORTE CLUBE HOJE COMEMOROU SEU PRIMEIRO TÍTULO NACIONAL. OBSERVARAM A QUANTIDADE DE TORCEDORES GRITANDO "JEC!!!" "JEC!!!" "JEC!!!"... DURANTE O JOGO UM ESPETÁCULO INESQUECÍVEL, APÓS O TRIUNFO A COMEMORAÇÃO EM TODA JOINVILLE. A COBERTURA DA IMPRENSA LOCAL FOI MARCANTE. AS DUAS RÁDIOS AMS...A CULTURA E A RÁDIO CLUBE ACOMPANHANDO PASSO-A-PASSO OS DETALHES DO JOGO. A RIC RECORD FAZENDO UMA TRANSMISSÃO QUE VALORIZOU AINDA MAIS A CONQUISTA DO TRICOLOR. NÃO PODEMOS ESQUECER DA COBERTURA DOS DOIS JORNAIS LOCAIS. O NOTÍCIAS DO DIA E O JORNAL A NOTÍCIA,NOTA 10!!! ENFIM UMA ALEGRIA QUE FICARÁ PARA SEMPRE GRAVADA NA HISTÓRIA DE NOSSA CIDADE...VIVA O JEC!!!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Pedido aos doadores

Samuel Gonçalves Juvenal está hospitalizado no Hospital Infantil de Joinville e precisa da doação de sangue...Mais informações direto no Hospital,ok!!!

Vamos ajudar essa criança.



quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Quem diría...(II)

Estudantes da USP (reduto de importantes intelectuais) protestando para que a maconha seja liberada no Brasil...Isso é uma vergonha!!! Bando de imbecis.Vão estudar cambada.

Quem díria...

...O FMI querendo que o Brasil empreste dinheiro a Europa.

domingo, 27 de novembro de 2011

FABIANI RUIZ, UMA GRANDE ESCRITORA


Essa é a Fabiani Ruiz um dos grandes nomes das letras aqui de Joinville...Já demorou para ela lançar seu livro que com certeza será um sucesso.

PENSAMENTO

Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis

Bertold Brecht

JEC...SENSACIONAL!!! MARCANTE!!!

NÃO TEM O QUE FALAR...O JEC FOI SIMPLESMENTE ESPETACULAR EM MACEIÓ!!!

VIVA O JEC!!!

APRESENTAÇÃO DA BANDA MARCIAL

No sábado (28/11/2011) a Banda Marcial da Escola Arnaldo Moreira Douat esteve presente na Rua do Papai Noel onde alegrou o público com seu repertório. Mais uma vez o professor Alexandre e cia marcando presença nas comemorações natalinas de Joinville.

MUITO BACANA MESMO

A direção da E.E.B. Arnaldo Moreira Douat parabeniza as professoras, Anna Giórgia,Fernanda, Andrea e Rosenilde pela organização do evento interdisciplinar promovido no último sábado (26/11/2011) aqui na escola. Os pais estiveram presentes e visitaram as salas de aula onde seus filhos mostraram seus trabalhos. As apresentações de danças nordestinas e a degustação de comidas típicas também foi outro atrativo da atividade. Valeu pela dedicação e organização das professoras e alunos...o mérito é todo de vocês.

Att
Juliano Carvalho Bueno
Diretor da E.E.B. Arnaldo Moreira Douat

sábado, 26 de novembro de 2011

Agradecimento

A E.E.B. Arnaldo Moreira Douat agradece ao Secretário de Educação do Estado de Santa Catarina, o sr. Marco Antônio Tebaldi pela doação de instrumentos musicais para a banda marcial da escola. A direção da escola,os professores e alunos agradecem pelo seu grande apoio ao belo trabalho desenvolvido pelo professor Alexandre através da música de qualidade.Muito obrigado!!!

Att
Juliano Carvalho Bueno

Diretor da E.E.B. Arnaldo Moreira Douat

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Mentalidade pequena

Se o empresariado de Joinville se contenta apenas com investimentos da Celesc, o que que eu,um mero servo feudal vou falar ??? E nenhum empresário contesta o 1 bilhão pra Floripa ???


domingo, 20 de novembro de 2011

DROGAS NEM PENSAR, POR PAULO CURVELLO

O relatório, divulgado ontem pelo Fórum de Combate às Drogas, da Assembléia Legislativa, tem uma conclusão cruel sobre a realidade da epidemia das drogas no Estado: há uma ausência quase total de políticas públicas para atendimento dos dependentes. Em sete audiências, apurou-se que há hoje em SC cerca de 700 mil usuários e dependentes de álcool; 125 mil de substâncias entorpecentes ilícitas e 180 mil estudantes do ensino fundamental e médio que fazem uso esporádico de drogas ilícitas.

E dizer que tem pai que permite - e por vezes até participa - de "esquenta" com seus filhos. E os mais retardados, apoiam a liberação da maconha.

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

curvell@terra.com.br

Jec X Avaí em 2012 pelo Série B

O bom time do Avaí não conseguiu permanecer na elite do futebol nacional. Infelizmente o clube da capital priorizou o marketing esportivo ao invés do futebol profissional.Ainda bem que o Jec não caiu nessa. Demorou para voltar a série B...mas agora sua luta será pela permanência.

sábado, 19 de novembro de 2011

Chico Buarque sobre a solidão

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida... Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma....


Francisco Buarque de Holanda

Colaboração: Suzete Boschi de Curitiba

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Da coluna do Toninho Neves

Enfim, a quarta ponte 1



Abrem-se as cortinas para o espetáculo começar. No mesmo dia
em que um grupo de políticos de Joinville encontrava dificuldades para liberar
os R$ 40 milhões do BNDES em Floripa, e o Ministro dos Transportes negava
fogo para uma audiência em que receberia
uma comitiva que iria cobrar o inicio da duplicação da BR-280, também o
governador Raimundo Colombo dava entrevista para anunciar a construção da
quarta ponte de Florianópolis ligando ao Continente. Valor da ponte, mais de R$ 1 bilhão.
Inauguração marcada para 2014. Nesse dia me senti um provinciano, um zé mané,
um colonizado de Floripa. Acho que é o que somos todos nós. Uns manés, que
servimos para trabalhar e pagar impostos. Quando é que Joinville vai parar de
viver com migalhas que o governo do Estado nos dá, e vai apresentar projetos de
grande infraestrutura e buscar os recursos que a Ilha nos deve, pelo muito que
arrecada aqui.

