domingo, 30 de dezembro de 2012

CARLITO E O STATUS QUO

O atual prefeito Carlito sempre defendeu a mudança do sistema para favorecer a maioria. Defendia portanto a ideologia de seu partido - o PT. Quando vai para a prefeitura muda o discurso  - agora é um republicano. Carlito termina seu governo justamente fazendo aquilo que mais combatia - ou seja , defender  o status quo do feudo joinvilense.

sábado, 29 de dezembro de 2012

TRÊS SONHOS

Três sonhos: 1º) O fim do conflito árabe-israelense, 2º) O fim do problema da seca do Nordeste e por 3º) O fim do monopólio do transporte coletivo de Joinville.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

NÃO EMPOLGA

Para quem espera mudanças em Joinville a partir de 2013 pode tirar o cavalinho da chuva. As notícias não são empolgantes para o próximo ano.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL!!!

COM  MAIS TRABALHO E MENOS FOFOCA...JÁ BASTA!!!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Dá-lhe gastar dinheiro em publicidade

Após o desgaste dos primeiros dois anos de Raimundo Colombo a frente do governo do estado o negócio é gastar em propaganda e conjulgar o verbo no futuro: Faremos isso e isso e isso...Aí é práácábá!!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

INTERVENÇÃO EM SANTA CATARINA ???

INTERVENÇÃO FEDERAL EM SANTA CATARINA ??? A 6ª ECONOMIA DO BRASIL ESTÁ SENDO MAL ADMINISTRADA PELO GOVERNADOR E SEUS SECRETÁRIOS - SANTA CATARINA ESTÁ PAGANDO MICO - CRISE NA SEGURANÇA - NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE . ESCOLAS E HOSPITAIS ABANDONADOS.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Estranho...

...Carlito aumentar a passagem do ônibus ainda em 2012. Mais um desgaste.

sábado, 15 de dezembro de 2012

LARANJAS PODRES

Ao contrário do que muitos pensam vejo que a oposição nunca foi contra o candidato Udo Dohler, mas sim, ao grupo político que o apoiou. Quem estuda profundamente a política de Joinville sabe o que estou dizendo - Me digas com tu andas e direi quem você é - Pela escolha do novo colegiado fica claro que a partir de 2013 infelizmente continuarão algumas "laranjas podres" que podem prejudicar a nova administração. O importante é que a maioria dos secretários é de gente correta.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Carta ao Secretário de Estado da EDUCAÇÃO

Caríssimo senhor Eduardo Deschamps
Secretário de Estado da Educação


Venho, na condição de presidente da Associação de Pais e Professores da Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyerlevar até o vosso conhecimento as condições de nossa escola, pois temos encontrado extrema dificuldade para levar até nossas crianças e adolescentes aquilo que a Constituição Brasileira prevê no Artigo 205: A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.


Fui eleito no presente ano para esta função por pais e professores que me conhecem de longa data, sabem dos valores que trago comigo e da vontade de contribuir para o bem da instituição.

Nesta instituição tive os meus primeiros contatos com o ensino. De 1981 a 1988 cursei os antigos ‘primário e ginásio’ nesta escola, na qual tenho os mais sinceros laços de carinho e zelo devido ter sido ela a porta de um mundo novo que ajudou a formar o meu caráter, meus valores e a forma saudável de eu enxergar o mundo pós ela.
Infelizmente, tornou-se uma condição normal o enorme abismo que separa o investimento nas escolas de Santa Catarina e o valor que a educação possui na formação dos catarinenses.


Toda esta situação traz por conseqüência, preocupação a quem tem zelo por esta instituição, haja vista a quantidade de necessidades das estrutura física que a Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyer possui.

Na condição de representante legítimo dos alunos, professores e dos pais que contribuem com seus impostos, permitindo que o Governo Estadual possa gerir a sua estrutura administrativa e investir nas escola.

Elenco abaixo algumas das necessidades da Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyer, contando com a sensibilidade do senhor Eduardo Deschamps, atual Secretário de Estado da Educação de Santa Catarina:


Temos convivido nos últimos dias com as ameaças da fiscal sanitarista Lia Renata Abreu da Vigilância sanitária que tem anunciado nas redes sociais e jornais de nosso município que a escola será interditada nos próximos dias.

Reforçamos nosso respeito e apreço pelos trabalhos executados pela Secretaria de Estado da Educação ao longo dos últimos anos no município de Joinville.

Aproveitamos para lembrar o senhor Secretário que a Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyer tem sido parceira do da Secretaria de Estado da Educação e do Governo do Estado em todas as ações solicitadas. Sempre que foi pedido a ajuda da escola, esta colocou-se sempre prontamente disposta a ajudar. Os trabalhos pioneiros realizados na cidade tiveram sempre seu início na Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyer.



Levando todas estas considerações em conta, esperamos que o senhor Eduardo Deschamps, Secretário de Estado da Educação, dê à Escola de Educação Básica Professor Rodolfo Meyer a atenção que esta merece, pois nestas quase quatro décadas de vida sempre foi parceira e representante à altura do Governo do Estado de Santa Catarina.

Joinville, 11 de dezembro de 2012.




Décio Góes
Presidente da APP
Escola de Educação Básica Professor Rudolfo Meyer

VERGONHOSO

Uma atual secretária ligada ao planejamento da cidade se humilhando para permanecer no cargo do novo colegiado...Deu pra bola!!!. Não planejou NADA - é contra tudo - só sabe falar em binário,binário,binário...

Joinville não tem nada - esse trânsito não flui...é uma VERGONHA!!! Tchau pra ti!!!


JOINVILLE FORA DOS TRILHOS

Uma cidade que já possui uma malha ferroviária ligando o Morro do Meio ao Paranaguamirim atravessando justamente uma das artérias mais movimentadas de Joinville - a avenida Getúlio Vargas- não aproveitar esse modal para o transporte coletivo é um grande erro político.

domingo, 9 de dezembro de 2012

JOELMIR BETING - IN MEMORIAM


Qual ética?

Afinal, de que ética estamos falando pelos cotovelos?

A ética do jornalista? A ética do jornal? A ética do jornalismo?

A ética do jornalismo é ascética e meridiana: somente a verdade, nada mais que a verdade.

A ética do jornalista é a ética da consciência.