Enfim, a quarta ponte 2

Nossa realidade é de doer. Não conseguimos construir um
simples elevado. A outra ponte do Rio
Cachoeira também não sai. Está sendo construída uma passarela que vai ligar o
Forum e a Câmara de Vereadores com o Centreventos Cau Hansen porque o Odir
Nunes resolveu dar o dinheiro, carimbando a obra tão reivindicada, senão também
não sairia. Então, estamos combinado. Florianópolis vai construir mais uma
ponte, de valor bilionário, e nós aqui, em nossa colônia, vamos ficar
aplaudindo os ilhéus, enquanto amargamos a nossa condição de meros vassalos dos
políticos de lá e dos daqui também. Servimos somente para arrecadar impostos,
bem gastos pelos cidadãos da ilha. Fecha o pano.

Fonte: www.toninhoneves.com.br


sábado, 12 de novembro de 2011

O PONTO NEGRO

Certo dia, um professor chegou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova-relâmpago.
Todos acertaram suas filas, aguardando assustados o teste que viria.
O professor foi entregando, então, a folha da prova com a parte do texto virada para baixo, como era de costume.
Depois que todos receberam, pediu que desvirassem a folha.
Para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha.

O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:

- Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

Todos os alunos, confusos, começaram, então, a difícil e inexplicável tarefa.
Terminado o tempo, o mestre recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.
Todas, sem exceção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.
Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a explicar:


- Esse teste não será para nota, apenas serve de lição para todos nós. Ninguém na sala falou sobre a folha em branco.
Todos centralizaram suas atenções no ponto negro.
Assim acontece em nossas vidas.
Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.
A vida é um presente da natureza dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado.
Temos motivos para comemorar sempre!
A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o sustento, os milagres que diariamente presenciamos. No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro!

O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um amigo.
Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente.

Pense nisso!
Tire os olhos dos pontos negros de sua vida.
Aproveite cada bênção, cada momento que o Criador te dá.

Tranqüilize-se e seja ... FELIZ!

Colaboração: Suzete Boschi de Curitiba


sábado, 5 de novembro de 2011

Só mais uma ponte(é a quarta)


Enquanto Joinville ainda não viu a cor dos R$ 40 milhões do BNDES...Florianópolis receberá mais de R$ 1 bilhão para a construção da quarta ponte...Será que ninguém enxerga que isso é um absurdo ??? Toda economia de um estado,voltada apenas para beneficiar uma cidade parasita???

Muito bacana

Muito bacana a iniciativa do Jornal A Notícia de resgatar a história da Escola Conselheiro Mafra. A primeira escola pública de Joinville merece todo carinho e atenção da comunidade e do governo. Infelizmente nos últimos anos as escolas estaduais não estão tendo os devidos investimentos.Falta dinheiro? Claro que não,falta é uma política séria de valorização da escola pública catarinense.Em 2012 o Governo de Santa Catarina iniciará o Ensino Médio Integral em três escolas de Joinville.É uma bela iniciativa e que merece o apoio de toda comunidade.Outros investimentos virão para a educação em Joinville segundo o secretário da educação Marco Tebaldi que é defensor do Ensino Integral nas escolas estaduais de Santa Catarina.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Estranho

Os seguranças do shopping passando todo dia pelo carro,cheio de câmeras,não perceberem que o carro está ali ??? Aí tem coisa.

Espera aí !!!

Quer dizer que o carro fica parado quase um ano no estacionamento de um shopping e ninguém avisa a polícia ??? É muito descaso mesmo.

Casal encontra carro roubado

Um passeio no shopping terminou com uma boa surpresa para um casal na noite de segunda-feira, em Joinville. Quando chegou no terceiro piso do estacionamento do Cidade das Flores, encontrou um Escort cinza muito parecido com o que havia sido roubado em dezembro de 2010.

O carro estava com os pneus vazios e empoeirado. Ao olhar a placa do carro, o casal teve certeza de que se tratava do mesmo veículo. O segurança do estabelecimento acionou a Polícia Militar, que confirmou o registro de furto do automóvel e deu início ao procedimento de devolução.

Em entrevista à RBS TV ontem, o supervisor do estacionamento do shopping, Márcio Schmidt, disse que o carro estava no local há pelo menos seis meses. “Não temos o registro de entrada. Mas um fato como este é bom para que a gente fique mais alerta”, diz.

Na sexta-feira, representantes do estacionamento vão se reunir com os donos para ver como ficará a situação do veículo, roubado há poucas quadras de onde foi abandonado.

Fonte: Jornal A Notícia(02/11/2011)

sábado, 29 de outubro de 2011

Grafiteiros x pichadores(ou desocupados???)

Em relação a nota "movimento ND de 27/10" coluna do Haroldo Marinho, sugiro que a PMJ adote medida semelhante a que a Prefeitura de Balneário Camboriú adotou.

Os muros da pista de skate daqui, são todos cobertos por grafites e desenhos diversos.

Além de dar um ar mais alegre ao local, inibe as pichações.

As "tribos" de pichadores e grafiteiros são diferentes, mas se respeitam. Fica a sugestão.

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

Uma camaçada de pau bem dada

O povo de Joinville reclama há vários anos que não tem um parque público na cidade.Agora que vai ser inaugurado,um bando de desocupados,que não tem nada na vida,que não merecem viver na civilização,que não merecem viver em Joinville se acham no direito de destruir o patrimônio público.Cambada de vagabundos.Depois a Polícia dá uma camaçada de pau e ainda vão dizer que são de menores.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Carmen comenta da Espanha

Sí lo hay, mejor dicho, los hay, pero para pagar el silencio de quienes los inventan y construyen porque interesa más el negocio del petróleo...

Biquiños.

Carmen

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Investimento em pesquisa

Não há um único tostão para pesquisa de carro movido a energia solar.

Milton Wendel

sábado, 22 de outubro de 2011

ETANOL A VERGONHA NACIONAL


Peca o governo federal com a falta de capacidade de lidar com a produção do álcool no Brasil. É uma vergonha, é uma aberração incentivar a compra de automóveis flex e depois não dar conta de manter a produção do combustível. Nota ZERO,um ZERÃO bem GRANDÃO para o governo federal que caiu na garras dos usineiros e que não tem uma política séria para a produção do álcool.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Nova música


Novo fundo musical para ouvir ao ler o FEUDALISMOATUAL.BLOGSPOT.COM

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Aliás...

...Os humilhados serão exaltados.

Joinville amanheceu diferente

As conquistas individuais são importantes,mas não superam as coletivas.A grande vitória do Jec sobre o Brasiliense ontem colocando novamente o clube na Série B parou a cidade.Todo povo ficou feliz. O orgulho joinvilense despertou novamente.O Jec passou uma fase amarga em sua história recente.Mas todos os grandes clubes do Brasil viveram uma fase difícil. O Jec superou.Quem sabe agora volte a trilhar pelo caminho das grandes conquistas. Que tal iniciando pela conquista da Série C.

domingo, 16 de outubro de 2011

EDUCAÇÃO X CORRUPÇÃO


O movimento Basta Corrupção de Joinville tem a preocupação de educar sobre corrupção, enfocando a educação básica.Estudantes de nível fundamental participaram da marcha do último dia 9 de outubro.

Colaboração: Milton Wendel

sábado, 15 de outubro de 2011

Pensamento


Quando foi a última vez que você falou para alguém: Você é muito importante para mim ???

15 de outubro (um pequeno texto)

Na atualidade a profissão mais importante,mais estratégica para o desenvolvimento e a qualidade de vida da sociedade é a de professor. Com a participação mais intensa da mulher no mercado de trabalho, a família foi desestruturada e a criança ficou sem o afeto,sem o carinho materno.A mãe era a ponte entre o filho e o marido.Não estou pregando que a mulher volte a cuidar dos afazeres domésticos, isso agora é impossível . Mas é inegável que a cada dia as escolas recebem mais e mais alunos com problemas emocionais. E é com esse estudante que o professor desenvolve seu trabalho todos os dias em sala de aula.(texto em construção)

A CRÍTICA E O POVO APROVAM

Nem sempre o que o povo gosta tem a aprovação da crítica e vice-versa. Em relação a britânica Adele, tanto povo como a crítica aprovaram seu estilo musical. Com tanta porcaria sendo lançada aqui no Brasil e no exterior, Adeli é o grande nome da música internacional em 2011.

ESTADOS UNIDOS E CORRUPÇÃO


Mas há um outro aspecto em que os americanos são, também, muito superiores a nós: eles não são tão corruptos. E há ainda mais um aspecto: eles apesar da crise estão se mantendo na vanguarda da inovação tecnológica.

Milton Wendel

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Pobreza americana é mais rica do que a brasileira

Maioria das famílias consideradas pobres nos EUA tem ar-condicionado em casa, micro-ondas e pelo menos um carro


Quando se pensa nos EUA, a imagem que vem à cabeça é normalmente de riqueza. Prédios altos, muitas lojas e cenários de filmes. Trata-se, afinal, da maior economia do planeta. Mas a verdade é que o povo americano nunca foi tão pobre. Pelo menos não oficialmente, desde que o país passou a realizar o Censo, 52 anos atrás.

Cerca de 2,6 milhões nos EUA passaram da classe média para baixo da linha de pobreza só em 2010. E o Censo mostra que o ano passado foi o terceiro, consecutivo, em que a taxa de pobreza aumentou (passou de 14,3% da população para 15,1%). Mais de 46,2 milhões são considerados pobres no país com o mais alto PIB do mundo. Cerca de 15,4 milhões vivem em extrema pobreza. Tudo isso é resultado da recessão que atingiu o país dois anos atrás e que deixou como legado uma alta taxa de desemprego, acima de 9%, entre outros fatores.

A pobreza americana, porém, é muito diferente da latino-americana. Uma pesquisa da Fundação Heritage, utilizando os dados levantados pelo próprio Censo, aponta que, entre as famílias consideradas pobres nos EUA:

- 80% têm ar-condicionado em casa;

- 92% têm forno de micro-ondas;

- quase 75% têm pelo menos um carro;

- mais de 60% têm TV a cabo;

- mais da metade tem computador, e 43% têm acesso à internet;

- 83% das famílias afirmam ter alimentos suficientes;

- 42% delas são proprietárias das residências onde moram.

“Não estamos dizendo que nos EUA não existe pobreza, mas claramente trata-se de uma pobreza muito diferente dos países de terceiro mundo”, disse ao iG Rachel Sheffield, uma das autoras da pesquisa da Fundação Heritage. “Essas pessoas passam necessidades, têm dificuldades para chegar até o fim do mês com algum dinheiro, mas não são miseráveis”, afirmou.

*Retirado do Portal Ig (12/10/2011)

Um pouco de história


Durante a Idade Média (séculos V ao XV) a Europa foi palco da construção de milhares de castelos. Nesta época da história, as guerras eram muito comuns. Logo, os senhores feudais, reis e outros nobres preocupavam-se com a proteção de sua residência, bens e familiares.

Durante os primeiros séculos da Idade Média (até o século XI, aproximadamente), os castelos eram erguidos de madeira retirada das florestas da região. Seu interior era rústico e não possuía luxo e conforto.

A partir do século XI, a arquitetura de construção de castelos mudou completamente. Eles passaram a ser construído de blocos de pedra. Tornaram-se, portanto, muito mais resistentes. Estes castelos medievais eram erguidos em regiões altas, pois assim ficava mais fácil visualizar a chegada dos inimigos. Um castelo demorava, em média, de dois a sete anos para ser construído.

Em volta do castelo medieval, geralmente, era aberto um fosso preenchido com água. Esta estratégia era importante para dificultar a penetração dos inimigos durante uma batalha. Os castelos eram cercados por muralhas e possuíam torres, onde ficavam posicionados arqueiros e outros tipos de guerreiros. O calabouço era outra área importante, pois nele os reis e senhores feudais mantinham presos os bandidos, marginais ou inimigos capturados.