A ética do jornal é a ética da conveniência.

sábado, 8 de dezembro de 2012

GOVERNO COLOMBO SEM RUMO

Do blog do jornalista Moacir Pereira (que tem credibilidade) extraio a seguinte informação:

Primeiro veio a notícia de que o governo cogitava de extinguir a Santur-Santa Catarina Turismo, a empresa de turismo responsável pela promoção do Estado. Veio depois uma troca pesada de correspondência eletrônica pela Internet entre empresários do setor turístico – hoteleiros, agentes de viagem e empreendedores – com críticas à inanição da estrutura oficial de turismo. Houve até propostas de uma passeata do trade turístico pelas ruas de Florianópolis. Seria realmente inédito!
Agora, a “Carta Aberta à População Catarinense”, subscrita pelo Conselho Estadual de Turismo, colegiado composto por representantes das entidades ligadas ao setor.
A decisão do protesto foi tomada durante tensa reunião, em que não faltaram críticas às ausências do secretário Celso Calcagnoto, à falta de empenho do governo em definir o titular da pasta e à escassez de recursos. O orçamento da Santur foi superior a 14 milhões de reais em 2011. E de apenas 11 milhões este ano. A presença na Feira de Turismo de Buenos Aires foi considerada franciscana. O estande de Santa Catarina no Festival de Turismo de Gramado só aconteceu graças ao apoio do Beto Carrero World. O desânimo entre servidores da Santur é visível. Revelaram mais os conselheiros: que a continuidade na politica do turismo, iniciada em 2003, corre perigo; que “a Diretora de Politicas Públicas manda mais que o secretário”; e que pagamentos são feitos a projetos sem aprovação do colegiado. A Carta reivindica, ainda, que os cargos de presidente da Santur e de secretário de Turismo serão ocupados por profissionais do setor.
Planejamento da temporada? Esquece! A secretaria de Turismo de Florianópolis evaporou-se e a Santur, esvaziada.
Quer dizer: crise na educação, na segurança, na saúde. E, agora, turismo.

Fonte: Blog do Moacir Pereira (08/12/2012)

LIA ABREU: UMA SERVIDORA RESPONSÁVEL

Muito importante o trabalho desenvolvido pela fiscal Lia Abreu da Vigilância Sanitária de Joinville - As escolas da cidade precisam ter boas condições de uso - Se não fosse pelo trabalho dessa profissional as escolas já estariam fechadas.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

ATÉ QUANDO...

Rotatória do shopping e das universidades foi mal projetada. Será que não existe nenhum técnico do poder público que possibilite mais segurança ali naquele local ???
Ex: A pista da direita (exclusiva para ônibus) não é utilizada provocando filas. Não existe rebaixamento nas calçadas - sinalização precária que não orienta os motoristas de fora de Joinville e etc...

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

SERÁ QUE A BMW É UM ENGODO ???

Não quero acreditar que depois de tanta propaganda e da certeza da vinda da BMW para Santa Catarina tudo isso seja na realidade um grande engodo. Uma fábrica de automóveis para poucos privilegiados transformou-se ( ou transformaram) numa grande demonstração do prestígio do governo catarinense. Caso se confirme a mentira da vinda da BMW para Santa Catarina , Raimundo Colombo perde ainda mais credibilidade.

domingo, 2 de dezembro de 2012

SOBRE OS TEMPOS ATUAIS

* OBSERVE QUE É A CIÊNCIA QUE SE MULTIPLICA E NÃO A SABEDORIA NOS TEMPOS ATUAIS...

* A SABEDORIA  VEM DIMINUINDO EM TODA HUMANIDADE COM O PASSAR DOS ANOS...

*SABEDORIA É DISCERNIMENTO,EQUILÍBRIO,MATURIDADE,PRUDÊNCIA,SENSATEZ,É      ESCOLHER SEMPRE O BEM E REJEITAR O MAL...


* A SABEDORIA ESTÁ EM FALTA NESTA ERA DA CIÊNCIA E DO CONHECIMENTO.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

O FIM DAS COLIGAÇÕES

Esse emaranhado de coligações partidárias já destruiu a administração pública . Será que o povo não percebe isso ???

O CORRETO E O INCORRETO

Se o PMDB conquistou a prefeitura de Joinville , o partido tem que ter prioridade nos principais cargos e ponto final. Mas o que acontece na realidade é que o PDT quer tal e tal secretaria e já começam as brigas dentro da própria coligação. Para ter maioria na Câmara de Vereadores também serão oferecidas algumas secretarias e por aí vai . A coisa já começa errada.

NÃO PODE DAR CERTO

É evidente que a administração de um município,estado ou país não poder dar certo com o loteamento de secretárias e ministérios entre os partidos aliados.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

REDUTO DE DONDOCAS

Enquanto a administração da Educação estadual de Joinville for um reduto de cabos eleitorais de luxo e de madames que vivem indo comer salgadinhos na Doceria São José - As conquistas na Educação serão sempre pontuais e efêmeras.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

COMPARTILHANDO

Os maus precisam ter cuidado em parecer bons, mas os bons não precisam disso. É por isso que tantas pessoas se queixam dizendo "Me enganei com aquela pessoa". É porque justamente a maldade mais eficaz é aquela que parece boazinha, bem boazinha, enquanto a bondade menos eficaz é aquela que é franca - quanto mais franca,
menos cativante. É mais comum ouvirmos que alguém se decepcionou com uma pessoa do que o contrário, alguém se surpreendeu com uma pessoa.

O estelionatário, o canalha, a pérfida... todos parecem ser tão bonzinhos! Enquanto aquele que apenas disse o que pensava nos parece ser, sempre, no mínimo um pouco antipático.
 
Colaboração: Milton Wendel

PERFEITO...


ACABOU...

...Acabou o Governo de Raimundo Colombo...Só a imprensa que mantém o banho luz.

domingo, 25 de novembro de 2012

O GOVERNADOR COLOMBO ESTÁ TRANQUILO...

...Com o apoio da imprensa respaldando seu "governo".

sábado, 24 de novembro de 2012

MORAL PARA O FUTEBOL CATARINENSE

Criciúma na Série A -  Figueirense - Avaí - Jec e agora também a Chapecoense disputando a Série B - é a prova da evolução da qualidade de nossos clubes. É o estado do sul com maior representação no campeonato nacional de clubes.

JOINVILLE POR NIVALDO NARÃ


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

AS COTAS UNIVERSITÁRIAS

Em relação a cota para negros nas universidades públicas o debate não pode ficar apenas no senso comum. É lógico que todos tem capacidade para ingressar em uma universidade dependendo de sua força de vontade( e de dinheiro). Mas a dívida histórica que o Estado brasileiro tem com a comunidade negra é visível. Aconteceu a abolição no século XIX sim. Mas não houve a inserção do ex-escravo de imediato na sociedade. O negro não tinha terra para plantar, não conseguia emprego nas cidades e muito menos acesso a educação. A consequência foi a sua marginalização. Um pequeno grupo atingiu o modelo capitalista de consumo e foram aceitos pela sociedade. O que o governo federal pretende é não apenas integrar, mas qualificar a grande população negra do Brasil. Neste ponto o governo merece elogios. O governo apenas erra ao não definir uma data para o fim desse sistema de cotas o que daí deixará a população branca com menos chance de ingressar nas universidades...ou seja a discriminição será "branca".

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

SERÁ QUE SÓ O GOVERNO ESTÁ CERTO ???

Os funcionários da saúde em greve , os professores sem aumento salarial até agora e a violência no estado aumentando. Será que o governo do estado se acha com a razão ??? Está terminando o segundo mandato e até agora Raimundo Colombo não mostrou nada.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

EDUCAÇÃO É COISA SÉRIA

Uma certa  rede de TV querendo se promover com projetinhos na educação.

sábado, 17 de novembro de 2012

BOA CAMPANHA

O Jec voltou a ser um time vencedor. Ótima campanha para quem estava fora dos grandes campeonatos.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O VANDALISMO...