Como o castelo medieval era construído com a intenção principal de proteção durante uma guerra, outros elementos eram pensados e elaborados para estes momentos. Muitos possuíam passagens subterrâneas para que, num momento de invasão, seus moradores pudessem fugir.

O castelo era o refúgio dos habitantes do feudo, inclusive os camponeses (servos). No momento da invasão inimiga, todos corriam para buscar abrigo dentro das muralhas do castelo. A ponte levadiça, feita de madeira maciça e ferro, era o único acesso ao castelo e, após todos entrarem, era erguida para impedir a penetração inimiga.

Por dentro, o castelo medieval era frio e rústico, ao contrário do luxo mostrado em muitos filmes sobre a Idade Média. Os cômodos eram enormes e em grande quantidade. O esgoto produzido no castelo era, geralmente, jogado no fosso.

Grande parte destes castelos medievais ainda existem na Europa, porém foram transformados em hotéis, museus ou pontos turísticos. Em cidades do interior da França, Itália, Alemanha, Portugal, Espanha e Inglaterra podemos encontrar vários exemplos destes interessantes tipos de construção antiga.

Mais detalhes no sítio WWW.SUAPESQUISA.COM

Burocracia,unha encravada(ou má vontade???)


Essa novela dos 40 milhões do BNDES para Joinville parece que não tem fim. Sempre surge uma nova desculpa. Uma hora a culpa é da Prefeitura, outra hora a culpa é do Governo do Estado, depois é porque que faltou um carimbo,unha encravada,dor de dente,etc...Eita empréstimo demoradinho.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Binário do Guanabara começa a funcionar nesta quarta-feira

A Conurb (Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville), informa que o binário das vias Guanabara com Graciosa e Santo Agostinho com Nacar será liberado na quarta-feira (12/10). A rua Ganabara será mão única entre Nacar e Santo Agostinho. A rua Graciosa terá sentido único entre a rotatória e a rua Nacar. A rua Santo Agostinho terá sentido único em direção ao bairro e a Nacar sentido centro.

As mudanças nas ruas Ursa Maior e Vidal Ramos estão valendo desde a última quinta (06/10). As demais modificações entram em vigor a partir desta quarta-feira devido a instalação de corredor de ônibus na rua Santo Agostinho.

Os agentes da Conurb estão no local para garantir a segurança e informar a população. Segundo o gerente de trânsito, Marcelo Adriano Zgoda, os agentes irão permanecer no local nos próximos dias para monitorar as mudanças.
Marcello Dalla Vechia
Educação para o Trânsito
Conurb

sábado, 8 de outubro de 2011

Boa leitura no domingo

A entrevista de Ubiratan Resende ao jornalista Prisco Paraíso é muito interessante para entender como foi o início do governo de Raimundo Colombo. A entrevista está em A Notícia deste domingão (09/10/2011).

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Complicado

Conversando com uma senhora hoje na padaria ela me disse que acorda às 5:30 para chegar no trabalho às 7:30...É mole!!!

Detalhe: Não existe congestionamento até às 7:00.

No caso o problema se resume ao horários dos ônibus.Pouco horário.

domingo, 2 de outubro de 2011

Expectativa tucana

Tudo gira em torno do PSDB que terá candidatura própria e tem estrutura.

Esquerda sem candidato

Carlito hoje seria um candidato de centro dialogando com quase todas instituições políticas da cidade,mas, distanciando-se das bases, que era o mote do PT (claro que isso acontecia lá na época do tempo do êpa!!!)

Interessante

A rejeição ao nome de Carlito é da própria esquerda que não o considera mais um candidato jacobino.

Situação delicada


Em relação ao prefeito atual a rejeição é grande.

Eleições 2012



Situação confortável em relação a Darci de Matos, Kennedy Nunes(os dois do PSD) e Udo Döhler (PMDB).

sábado, 1 de outubro de 2011

E agora como é que fica ???

Quando a FUNDEMA cortou as árvores da rua XV de Novembro, no centro de Joinville, árvores frondosas, que tinham ninhos de bem-te-vis e sabiás pois era primavera, só alguns lunáticos protestaram - e foram chamados de ecochatos. Agora que o dinheiro da propina não foi bem dividido, a imprensa está gritando...

Milton

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

É complicado...

A questão ambiental que estava sendo um ponto positivo em Joinville levou esse tropeço.Situação preocupante.

domingo, 25 de setembro de 2011

Mudanças em breve...

...Em breve o FEUDALISMOATUAL.BLOGSPOT.COM será WWW.FEUDALISMOATUAL.COM.BR

Aguardem!!!

Festa alemã não pode ser descaracterizada


As festas de outubro devem manter o norte. Não dá mais para se descaracterizarem tanto.
Nelas - exceto a Oktoberfest - se toca de tudo. Vai de funk , passa por pagode , entra para o sertanejo e desemboca no sofrível gauchesco.
As festas nesse ritmo, perderão ainda mais famílias que outrora lotavam os espaços.
Mas o mais grave, é a forte descaracterização.

Que o diga os Stammtisch espalhados pelo estado, que viraram baderna.
E o exemplo de como se faz bem feito, fica logo ali. Em Blumenau.

Paulo Curvello
Balneário Camboriú
curvell@terra.com.br

Ministério do Trabalho vira balcão do PDT

Carlos Lupi mantém dez integrantes da Executiva Nacional do seu partido em postos de comando

"Todos são filiados ao PDT, o que pesou, sim, para suas nomeações", disse o ministro ao Estado, confirmando a lista de correligionários que nomeou. "Reitero que todos os seus cargos são de livre provimento", completou. No jargão burocrático, isso significa que Lupi considera caber a ele preencher os cargos da forma que entender melhor.

Lupi admite ‘função de militante’

Panella e Lupi são amigos há 25 anos, segundo o próprio ministro. Os dois chegaram a ser sócios no Rio de Janeiro, no Auto Posto São Domingos e São Paulo, mas a falta de alvarás não permitiu o funcionamento do negócio.