...É a prova que a sociedade não está bem. Quantas praças,luminárias,placas de sinalização e escolas são depredadas por dia em Joinville, Santa Catarina e no Brasil ??? O que precisa de fato são as reformas política e no judiciário. A impunidade campeia o Brasil. Onde não há justiça prevalece a impunidade e a criminalidade.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

ROMÁRIO CONTA TUDO

Estas declarações são revoltantes e coloca o Brasil no ranking da desonestidade total.
LEIAM E DIVULGUEM: (excelente e ESTARRECEDORA entrevista)
ROMÁRIO (acreditem: o menos faltoso entre os novos deputados Federais) e uma entrevista ASSUSTADORA; Parte de entrevista do ROMÁRIO ao jornalista Cosme Rimoli - TV Record .

- Você foi recebido com preconceito em Brasília?
Olha, vou ser claro para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não
teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca
deixei de me informar, estudar. Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela. Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas... Não só joguei futebol.
Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de
conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente... Preparada para a vida. E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados. O Brasil
só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada.
O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o País
precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.

- Essa ignorância ajuda a corrupção? Por exemplo, que legado deixou o Pan do Rio?
Você não tenha dúvidas que a ignorância é parceira da corrupção. Os gastos previstos para o Pan do Rio eram de, no máximo, R$ 400 milhões. Foram gastos R$ 3,5 bilhões. Vou dar um testemunho que nunca dei. Comprei alguns
apartamentos na Vila Panamericana do Rio como investimento. A melhor coisa que fiz foi vender esses apartamentos rapidamente. Sabe por quê? A Vila do Pan foi construída em cima de um pântano. Está afundando. O Velódromo caríssimo está abandonado. Assim como o Complexo Aquático Maria Lenk... É um
escândalo! Uma vergonha! Todos fingem não enxergar. Alguém ganhou muito dinheiro com o Panamericano do Rio. A ignorância da população é que deixa essa gente safada sossegada. Sabe que ninguém vai cobrar nada das autoridades. A população não sabe da força que tem. Por isso que defendo os professores. Não temos base cultural nem para entender o que acontece ao
nosso lado. E muito menos para perceber a força que temos. Para que gente poderosa vai querer a população consciente? O Pan do Rio custou quatro vezes mais do que este do México. Não deixou legado algum e ninguém abre a boca para reclamar.

- Se o Pan foi assim, a Copa do Mundo no Brasil será uma festa para os corruptos...
Vou te dar um dado assustador. A presidente Dilma havia afirmado quando assumiu que a Copa custaria R$ 42 bilhões. Já está em R$ 72 bilhões. E ninguém sabe onde os gastos vão parar. Ningúem. Com exceção de São Paulo, Rio, Minas, Rio Grande do Sul e olhe lá...Pernambuco... Todas as outras sete
arenas não terão o uso constante. E não havia nem a necessidade de serem construídas. Eu vi onze das doze... Estive em onze sedes da Copa e posso afirmar sem medo. Tem muita coisa errada. E de propósito para beneficiar poucas pessoas. Por que o Brasil teve de fazer 12 sedes e não oito como sempre acontecia nos outros países? Basta pensar. Quem se beneficia com
tantas arenas construídas que servirão apenas para três jogos da Copa? É revoltante. Não há a mínima coerência na organização da Copa no Brasil.

- São Paulo acaba de ser confirmado como a sede da abertura da Copa. Você concorda?
Como posso concordar? Colocaram lá três tijolinhos em Itaquera e pronto... E a sede da abertura é lá. Quem pode garantir que o estádio ficará pronto a tempo? Não é por ser São Paulo, mas eu não concordaria com essa situação em lugar nenhum do País. Quando as pessoas poderosas querem é assim que funcionam as coisas no Brasil. No Maracanã também vão gastar uma fortuna,
mais de um bilhão. E ninguém tem certeza dos gastos. Nem terá. Prometem, falam, garantem mas não há transparência. Minha luta é para que as obras não fiquem atrasadas de propósito. E depois aceleradas com gastos que ninguém controla.

- O que você acha de um estádio de mais de R$ 1 bilhão construído com recursos públicos. E entregue para um clube particular.
Você está falando do estádio do Corinthians, não é? Não vou concordar nunca.
Os incentivos públicos para um estádio particular são imorais. Seja de que clube for. De que cidade for. Não há meio de uma população consciente aceitar. Não deveria haver conversa de politico que convencesse a todos a
aceitar. Por isso repito que falta compreensão à população do que está acontecendo no Brasil para a Copa.

- A Fifa vai fazer o que quer com o Brasil?
Infelizmente, tudo indica que sim. Vai lucrar de R$ 3 a R$ 4 bilhões e não vai colocar um tostão no Brasil. É revoltante. Deveria dar apenas 10% para ajudar na Educação. Iria fazer um bem absurdo ao Brasil. Mas cadê coragem de
cobrar alguma coisa da Fifa. Ela vai colocar o preço mais baixo dos
ingressos da Copa a R$ 240,00. Só porque estamos brigando pela manutenção da meia entrada. É uma palhaçada! As classes C, D e E não vão ver a Copa no estádio.
O Mundial é para a elite. Não é para o brasileiro comum assistir.

- Ricardo Teixeira tem condições de comandar o processo do Mundial de 2014?
Não tem de saúde. Eu falei há mais de quatro meses que ele não suportaria a pressão. Ser presidente da CBF e do Comitê Organizador Local é demais para qualquer um. Ainda mais com a idade que ele tem. Não deu outra. Caiu no hospital. E ainda diz que vai levar esse processo até o final. Eu acho um absurdo.

- Muito além da saúde de Ricardo Teixeira. Você acha que pelas várias denúncias, investigações da Polícia Federal... Ele tem condições morais de comandar a organização Copa no Brasil?
Não. O Ricardo Teixeira não tem condições morais de organizar a Copa. Não até provar que é inocente. Que não tem cabimento nenhuma das denúncias. Até lá, não tem condições morais de estar no comando de todo o processo. Muito menos do futebol brasileiro...
A África apresentou há alguns meses atrás o resultado final da Copa do Mundo: deu prejuízo e grande. Agora é a vez do Brasil. Fifa, CBF, políticos e os empreiteiros vão ganhar muito dinheiro.
Quem teve a idéia de promover, o evento em nosso país, alguém sabe?
LEIAM E DIVULGUEM: (excelente e ESTARRECEDORA entrevista)
ROMÁRIO (acreditem: o menos faltoso entre os novos deputados Federais) e uma entrevista ASSUSTADORA; Parte de entrevista do ROMÁRIO ao jornalista Cosme Rimoli - TV Record .

- Você foi recebido com preconceito em Brasília?
Olha, vou ser claro para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não
teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca
deixei de me informar, estudar. Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela. Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas... Não só joguei futebol.
Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de
conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente... Preparada para a vida. E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados. O Brasil
só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada.
O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o País
precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.


UMA VERDADE...

...A inoperância da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR). Reduto de apadrinhados políticos que não proporcionam nada de benefício para a população. Pior, só aumentaram a burocracia.

UMA TEIMOSIA...

...O fim da estrada de ferro em Joinville. As autoridades e o próprio povo irão se arrepender por não utilizarem o trem como meio de transporte ligando Joinville a outras cidades da região.

INTERESSANTE ARTIGO DE CHARLES HENRIQUE VOOS*

Ainda bem que existe gente pensando...gente percebendo o que de fato está ocorrendo em Santa Catarina

 

A verdadeira “Faixa de Gaza” catarinense 

 

Nos últimos dias estamos acompanhando os ataques supostamente organizados aos ônibus e órgãos de segurança pública de algumas cidades de Santa Catarina. Em Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Navegantes e Criciúma os ataques aconteceram e foram noticiados pela mídia. Parece que, para alguns setores, Santa Catarina está em pé de guerra e a polícia é a salvadora da pátria dos cidadãos. A mídia faz um alarde desnecessário e até incoerente, pois a verdadeira onda de ataques acontece o ano inteiro: as taxas de homicídios, roubos, seqüestros e outros crimes dos principais municípios do estado são preocupantes, e são invisíveis para os grandes setores da mídia.

A partir do momento em que um ônibus foi incendiado na região com o metro quadrado mais caro de SC, perceberam que tinha algum problema na segurança pública. Sério? Que novidade! Eu não sabia! E a violência que ocorre todos os dias na periferia de todas as cidades? E o “favelado”, “negro”, “pobre” que morre diariamente e é tratado apenas como uma citação nas páginas policiais? E as fugas dos presídios? Cadê o alarde para estes assuntos? Cadê os especialistas em segurança pública contratados para explicar estes casos, o comandante geral da PM, e o Governador Raimundo Colombo? Quantas mortes estes ataques supostamente organizados provocaram nos últimos dias? Ou o problema está no incêndio aos ônibus de grandes empresários catarinenses?


Não que eu apóie os ataques, muito pelo contrário. A questão que fica é o enfoque dado pela mídia a alguns casos. E o pior: a mídia vende que a omissa e pífia Secretaria de Segurança Pública parece trabalhar como nunca. Mas não é verdade. Se estivesse trabalhando corretamente, isto não aconteceria. Na verdade, nada de tão grave aconteceria! A história infelizmente se repete e a polícia nunca previne, nunca protege. Ela sempre é o “band-aid”, e a responsável por mais insegurança.


Para completar, os hospitais públicos administrados pela gestão Colombo estão sucateados e várias escolas estaduais estão interditadas. Pode parecer que não há conexão com os fatos desta última semana, mas a saúde pública também “mata” (que ironia!) muita gente por não dar um atendimento adequado e a educação é a principal responsável pela criminalidade, por não educar e não abrigar o jovem.

Por isso, por mais que a mídia tente esconder, e o poder público empurre para debaixo do tapete, a verdadeira “Faixa de Gaza” acontece diariamente diante de nossos olhos. As reportagens policiais estão aí como prova disso. É nojento ver plantões, matérias especiais, entrevistas com “Deus e o mundo” para explicar ataques que são uma conseqüência do que acontece há muito tempo por aqui. Nós vivemos um Estado de exceção todos os dias, mas ele só existe para alguns. Os mais ricos, o poder público e a mídia que o diga!

PS: Segundo dados de uma pesquisa do Ministério da Saúde, mais da metade das vítimas dos homicídios no Brasil, 53% delas, são pessoas na faixa etária entre 19 e 29, das quais mais de 75% são jovens negros, de baixa escolaridade, sendo a maioria do sexo masculino. O número de mortes de jovens negros passou de 14.055 em 2000 para 19.255 em 2010 – um crescimento de 37%. Isto a mídia divulga? Faz alarde? Poder público explica?

* Charles Henrique Voos é Cientista Social formado pela UNIVALI-Itajaí em 2009 e Mestrando do Programa de Mestrado em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade (UFSC) desde 2010.



SITUAÇÃO DE ALERTA EM SANTA CATARINA

As instituições representativas da sociedade não estão conseguindo resolver  os problemas na forma do diálogo. Por enquanto a imprensa está dando respaldo ao governo. A situação de inércia em relação ao executivo estadual é explícito. A insatisfação do funcionalismo público , o abandono de hospitais e escolas e agora a onda de violência em algumas cidades catarinenses expõe a fragilidade de uma administração que até agora não mostrou trabalho. O povo em geral está mais ligado aos acontecimentos de Brasília que de Florianópolis. Por enquanto o governador está blindado com a proteção da santa imprensa. Mas para aqueles que gostam de se aprofundar em assuntos políticos de Santa Catarina a conversa de bastidores (por enquanto só está nos bastidores) é que a situação política - administrativa de Santa Catarina está em alerta.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

O PROFETA JORDI CASTAN

Já que o assunto é sobre Guerra do Contestado...messianismo e política...olha o que o profeta Jordi Castan escreveu em maio de 2011...

Nomeações na SDR Joinville*

Nomeações na SDR

Se os critérios usados para fazer a escolha da nova equipe da SDR Joinville  fossem a competência, conhecimento e capacidade ficaria claro que a Secretaria de Desenvolvimento Regional tem um importante papel a cumprir para promover o crescimento da região e que a sociedade poderá esperar muito dos próximos quatro anos.

Se os critérios utilizados são o loteamento entre os partidos aliados, o projeto político de cada um e a sua participação na campanha é provável que um balaio de gatos ou uma colcha de retalhos sejam a figura que melhor identifique esta equipe e que devamos esperar um resultado abaixo de medíocre desta gestão.

Analisados um a um, a impressão que fica é que já tivemos nomes muito melhores, mais competentes e com maior capacidade para exercer as mesmas funções. O tempo dirá se a primeira leitura esta equivocada ou se existem virtudes e competências ocultas entre os nomeados, que não são facilmente percebidas a olho nú.

* Jordi Castan (13/05/2011)
  

SOBRA A GUERRA DO CONTESTADO

O amigo Milton Wendel grande observador da História...em particular tem um carinho especial pela História do Contestado. A seguir ele relata detalhe muito interessante que antecedeu o conflito entre os caboclos e o Estado.


"No início do século 20 estava prosperando uma troca entre Joinville e a região do planalto, União da Vitória inclusive. O planalto mandava erva mate para Joinville e Joiville mandava sal, sabão, velas de iluminação, ferramentas. Todos estavam prosperando e a extração da erva mate era uma atividade sustentável. Então, em 1905, o governo do Estado decretou um imposto escorchante de 33% sobre o negócio de erva mate e arruinou o setor. Um absurdo. Já era uma manobra para retirar os caboclos da região e poder vender a Grande Floresta de Araucárias.

Os caboclos queriam a volta da monarquia porque durante os três séculos em que houve monarquia eles puderam usufruir da terra que lhes pertencia. Coincidentemente, o advento da República trouxe a ordem de expulsão das terras nas quais eles viviam. Eles ficaram totalmente isolados, sem apoio nenhum. Apoiaram-se numa crença em um "santo", São Sebastião, uma espécie de santo da guerra perdida. Foi o que deu a eles alguma força para lutar".