Sucessor de Leonel Brizola na presidência do PDT, Lupi chegou ao bloco F da Esplanada dos Ministérios em 2007, após perder a disputa para governar o Rio e ter apoiado a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva. Ele tirou licença do comando do PDT para assumir o ministério, mas continuou mandando na legenda, numa confusão de fronteiras entre o cargo no governo e a militância partidária.

Loteamento

O critério político-partidário pesou na escolha de alguns dos principais cargos do ministério. Além de Lupi, o secretário executivo da pasta, Paulo Roberto Santos Pinto, também é integrante da Executiva Nacional. Da mesma forma, comandam o partido quatro assessores diretos do ministro: o secretário de Políticas para o Emprego, Carlo Roberto Simi, e a diretora de Qualificação, Ana Paula da Silva.

Completam a lista dois coordenadores-gerais: o responsável por Estudos, Anderson Brito Pereira, e Rafael Oliveira Galvão, que cuida de empreendedorismo juvenil. A Fundacentro, instituição de pesquisa sobre segurança do Trabalho, vinculada ao ministério, também é comandada por um membro da Executiva do PDT, Eduardo de Azeredo Costa. Neste ano, a Fundacentro recebeu R$ 45,7 milhões.

O Estado apurou que Panella tinha ascendência sobre os demais pedetistas. A maioria dos secretários ia ao seu gabinete despachar. Isso significa que a proximidade com Lupi se impunha à hierarquia do ministério

Agência Estado

Retirado da Folha de Londrina(25/09/2011)

sábado, 24 de setembro de 2011

EXÉRCITO ADQUIRE CAMINHÕES IVECO


O Exército Brasileiro e a Iveco Latin América assinaram acordo para a construção de 2.044 unidades do modelo base da nova família de Veículos Blindados para o Transporte de Pessoal Médio Sobre Rodas (VBTP-MR). Os veículos substituirão os antigos modelos Urutu hoje utilizados pelas Forças Armadas brasileiras. O contrato tem valor previsto de R$ 6 bilhões em 20 anos.

Fonte: web.iveco.com

Aí é complicado...

Mais uma vez o povo de Joinville e do norte do estado foram tratados como se fossem aquele mendigo que fica sentado na calçada a espera de uma moedinha. Nas última sexta e segunda-feira, o governador Raimundo Colombo anunciou a verba de R$ 68 milhões para o norte do estado, o que achei pouco, pois o governador havia falado na TVCOM que só para o trevo de acesso ao sul da ilha na capital o investimento será de R$ 80 milhões. Ontem a noite 22/09/11 estava assistindo o jornal da TVCOM e a apresentadora dá a notícia que o governador do estado se reuniu com os prefeitos da região da grande Florianópolis e apresentou o projeto da 4ª ponte ligando a ilha a BR101 com a licitação ocorrendo em outubro/2011 e com o investimento de R$ 1 bilhão e 100 milhões. Faço a seguinte pergunta: Por que o governador não apresentou o projeto da 4ª ponte antes de vir a Joinville ? Outra questão: Se o governador tivesse vindo a Joinville depois o "nosso senador" ficaria com toda aquela pose? O nosso " competente prefeito das portas abertas em Brasilia" ficaria todo risonho daquela forma? Na minha opinião sim. Eles sabem que aqui em Joinville a imprensa não pressiona, os empresários não cobram nada, os representantes políticos são fracos e desunidos e o povo só trabalha. É desanimador. Quando será que vamos receber a próxima esmola? Só falta agora é aumentar o número de vereadores.

Saudações
José Otávio

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Parabéns!!!

A Escola de Educação Básica Arnaldo Moreira Douat conquistou no último dia 19 de setembro o 2º lugar na modalidade Jazz no 5º Festival Santa Catarina em Dança na cidade de Florianópolis.

Esta conquista só é consequência de um belo trabalho voluntário desenvolvido pelo
coreógrafo Luan Sisenando junto as alunas da Escola Arnaldo Moreira Douat.

Por isso a direção da escola quer agradecer a todos que apoiaram e apoiam esse belo trabalho.

Obrigado a todos!!!


Att
Juliano Carvalho Bueno
Diretor da Escola de Educação Básica Arnaldo Moreira Douat

Sua vida...


...É o trabalho digno...

Depende de nós praticarmos atos nobres ou vis; e se é isso que se entende por ser bom ou mal, então depende de nós sermos virtuosos ou viciosos.

Aristóteles

sábado, 17 de setembro de 2011

O ECA e a certeza da impunidade


Estamos vivendo um período de transformação no mundo.As teorias nem sempre se concretizam como os pensadores gostariam.Uma sociedade mais justa não é tão simples de ser alcançada.Não sei quem criou o Estatuto da Criança e do Adolescente.Só sei que no chão de fábrica,no dia-a-dia esse estatuto empurrou nossa juventude e nossas escolas para o abismo.Não adiantará em nada grandes investimentos na educação,se não houver respeito e disciplina.Criaram um estatuto,mas não criaram as instituições preparadas para colocá-lo em prática.O estatuto é capenga,manco.O ECA pode ser reformulado??? Claro que pode.Mas enquanto não morrer o filho de uma autoridade de forma barbarizada por um menor de idade,esses pivetes agirão livremente e com o aval dos Direitos Humanos.

Triste artigo

Li artigo de um político aqui de Joinville que foi publicado em um conhecido jornal da cidade.Elogios e mais elogios aquela outra cidade.Enquanto isso...aqui,bem...deixa quieto.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Maria das Nuvens,por Milton Wendel

Flit era um paraquedista. Ele passava os dias saltando de uma plataforma pendurada no alto da cúpula translúcida que cobre a cidade. Sim. A cidade em que Flit trabalhava como paraquedista promocional é coberta por uma cúpula translúcida. A história de como e porque algumas cidades do mundo estavam sendo cobertas com cúpulas translúcidas é outro capítulo.
Exceto às segundas-feiras, dia de folga do Flit, a rotina dele era ir até a praça central, embarcar no balão elevador, esperar uns quinze minutos até chegar na plataforma a novecentos metros de altura, vestir a engenhoca com a qual ele planava e saltar sobre a cidade. Flit conseguia fazer isso umas oito vezes por dia. Ele não usava um paraquedas. Ele abria os braços e as pernas e formava um plano, uma asa, e descia num ângulo razoável a mais de 200 quilômetros por hora. Fazia uma curva de aproximação sobre o estádio, passava raspando o teto da catedral, mergulhava sobre o jardim botânico e batia contra uma enorme almofada de ar. Como ele fazia os anúncios é outro capítulo.