Milton Wendel 

domingo, 11 de novembro de 2012

FEUDALISMO ATUAL APOIA HISTORIADORES


A UTOPIA DEMOCRÁTICA

A gestão democrática requer a participação popular com responsabilidade. Mas muitos estão acostumados a acatarem, a apenas executarem as tarefas dependendo das ordens de um líder. O povo quer um ditador,um disciplinador pois é mais confortável,mais cômodo. Não existe comprometimento. Eu como funcionário ou cidadão fico na zona de conforto pois daí não sou responsabilizado.É confortável transferir a responsabilidade para o outro. Quando o Estado ou o gestor é assistencialista a democracia é de "mentirinha". A democracia não é uma utopia. Mas no Brasil o sonho democrático não é o desejo de todos pois requer esforço e comprometimento...ou seja...TRABALHO.

sábado, 10 de novembro de 2012

Triste realidade

Pior que perder a confiança no governo...é perder a confiança na imprensa.

O ACIDENTE DA SERRA AINDA É NOTÍCIA

Vamos imaginar uma situação corriqueira. Tu estás dirigindo numa estrada, na qual pagou pedágio, e é obrigado a parar no meio da pista porque os administradores da rodovia estão fazendo um serviço.

Parado no meio da pista, sem qualquer proteção e sem a mínima chance de se defender, tu és atingido, atropelado e estraçalhado por um veículo desgovernado que não recebeu sinalização sobre a paralisaçã
o.

Tu és vítima num quadro de homicídio. Mas agora vem a parte mais estarrecedora. Os policiais responsáveis pela lei, naquele local, prendem em flagrante o condutor do veículo que se envolveu no acidente. E não tomam nenhuma providência em relação aos CAUSADORES DOLOSOS do acidente, que são os administradores da rodovia. Está pronto o quadro de impunidade. A justiça fará o resto da encenação.

É o Brasil: incompetência, corrupção e impunidade
 
 
O texto é do amigo e cidadão Milton Wendel aqui de Joinville

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

GOVERNO DO ESTADO ABANDONA EDUCAÇÃO EM JOINVILLE

No centro de Joinville vemos todos os dias o descaso e o fracasso de nossa representação política em menos de 500 metros...1º) Sede da 23ª Gered abandonada, 2º) Escola Conselheiro Mafra interditada e 3º) A ex- creche Padre Carlos um lixão. Tivemos governador por quase 7 anos aqui de Joinville e temos deputados...e a impressa marrom não cobra nada dessas autoridades.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Duplicação ???

Duplicação da avenida Santos Dumont ??? Quando !!! Ninguém mais comentou nada. Por que será né!!!

sábado, 3 de novembro de 2012

A DERROTA DO PT REPRESENTA...

...Representa que Joinville é uma cidade conservadora. Isso o PT não percebeu (ou não quis perceber). O PT não fez nada para a classe média. Tratou a classe média como vilã. Além de fazer pouco pela periferia, Carlito quis que a classe média custeasse os investimentos para uma minoria. O prefeito não tocou no transporte coletivo e não foi capaz sequer de instalar um único semáforo na complexa avenida Santos Dumont. Os prefeitos anteriores também são culpados (principalmente Luiz Henrique da Silveira e o falecido Luis Gomes) por não respeitaram o plano diretor da cidade. Mas Carlito tinha em mãos a maior prefeitura de Santa Catarina e não deixou a sua marca. Claro que o tratamento de esgoto é importante( mas não era o mais importante) para o povo. Por isso o atual prefeito não se reelegeu. Confiou nos parasitas de seu partido . Nem o PT nacional o apoiou, muito menos o estadual. O PMDB percebeu essas falhas na administração petista , e acabou desembarcando do governo mais cedo. Para um partido que é o reduto de intelectuais de Joinville (era pelo menos) não perceber as necessidades e a dinâmica do funcionamento da sociedade joinvilense teve que pagar um alto preço: ou seja...o descrédito do eleitor na esquerda joinvilense.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Enquanto isso...

Agora a rua Barriga Verde no bairro Bom Retiro está interdidata.Não bastava apenas a rua Piratuba ??? Esqueci da Prudente de Moraes que é outra coisa horroroooosa.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Esquerda cabe numa Kombi

Agora a Esquerda em Joinville cabe numa Kombi. Perdeu credibilidade com o PT e terá um longo caminho para voltar a ter sucesso.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

DESCASO COM JOINVILLE

Cada vez torna-se mais evidente que santo de casa não faz milagre . Foi assim com o  falecido governador Pedro Ivo, depois com o ex-governador e atual senador Luiz Henrique, e segue atualmente com o atual secretário de saúde do estado o sr. Dalmo de Oliveira (coincidentemente todos com a mesma origem: MDB, PMDB). Saíram de Joinville para Florianópolis e esqueceram de onde vieram. Acabei de assistir na TVAL uma entrevista do jornalista Walter Souza que é de Florianópolis, com o secretário Dalmo de Oliveira que falou que o governo disponibilizará para a saúde R$ 500 milhões em 2013. É incrível como que o governo do estado investe tanto em outras cidades e esquece de Joinville a maior de todas. O secretário citou diversos exemplos de hospitais - Chapecó, Itajaí, Rio do Sul, Jaraguá do sul, Blumenau e principalmente em Florianópolis. Na capital o governo do estado efetivou  parceria entre o CEPON e o Hospital Albert Einstein . Blumenau foi citada como a cidade do Brasil que realiza o maior número de transplantes de fígado. Em nenhum momento mencionou as greves no Hospital Regional e na Maternidade Darci Vargas e nem  a super lotação no Hospital São José, apenas disse que o norte de Santa Catarina e o planalto serrano estão com pouca cobertura dos programas de saúde do estado.  Diante desse panorama eu duvido que qualquer um dos dois candidatos a prefeito de Joinville consigam melhorar a deficitária saúde de nossa cidade em um futuro próximo.

José Otávio C. Bueno

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Abandono ou covardia ???

Percebe-se nessa campanha eleitoral um completo abandono do governador Raimundo Colombo(PSD) em relação ao candidato de seu partido aqui em Joinville. O mesmo aconteceu em relação a Carlito abandonado pela presidente Dilma Rousseff (PT). Já o vice- presidente Michel Temer (PMDB) sempre esteve na cidade quando solicitado.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

COMO É QUE É!!!

Partido Verde de Joinville apoiando candidatura de quem polui o Rio Cachoeira ??? Como é que é ???

domingo, 21 de outubro de 2012

BLOG INTERESSANTE!!!

UM BLOG MUITO INTERESSANTE PARA QUEM GOSTA DE HISTÓRIA É ESSE AQUI:

HISTORIAESABER.JIMDO.COM

EU APOIO

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

PMDB E A HIPOCRISIA

QUEM É O PMDB DE JOINVILLE PARA FALAR QUE TAL PARTIDO NÃO PODE APOIAR TAL PARTIDO ??? SE FOI O PRÓPRIO PMDB DE JOINVILLE JUSTAMENTE QUEM CRIOU A POLITÍCA DE ALIANÇAS DESRESPEITANDO AS IDEOLOGIAS PARTIDÁRIAS ??? SEUS HIPÓCRITAS !!!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

A HISTÓRIA É DINÂMICA

O PMDB VAI PROVAR DO PRÓPRIO VENENO...BEM FEITO!!!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Chato né!!!

Nenhuma novidade nos jornais de Joinville. Estão muito fracos nesse período eleitoral. Não querem se comprometer. Sei !!! Quem perde é o próprio jornal.

sábado, 13 de outubro de 2012

Cedro do Líbano

Uma das árvores mais resistentes do planeta.

AGRADECIMENTO

NÃO GOSTO DE COMETER INJUSTIÇAS. MAS ENQUANTO ESTIVE NA DIREÇÃO DA ESCOLA ARNALDO MOREIRA DOUAT (2011/2012) , AS AUTORIDADES POLÍTICAS QUE MAIS APOIARAM A ESCOLA FORAM ESSAS AQUI : OS SRS. MARCO ANTONIO TEBALDI - KENNEDY NUNES - DARCI DE MATOS - JUAREZ PEREIRA - MAURÍCIO PEIXER E TÂNIA EBERHARDT.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

A RESSACA APÓS A ELEIÇÃO DE DOMINGO

Adversários nas últimas eleições municípais, Carlito(PT) e Tebaldi(PSDB) tem algo em comum após o pleito do último domingo :  A mágoa com o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB). Marco Antonio Tebaldi e o PSDB sempre foram fiéis a Luiz Henrique ( que o diga o ex-vice governador Leonel Pavan) que evitou a cassação do mandato de LHS e depois foi abandonado pelo peemedebista que apoiou o atual governador Colombo(DEM - PSD). Com a promessa que sendo governador de Santa Catarina poderia ajudar Joinville , o tucanato apoiou LHS na primeira eleição que disputou para o governo do estado em 2002. Lembrando que o PSDB estadual até aquele momento apoiava Espiridião Amin. Foi Tebaldi quem levou o povo joinvilense a apoiar Luiz Henrique numa vitória consagradora. Por sua vez a contrapartida não foi a mesma. O governador LHS não retribuiu Tebaldi na realização das obras necessárias para Joinville. Em 2008 LHS lança Mauro Mariane(PMDB) em vez de apoiar Darci de Matos(DEM), candidato apoiado por Tebaldi e favorito para conquistar a prefeitura. Darci de Matos que tinha certeza do apoio do PMDB vê LHS apoiar um candidato forasteiro o que enfraquece a candidatura do DEM apoiada por Tebaldi. De repente, Carlito indiretamente é favorecido com o lançamento da candidatura do PMDB. O PT assume a prefeitura com intrigas com o ex-prefeito tucano.  LHS fica de longe só observando. Carlito não recebe apoio do governo federal e muito menos do governo do estado. Joinville vira a terra de ninguém. Está pronto o cenário para o lançamento de uma candidatura salvadora do PMDB para 2012 e mais uma vez com LHS quebrando acordos políticos anteriores. LHS joga com a confusão para ter o controle da situação. O que LHS não espera é uma super aliança unindo os adversários ( e não inimigos) : Kennedy Nunes - Darci de Matos - Tebaldi e Carlito. Será que o povo de Joinville entenderá o recado ???

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O Procurador David Lincoln Rocha declarou...

...Agora pela manhã no programa do Osman Lincoln : Se o Governo do Estado tem interesse em terceirizar o Hospital Regional de Joinville...que o governador também delegue as Organizações Sociais a administração estadual.

Feliz Dia das Crianças !!!

Eu era feliz e não sabia !!! Eita !!!

Feliz Dia das Crianças para todos !!!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

15 de Outubro - Dia do Professor

A mudança na educação depende também de uma mudança cultural. A evolução na educação do Brasil por enquanto representou apenas a garantia de acesso a todas as crianças a escola. Ainda hoje é possível ouvir : Não tenho a cabeça boa para o estudo,” mas sei ler e escrever o nome e sei fazer conta “. A aquisição de cultura – ler jornal, um bom livro , ir ao teatro e cinema passa longe do pensamento da maioria das pessoas. E isso não é uma característica das famílias com menor renda – acontece justamente nas famílias consideradas de classe média. Ter cultura não representa mais status para a sociedade atual. Tanto a cultura e a educação foram substituídas apenas pela informação. E para estarmos informados não precisamos sequer sair de dentro de casa. Tem rádio, televisão, computador isso é o suficiente. Está aí o grande problema da educação. Se a escola que é uma instituição tradicional não atrai mais a atenção dos alunos (e muito menos das famílias) a conseqüência é que o profissional da educação também seja desvalorizado. Num mundo competitivo como o atual onde o ser virou apenas discurso político e o ter é o que de fato se sobressai não vejo com boas expectativas nos próximos anos uma valorização do magistério. A História é dinâmica. Quem sabe apareça algum governante iluminado que perceba a importância do professor para a organização da sociedade.Quem sabe.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

O Carlito pergunta : Onde foi que eu errei ???

Eu respondo...Muito mal assessorado prefeito Carlito. Não conseguiu ouvir as queixas da população . Olha !!! E tinha tanta gente soberba do PT na prefeitura que a derrota já era esperada. E cadê o apoio de Brasília ??? Zero !!!

domingo, 7 de outubro de 2012

DECEPÇÃO COM A IMPRENSA

Independente de quem seja o futuro prefeito, essa foi uma eleição onde a maioria da população analisou bem em quem votar. A decepção foi com a imprensa escrita e televisada pois está na mão de apenas dois grupos empresariais aqui em Santa Catarina e claro que tem interesse em manter os polpudos investimentos na publicidade governamental.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

VERDADE x MENTIRA

Domingo será um dia muito interessante para saber se a propaganda política influencia no voto do eleitor e se o que a imprensa divulgou nos últimos 4 anos em relação a prefeitura é realmente o ponto de vista da maioria do eleitorado joinvilense.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Bicicletário na Bélgica

Cadê minha zica ???

Abandonado pelos "amigos"

Da coluna do jornalista Prisco Paraíso do Jornal A Notícia:

"O prefeito Carlito Merss não faz mais segredo de sua mágoa com o tratamento recebido pelo governo Dilma Rousseff e pela direção nacional do PT ao longo da campanha. Como deputado federal, ele teve atuação destacada em várias comissões, como de Constituição e Justiça, e Finanças e Controle. Provavelmente pelo nível de desgaste no primeiro mandato na Prefeitura e os elevados índices de rejeição, ministros de Estado ignoraram olimpicamente sua recandidatura, restringindo as incursões a outros municípios. Vale lembrar que Joinville é o maior colégio eleitoral de SC. Para atentos observadores, o fatídico comício de 14 de setembro de 2010, quando Lula, ainda no exercício da presidência, atacou Luiz Henrique e Jorge Bornhausen, produzindo efeito contrário na campanha de Ideli Salvatti e Cláudio Vignatti, pode também ter influenciado no sumiço de petistas ilustres em Joinville".
Fonte: Jornal A Notícia (03/10/2012)

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Joinville , cuidado com o coronel!!!