Vou encurtar a história. Um dia estavam preparando a área do jardim botânico para um show, haviam esticado um cabo de aço a uns dez metros de altura bem na frente da almofada de pouso do Flit. Por vários motivos que eu explico outra hora, o Flit não sabia do cabo de aço. Foi um acidente horrível. Levaram os pedaços das pernas do Flit jundo com ele para o hospital. Dois ortopedistas ficaram três dias tentando recolocar as pernas nele, mas não conseguiram. Flit perdeu as pernas. A tragédia comoveu a cidade. A imprensa deu grande cobertura. A história ficou famosa.

O que quase ninguém ficou sabendo foi uma história paralela que correu nas internas e que uma enfermeira me contou..

Flit era "o cara". Forte, bonito, jovem, ganhava muito dinheiro voando sobre a cidade. Era herói. Não queria nada com garota nenhuma. Só coisa "de instantinho", como se diz em Florianópolis. Um dia, porém, ele dobrou uma esquina, voltando de um pouso, e deu de cara com uma garota magricela que ganhava a vida fazendo propaganda, num par de pernas de pau. Flit olhou para cima, viu o rosto risonho maquiado de palhaça e quase caiu pra trás. Foi fulminante. Ele só conseguiu dizer: "Uuaaauuu!"

Ela por sua vez não teve misericórdia. Olhou para ele, lá de cima das pernas de pau, deu um sorriso e arrasou:

- Oi Flit!

Esqueça tudo que você já leu sobre como nascem as grandes paixões. Aquele "Oi Flit" agudo, dito por aquela palhaça magricela ficou zunindo na cabeça do Flit. Ele tentou ser espirituoso:

- Teu nome é Maria dos Céus?

- Pra você, Maria das Nuvens. Beijos, Flit. Um dia ainda vou dar para você. - Ela se afastou pela rua e desapareceu.

Flit não voou mais, naquele dia. Foi para casa. Tomou um banho frio. Outro banho, quente. Ligou a TV. Desligou a TV. Abriu uma cerveja do pai, tentou beber, não conseguiu. Tentou ler um livro... As três horas da manhã, deitado na cama, os olhos abertos, ele conseguiu articular uma palavra: "Céus!"

- Não, Flit. - apareceu ela nas sombras do quarto - Nuvens!

Ele passou a não fazer outra coisa senão procurar Maria das Nuvens pelas ruas. Parecia uma águia olhando para baixo em busca de uma caça. Viu Maria das Nuvens mais três vezes. Ela sempre gritou "Fliiiit", quando o viu, e sempre desapareceu sem deixar pistas, sempre sorrindo para ele.

Ela simplesmente sumia nas ruas toquetoquetando as pernas de pau.

Não se sabe se o acidente do Flit foi por distração dele, causada pela loucura pela Maria das Nuvens. O inquérito não citou nada sobre isto. O projeto do palco não continha o cabo de aço, Flit naquele voo não assinara um certo papel na sala de voo da cúpula... Enfim, inquéritos.

O drama de Flit, ao voltar à consciência, no hospital, e se ver sem as pernas é coisa que eu, francamente, não tenho capacidade de descrever. Cada um que imagine o que pode ser, que tragédia pode ser, uma coisa assim. Ele tentou se matar e tentou várias vezes agredir enfermeiras e médicos. Precisou ser amarrado. Hurrava.

E o pior ainda estava para vir. Flit foi recobrando a memória do passado mais distante para o passado mais recente. Até que se lembrou de Maria das Nuvens. A garota que andava no alto, sobre pernas de pau. A enfermeira que me contou esta parte não conseguiu se conter, chorou. O que aconteceu com o Flit quando ele se lembrou de Maria das Nuvens sorrindo para ele e dizendo "Oi Flit", é coisa que a enfermeira não conseguiu me descrever. Mas deve ter sido muito chocante.

Ele chorou e gritou e se debateu durante vários dias. Até que adormeceu. Acordou dois dias depois, exausto. Os olhos haviam perdido a cor. Não falou mais nada. Passou a aceitar comida. Olhava para o forro do quarto. Certa vez ficou extremamente pálido. A enfermeira aproximou-se. Ele murmurou:

- Pernas de pau. Ela usava pernas de pau. Que piada...

Bateram à porta. A enfermeira abriu. Flit olhou. A vista embaçada. Alguém numa cadeira de rodas. Flit tentou arrancar o vaso de soro para atirar nos intrusos. A enfermeira impediu. Flit apertou os olhos. Quem estava ali...

- Céus.

- Nuvens, Flit! Nuvens! Fliiit!! Oi Fliiit!

Era Maria das Nuvens, numa cadeira de rodas. Ela também não tinha pernas.


O mérito é do Professor Sylvio Sniecikovski

Na polêmica que se tornou a "Buracoville x Nossaville", vemos a manifestação sensata do secretário da educação, Marquinho Fernandes do PT.
Pinçando apenas uma frase de seu artigo "Nossaville na Educação AN de 08/09", ele diz:
"A nossa rede pública municipal é referência para Santa Catarina e para o Brasil. Nossas unidades escolares são as melhores no ranking do Ideb. Nossos professores são qualificados, estudam, se dedicam e são seguidamente premiados nacionalmente.".

Isso todos sabem, e é motivo de orgulho. Apenas faltou dar grande parte desse mérito, ao abnegado professor Sylvio Sniecikovski, que esteve a frente por décadas do ensino municipal em Joinville.

Aliás, existe uma escola municipal no Jardim Paraíso que leva o nome do ilustre e abnegado professor.

Paulo Curvello
Balneário Camboriú
curvell@terra.com.br

E o Jec ???

Vou ficar bem quietinho,não vou escrever nada,nada.Por enquanto,tudo beleza!!!