Joinville está há mais de 15 anos parada no tempo. Não existe investimento público a altura do crescimento da cidade. Tomara que o novo prefeito consiga solucionar esses problemas. Mas não confio no candidato do coronel , justamente por não confiar no coronel.

sábado, 29 de setembro de 2012

COTAS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS

Reitor da UFF, Roberto Salles é um dos mais incisivos ao questionar a Lei de Cotas: para ele, querem “empurrar goela abaixo a aplicação da lei”. Ontem o reitor voltou a criticar a lei e disse que, se preciso, acionará a procuradoria da instituição contra a medida.
Na sua opinião, a forma como a lei está sendo imposta fere a autonomia das universidades?
Fere a partir do momento em que tivemos uma greve longa e a universidade precisa de tempo para se adequar à lei. Temos que formar uma comissão, por meio de nosso Conselho de Ensino e Pesquisa, e discutir como vamos aplicá-la. Além disso, sabemos que as famílias de muitos desses alunos não têm condições, ainda que more na Baixada Fluminense, de garantir que venham à universidade. E o dinheiro vindo do Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) é muito pouco.
Considera equivocada a existência de uma lei que unifique a questão das cotas para todas as universidades federais?
Claro. Porque temos diferenças regionais marcantes. Temos que ver quais são as dificuldades financeiras das famílias, independente da cor da pele. O pobre é pobre em qualquer esfera. Muitos congressistas foram prefeitos e governadores. Deveriam ter feito o dever de casa, que é melhorar o ensino infantil e básico. O Congresso transferiu para a universidade um problema, sem resolver o fundamental. Este ano, não tenho condições de aplicar e não vou aplicar a lei aqui na universidade.
A UFF, então, não vai aderir à lei para o próximo vestibular, independentemente da decisão final?
Não tem como, por uma questão de tempo. A prova do Enem já é no começo de novembro. Sequer houve discussão interna. Vamos nos preparar direito e estudar para não fazer uma coisa de maneira atabalhoada.
E como pretendem agir, caso haja determinação para isso?
Vamos acionar nossa procuradoria para discutir. Ninguém pode nos obrigar a simplesmente aplicar o que está escrito na lei. Se quisessem pressa, deveriam ter aprovado isso lá no começo do ano. É a mesma coisa que fazer uma partida de futebol e, depois de terminado o segundo tempo, mudar as regras do jogo.
O que senhor quis dizer ao afirmar que terá que “importar índios”?
Foi uma brincadeira. Não tenho nada contra eles. Eles são os donos da nossa terra. Queria mostrar que o Rio deve ter uma quantidade não tão grande de índios. Então, nesse segmento, podem sobrar vagas que não serão preenchidas só por índios. Podem ir para os alunos de escolas públicas, incluindo instituições como os colégios militares e de aplicação, que são muito bem preparados.
A lei sancionada foi pouco discutida?
Com certeza. Reitores nunca foram ouvidos e chamados para conversar sobre o assunto. Acho que junto à Lei de Cotas deveria ser aprovada outra para o cumprimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), já que muitos prefeitos não o cumprem. Como se pode exigir uma boa educação se, em várias regiões do Brasil, uma professora ganha entre R$ 300 e R$ 500? Não é a universidade que vai mudar o país.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/vestibular/reitor-da-uff-reitera-que-nao-vai-aderir-lei-de-cotas-para-2013-6237712#ixzz27tuSNd1s
© 1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 


Fonte: Jornal O Globo - Rio de Janeiro (29/09/2012)

ARNALDO MOREIRA DOUAT CLASSIFICADA





Olha a galera!!!

GALERA DA ESCOLA ARNALDO MOREIRA DOUAT

OS ALUNOS DA ESCOLA ARNALDO MOREIRA DOUAT ESTÃO DE PARABÉNS!!! UMA GALERA UNIDA FAZ A DIFERENÇA NESSA HORA E VOCÊS COM CERTEZA FAZEM A DIFERENÇA...SHOW!!!
Professor Juliano Carvalho Bueno
 
 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Dona Helena e os pilantras da congregação religiosa

Dona Helena, Schwester Irma e os pilantras da congregação religiosa.

O Hospital e Maternidade Dona Helena, de Joinville, tem este nome porque o terreno em que foi construído foi doado por Helena Lepper, com ideais comunitários. Ele foi administrado por uma congregação de irmãs - os não tão jovens devem se lembrar de Schwerster Irma e Schewster Else - e tinha, historicamente, um caráter filant
rópico. Era chamado de "Casa de Saúde".

A porta da frente era mantida aberta.

Por caminhos sinuosos os patrimônios amealhados em nome do ideal comunitário podem se transfigurar, ir sofrendo mutações. Podem se tornar ferramentas a serviço de interesses pontuais, até pessoais.

Há uma degeneração do espírito de comunidade que estimula a usurpação de bens doados a entidades filantrópicas e parece ser um vício particularmente ligado a igrejas.

E foi justamente quando o Brasil começou a analisar este vício pernicioso que contamina as comunidades, que surgiu entre nós a palavra "pilantropia".


Milton Wendel

Uma certeza...

...Joinville terá dois turnos para decidir quem será o novo prefeito "que construirá" 22 elevados.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Complicado

Registro de candidatura de Carlito foi cassada mais uma vez. Mas ele poderá recorrer em Brasília.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Três candidatos desesperados e dois mostrando maturidade

Está ficando evidente o desespero de três candidatos a prefeito de Joinville. Não sabem mais o que fazer para convencer o eleitor. Os outros dois estão calmos, serenos...simplesmente esperando o resultado do dia 07 de outubro.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Não adianta chorar depois...

...Pelo que estou sentindo, o joinvilense vai votar no candidato errado mais uma vez.

sábado, 22 de setembro de 2012

Adorar a dois senhores ??? Cai na própria mentira

Da coluna do jornalista Prisco Paraíso hoje no Jornal A Notícia:

Ciumeira

Nada como uma eleição após a outra. Ao repassar o governo para Leonel Pavan (PSDB), em 2010, Luiz Henrique da Silveira (PMDB) declarou que o tucano havia sido um prefeito revolucionário em seus três mandatos em Balneário Camboriú, mudando a história da cidade para sempre.

Nesta semana, participando do primeiro comício da campanha de Edson Piriquito (PMDB), o senador se derramou em elogios ao correligionário. LHS disse no palanque que “foi nesta administração que Balneário Camboriú ganhou nova feição e está maravilhosamente linda e bem estruturada.” Acrescentou ainda que “já sente o cheiro da vitória de Piriquito” e que “o município é um dos mais bem administrados do Brasil por um prefeito peemedebista.”

Essa é a síntese de um e-mail despachado pela assessoria de imprensa de Pavan, que pelo visto não gostou nada da presença de Luiz Henrique em Balneário Camboriú, onde o tucano respalda a candidatura de Rubens Spernau (PSDB).


Fonte: Jornal A Notícia (22/09/2012)

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

FUI ENGANADO

COMO É TRISTE PERCEBER QUE PESSOAS EM QUE VOCÊ CONFIAVA MUDARAM DE COMPORTAMENTO ASSIM TÃO DE REPENTE POR INTERESSES MESQUINHOS. NÃO DESEJO NADA DE MAL PRA VOCÊS. MAS O DINHEIRO FAZ COISA.

domingo, 16 de setembro de 2012

Óptica e realismo na arte renascentista

Uma teoria muito divulgada afirma que pintores do século XV atingiram novo nível de realismo com a ajuda de lentes e espelhos. Mas descobertas recentes levantam dúvidas sobre essa hipótese 

Quando pensamos na grandiosa trajetória da pintura ocidental, observamos um fenômeno muito interessante no despertar do Renascimento.