Notícias do Caxias Futebol Clube

O Caxias está escrevendo uma das mais importantes e belas páginas de sua gloriosa história. Está em campo disputando um campeonato catarinense com um elenco de garotos que praticam o futebol porque gostam, porque querem viver de verdade a alegria do gramado, a grande aventura do futebol.

Milton Wendel

domingo, 11 de setembro de 2011

Improvisos


É interessante ver como gradativamente mais e mais gente, começa a se dar conta da forma improvisada e pontual como as decisões referentes ao planejamento urbano, a mobilidade e ao desenvolvimento urbanos são tomadas.

O provisório se converte em definitivo e as soluções apresentadas são simplesmente remendos que não resolvem.

Jordi Castan

Improviso eterno com binário


A avenida Santos Dumont e a rua Tenente Antônio João formarão um binário(básico).Duplicação da Santos Dumont por enquanto só na obra de Thomas Morus.

A imagem é da Avenida Washington Soares em Fortaleza.

Grande Terminal das Universidades

Estaria sendo planejado um novo terminal,próximo as universidades,pois aquele local é o mais movimentado de Joinville depois da área central.

Mudança do Terminal Norte

O Terminal Norte onde está localizado hoje (entre as ruas João Colin e Blumenau) não comporta mais a demanda de passageiros e só retarda o deslocamento dos ônibus.

Mudanças necessárias

Já escrevi no Feudalismo Atual que com a construção do novo shopping próximo as universidades,a prefeitura teria que modificar a estrutura do transporte coletivo para a região norte da cidade.

sábado, 10 de setembro de 2011

O jovem quer trabalhar

Com investimentos no ensino médio técnico, o governo irá estimular a permanência do estudante na escola e o que é mais importante: o jovem irá qualificado para o mercado de trabalho.

Medida importante

A ampliação do oferecimento de vagas para o ensino técnico em Santa Catarina é uma medida importante e irá estimular o jovem a permanecer e concluir o ensino médio(ensino médio + técnico).

VAGAS DO ENSINO TÉCNICO


O secretário estadual de Educação, Marco Tebaldi, está montando um plano para tentar criar mais 30 mil vagas no ensino técnico. Hoje, a rede estadual oferece perto de 10 mil vagas, segundo o Inep, o instituto de estatísticas do MEC. Na semana que vem, os cursos a serem oferecidos em parceria com o governo federal, dentro do Pronatec, serão debatidos em Brasília com o Ministério da Educação. Dessa relação, são esperadas entre 10 mil e 15 mil vagas – poderão ser utilizadas estruturas do Sistema S (Senai, Sesc e Senac). Com a ampliação e construção de mais Cedups, podem ser abertas mais 10 mil. A Secretaria de Estado de Educação previu R$ 15 milhões para a “compra” de vagas em entidades privadas. Se o governo concordar, são outras 10 mil vagas. “Este é o nosso sonho. Demanda existe. Só entre os matriculados no ensino médio, são 208 mil alunos. Os cursos técnicos podem ser oferecidos no contraturno de quem já cursa o ensino médio e também para quem já passou pela etapa de ensino (pós-médio).

Fonte:Jefferson Saavedra,Jornal A Notícia(11/09/2011)

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Só com guarda-chuva ???

As chuvas voltaram com força total,isso porque ainda não chegou o verão.Mas como enfrentar o longo período de chuvas e suas consequências para a sociedade ??? Só comprando guarda-chuva não dá.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Juarez Pereira é relator da pavimentação da rua Boehmerwald


O empréstimo aprovado pela Câmara de Vereadores de Joinville – para que o município receba R$ 10 milhões do Programa Badesc Cidades – beneficiará a continuação da pavimentação da rua Boehmerwald. As obras propostas são: pavimentação da pista existente, com implantação de ciclofaixa, recomposição e execução de passeios e outros serviços complementares de infraestrutura. A estimativa é de 48 meses para execução. O vereador Juarez Pereira(PPS) foi o relator da emenda do projeto.

Retirado do Notícias do Dia(06/09/2011)

Represa da Taunay

A Conurb fez uma represa de quase dois palmos de altura no primeiro quarteirão da rua Visconde de Taunay, exatamente por onde escoam as águas das enchentes nas chuvaradas de verão. A partir de dezembro, ou mesmo antes, vamos constatar o agravamento das enchentes entre o Hotel Trocadeiro e o Shopping Müeller. Fizeram uma trapalhada, sem nenhuma utilidade prática e com o dinheiro do contribuinte. Um absurdo.

Milton Wendel (sempre atento para melhorar a nossa Joinville)

domingo, 4 de setembro de 2011

Reflexões espumosas,por Milton Wendel


A cerveja não nos proporciona uma felicidade verdadeira. Contudo, ao nos proporcionar uma felicidade ilusória, a cerveja libera a felicidade verdadeira para que vá fazer compras no shopping.

Fazemos um importante ato a favor da conservação de energia e contra o aquecimento global quando renunciamos a vaidades e luxos e aceitamos simplesmente a marca de cerveja que estiver mais gelada.

Quando a mão calejada ergue um brinde à jornada cumprida, isto nada mais é do que o homem buscando o equilíbrio entre a razão e o sonho, uma atitude de humildade diante da realidade cósmica de que os dias e as noites se alternam.

Beber com os amigos é uma satisfação; com os inimigos, uma necessidade.

sábado, 3 de setembro de 2011

Vale a pena ler novamente


Texto do procurador da República,Davy Lincoln Rocha publicado no Jornal A Notícia...Clique na imagem

Teleférico em Joinville??? Éééégua!!!


Será inaugurado dia 02 de setembro, no santuário Santa Paulina, em Nova Trento, o terceiro empreendimento turístico de teleférico no Brasil.

Pertencente ao mesmo grupo que opera equipamento do gênero em Balneário Camboriú.

São seis bondinhos, com capacidade para seis passageiros cada um e um percurso de 440 metros.

O investimento foi de R$ 7 milhões e capacidade de transporte de 325 pessoas por hora.

Enquanto isso na nossa querida Joinville... nada de nada.

Apesar, que cogitava-se a tempos atrás, fazer um , ligando o Mirante no Morro do Boa Vista à cobertura de um shopping no centro da cidade. Lembram?


Paulo Curvello(na foto)

Balneário Camboriú

curvell@terra.com.br

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A ROUPA FAZ A DIFERENÇA???


Sem maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:
- Vocês sabem onde está o médico do hospital?

Com tranqüilidade o médico respondeu:
- Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?

Ríspida, retorquiu:
- Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?

Mantendo-se calmo, contestou:
- Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?!?!

- Como?!?! O senhor?!?! Com essa roupa?!?!...
- Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta....

- Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que... Vestido assim, o senhor nem parece um médico...
- Veja bem as coisas como são...- disse o médico -... as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito...

Moral da História:
UM DOS MAIS BELOS TRAJES DA ALMA É A EDUCAÇÃO.
Sabemos que a roupa faz a diferença mas o que não podemos negar é que Falta de Educação, Arrogância, Falta de Humildade, Pessoas que se julgam donas do mundo e da verdade, Grosseria e outras "qualidades" derrubam qualquer vestimenta.
BASTAM ÀS VEZES APENAS 5 MINUTOS DE CONVERSA PARA QUE O OURO DA VESTIMENTA SE TRANSFORME EM BARRO.

Colaboração:Osni Jones

Sinal dos tempos,por Paulo Curvello

A imprensa noticiou, acidente sofrido por um adolescente em Jaraguá do Sul.

O inusitado da nota são os detalhes:

- primeiro, em chamar uma criança de 12 anos, de adolescente;

- esse “adolescente” estar bêbado;

- beber acompanhando de uma tia adulta;

- dar uma motocicleta a uma criança;

- tudo isso a noite;

É ou não é o sinal dos tempos?

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

curvell@terra.com.br

domingo, 28 de agosto de 2011

Tem que fazer os dois


Não existe e não pode existir este dilema entre investir e manter. Tem que fazer os dois.

Priorizar adequadamente os investimentos e projetar e executar de forma que a manutenção tenha custos menores.

O problema é o custeio que não permite dispor de recursos para fazer nem uma coisa nem a outra.

Jordi Castan

Manutenção ou novos investimentos,eis a questão

O que o gestor público deve priorizar: manutenção dos equipamentos já existentes ou investir em novas obras??? Acredito que não se deva dar o passo maior que a perna.Joinville vive esse dilema.Não vamos ser mentirosos de dizer que nada esteja sendo feito na cidade.Mas é pouco para o ritmo de crescimento e de investimentos que Joinville está recebendo.Isso já foi divulgado e toda Santa Catarina sabe disso.A locomotiva catarinense,a cidade mais rica,não é Florianópolis,é Joinville e ponto final.Mas os políticos de fora não querem admitir(será que é por birra???) e os daqui que tiveram oportunidade de reverter esta situação não aproveitaram quando estiveram lá em "território inimigo".

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Outra bela imagem de Joinville


Clique na imagem para ampliá-la

Colaboração: Osni Jones

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Foto rara


É do acidente da Lady Di

domingo, 21 de agosto de 2011

Não é por acaso que eles já dominaram o mundo

Pare um instante e perceba os detalhes e a beleza das imagens que seguem abaixo.Clique no link...É Portugal!!!

Onde_Habita_o_Prazer__Lf.pps
5437K Exibir como HTML Baixar

Colaboração:Suzete Boschi,de Curitiba

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Pensamento

"O caráter de um homem é formado pelas pessoas que escolheu para conviver."
Sigmund Freud

Fonte:Centro de Estudos Políticos Econômicos e Culturais

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

NOTA 10 PRA CONURB


Ficou muito boa a mudança ali no centro.Passei na rua Duque de Caxias em direção a rua XV de Novembro e acabou o congestionamento.Méritos para a Dona Conurb.

Integração,só com região metropolitana

Além de não apresentar boas alternativas de transporte local, Joinville também não tem projetos de integração com as cidades vizinhas.

Milton Wendel

Caro Milton Wendel,integração,só através da região metropolitana.

Juliano Carvalho Bueno


Pequeno comentário de Milton Wendel sobre a Federal de Blumenau

Enquanto isso, Joinville está procurando barro para entulhar o brejo onde enfiaram o "campus Norte" da UFSC.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

BLUMENAU CONQUISTA SUA FEDERAL

A união de uma comunidade faz a diferença.Mais uma vez Blumenau mobilizada consegue de fato sua Universidade Federal.

Leia a matéria abaixo:

Nesta terça-feira, às 11h, a presidente Dilma Rousseff (PT) fará um anúncio que Blumenau aguarda há anos. A cidade terá uma universidade federal.

A iniciativa faz parte de um plano de expansão do Ensino Superior no país.A informação foi confirmada semana passada por uma fonte de dentro do Ministério da Educação (MEC). Entretanto, ainda não se sabe o formato da universidade. Especula-se que Blumenau receba um campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Essa informação deve ser confirmada na cerimônia desta terça-feira.

Agora continua o trabalho do Comitê Pró-federalização. A intenção do Comitê é que a Furb seja incorporada no projeto da universidade federal em Blumenau, independente do molde do projeto.

Um comitê blumenauense acompanhará a solenidade desta terça-feira. Blumenau espera a federalização da universidade há pelo menos seis anos, quando começou a tramitar um projeto de lei foi encaminhado ao Senado.

Movimento virtual

Além de trabalhar junto aos representantes blumenauenses do Legislativo e estreitando laços com o Executivo federal, o Comitê Pró-federalização também busca apoio da comunidade.

A principal ferramenta usada é um grupo no Facebook chamado Sou Pela Furb Federal. Foi por meio do grupo, que até as 20h desta segunda-feira tinha 27 adesões, que foi agendada a passeata que reuniu cerca de 3 mil estudantes na sexta-feira passada.


O Comitê também pede para que alunos e professores usem a hashtag #FURBFederal

Está agendada para as 18h30min desta terça-feira, em frente à biblioteca central da Furb, no Campus 1, uma avaliação pública sobre o anúncio da presidente Dilma.
no microblog Twitter. A intenção é que o assunto se torne um dos mais comentados na rede.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Fonte:www.an.com.br(15/08/2011)