Até cerca do ano de 1425, a maioria das imagens era bastante estilizada, até mesmo esquemática; mas, a partir de então, podem ser vistas pinturas que apresentam um realismo quase fotográfico. Por exemplo, O casamento de Arnolfini, pintado pelo mestre do início do Renascimento Jan van Eyck (1390?-1441), revela tridimensionalidade, presença, individualidade e profundidade psicológica não encontradas em obras anteriores.

Fonte: Portal uol

Muito buraco...

...Tudo tem um limite. Mas a buracada nas ruas de Joinville já passou dos limites.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Mulher enterrada em casa ??? Aonde???

Aqui em Joinville. Mais um crime bárbaro.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Notícia é muito mais do que polêmica



Na última semana repercutiu em nível nacional as denúncias de uma aluna da rede   pública municipal de Florianópolis. Tudo que havia de errado em sua escola foi exposto não apenas para o Brasil mas para o planeta através de uma rede social. Em praticamente 24 horas as autoridades responsáveis deram outra cara a escola. A menina do anonimato virou celebridade instantânea . Triste é ver o outro lado da história onde muitos profissionais foram expostos ao ridículo como por exemplo o professor de matemática. Para abafar o mais rápido possível a situação e ainda levar vantagem com o acontecimento o poder público agiu rapidamente e pontualmente na escola da denunciante. Pronto, com a repercussão da notícia e com a reforma emergencial foram resolvidos todos problemas da educação ??? Mentira !!! A imprensa quer a notícia, não tem nenhum compromisso com a solução do problema. Na verdade a repercussão desta matéria vitimizou a figura de um profissional da educação que perdeu seu emprego. Outros casos como esse acontecem em todo o Brasil. Vira notícia, as pessoas se comovem mas a solução de fato não acontece. Leia-se ginásio de esportes de uma escola estadual de Joinville  que até o momento continua fechado e onde pessoas que não tinham  responsabilidade sobre a obra foram penalizadas.  É obrigação da imprensa trazer os fatos que repercutem na sociedade.Mas também é obrigação da imprensa ser imparcial analisando todos os lados envolvidos.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Sem comentários

Candidato a vereador resolve fazer carreata na avenida Santos Dumont após as 17:30...Pediu para perder a eleição.

É a primavera chegando


Idéia do Feudalismo Atual publicada em 11 de setembro de 2011

Grande Terminal das Universidades

Estaria sendo planejado um novo terminal,próximo as universidades,pois aquele local é o mais movimentado de Joinville depois da área central.

Agora em 2012 li no plano de governo de um candidato a prefeito.Tomara que saia do papel. É viável.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

El árbol del amor

Retirado do blog  marijoepintora.blogspot.com.br

domingo, 26 de agosto de 2012

Politicagem na Educação


Os baixos índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) colocaram o Ministério da Educação (Mec) e as secretarias estaduais de educação em alerta. Uma reforma profunda precisa ser feita para que o estudante brasileiro adquira no ensino médio: conhecimento,cultura,ética e que esteja preparado para o competitivo mercado de trabalho. Cabe ressaltar que o ensino médio público é de responsabilidade dos governos federal e estadual. É inegável que nos últimos anos o MEC investiu massivamente na formação profissional  do jovem através da criação das escolas técnicas federais em todos estados da federação. Não podemos dizer o mesmo do governo de Santa Catarina onde os índices positivos do Ideb foram comemorados mas são apenas conquistas pontuais. A implantação do ensino médio integral é a saída para melhorar não apenas os números  (burocratas adoram números) mas sim na formação qualitativa do estudante catarinense. É um erro da sociedade e da imprensa culparem apenas o ensino médio como o “patinho feio” da educação – É evidente que muitos estudantes só chegaram ao ensino médio graças a aprovação automática. Mas, que estímulo ao estudo existirá por parte de um aluno que sabe que terá sua aprovação mesmo sem merecimento ?  Infelizmente os burocratas querem quantidade, querem números, não existe a responsabilidade por uma educação com qualidade. O que de fato falta é vontade política. A escola pública precisa de investimentos e manutenção em sua estrutura física – Os professores precisam ser melhor remunerados e estimulados a procurarem uma melhor formação - A parte administrativa da secretaria de educação tem que ser técnica e não um curral político-partidário - A contratação de professores substitutos (ACTs) precisa ser mais ágil e menos burocrática. Muitas escolas são criticadas pelos pais e alunos por não possuírem professores. A contratação desses profissionais cabe a Gerência de Educação (Gered) e  as escolas é que ficam com o ônus. Na realidade o investimento estadual na escola é mínimo. O estado está refém do dinheiro de Brasília. A parceria com a iniciativa privada seria  uma saída imediata para solucionar o problema da falta de estrutura da rede estadual. O estudante teria o ensino regular em sua escola e no contra-turno complementaria sua formação profissional em uma instituição parceira. Sabemos da ociosidade dos espaços (laboratórios,oficinas,anfi-teatros,etc) de muitas escolas da rede particular. Com idéias simples e vontade política podemos fazer uma educação com qualidade em curto prazo. Mas para que isso seja uma realidade é preciso de imediato: exterminar o coronelismo e a politicagem de dentro da educação catarinense.

sábado, 25 de agosto de 2012

Na boa!!!


Perseguição Política,por Décio Cury Gröhs

A perseguição política é uma das formas mais covardes de se manipular e pressionar as pessoas. É um tipo de comportamento, de atitude, que certamente é atribuído às pessoas inseguras e fracas, comportamento esse que seria mais inteligente se fosse devotado o tempo e atenção para motivar e incentivar os cidadãos para que esses pudessem se sentir respeitados e valorizados.
Fico espantado ao ver que existem pessoas tão ingênuas, especialmente as públicas, que se acham imbatíveis, super poderosas. Será que não param para refletir que tudo é passageiro? Que tudo passa? Inclusive o poder que se julga sobre os outros? A morte é a única certeza que temos, sobretudo, que ela virá para todos. Então, por que tantos vivem atropelando os outros, desprestigiando, prejudicando, boicotando?
É uma pena vermos essas pessoas andando na contramão da vida. Perdem tempo com coisas pequenas, gostam de valorizar as picuinhas. E, o pior, é que vivem cercados de pessoas fingidas e interesseiras. Pessoas que muitas vezes ficam do lado somente enquanto dura o poder, se desligando e pulando para o outro lado logo que o poder começa a diminuir.  São os amigos do poder.
É impressionante como o dinheiro e o poder interferem no comportamento de certas pessoas, transformando-as em seres frios, sem sentimento e emoção. São seres humanos que se tornaram infelizes, carrancudos, mal humorados. Então como são infelizes, querem também fazer com que os outros também o sejam: começam a perseguir, usam de autoritarismo, ironizam. Contudo, calmamente sabemos que a tempestade vai passar, e felizmente somos resistentes para agüentar, pois, carregamos a esperança que um dia, vai passar, e que haverá respeito e parceria entre todos aqueles que caminham juntos, ainda que com ideais diferentes.

Fonte: portaldopurus.com.br (03/05/2010)

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

O imortal

Ouvindo a entrevista de um candidato a vice-prefeito de Joinville hoje a tarde na rádio Cultura o mesmo soltou uma preciosidade: - Temos o melhor candidato a prefeito de Joinville. Nosso candidato está " há mais de 100 anos" administrando sua empresa...Ééégua!!!