.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

terça-feira, 31 de maio de 2016

# FICA CHATO PARA JOINVILLE #

Clique sobre a imagem para visualizar melhor a matéria.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

# DISCOLÂNDIA # ATENDIMENTO NOTA 10 #

É muito legal você comprar um produto e ser atendido por quem conhece,no caso, que tenha cultura musical, coisa rara nos dias atuais. Mas aqui em Joinville a gente encontra esse bom atendimento na Discolândia.

domingo, 29 de maio de 2016

# PARA PESSOAS DE BOM GOSTO #


# AGRADECIMENTO #

Quero agradecer a todos amigos e amigas que tiraram um tempinho parabenizando-me pelo 45º aniversário.

sábado, 28 de maio de 2016

JEC - A LIÇÃO QUE FICA

O Jec foi rebaixado em 2015. Agora precisa reorganizar-se e voltar novamente para a 1ª Divisão do futebol brasileiro.  O Jec foi campeão brasileiro da Série C em 2011 e da Série B em 2014 duas conquistas importantíssimas não apenas para o clube, mas também para o futebol de Santa Catarina. Isso prova que o Joinville Esporte Clube é um clube vencedor.

FATO - FUTEBOL BRASILEIRO (2)

Voltar mais preparado, com a casa arrumada é a lição que fica do rebaixamento. Manter-se na 1ª Divisão na marra, sem estrutura, ou seja, de forma artificial, no longo
 prazo só prejudicará o clube. O Vasco da Gama é um exemplo.

FATO - FUTEBOL BRASILEIRO

Os grandes clubes brasileiros que caíram para a 2ª Divisão ficaram bem mais competitivos. Após suas quedas, disputaram competições internacionais, aumentaram o número de sócios e construiram novos estádios. Foto: Estádio do Palmeiras.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

FINAL DE TARDE EM JOINVILLE


JOINVILLE - OPORTUNIDADE PERDIDA

Joinville perdeu a grande oportunidade do governo do estado ser parceiro de grandes investimentos na cidade na gestão do falecido LHS. É triste perceber que Joinville não foi contemplada com nenhuma obra importante - Ex: avenida Santos Dumont.

# JEC - SITUAÇÃO VAI PIORANDO #

Agora o Jec é o 17º colocado da Série B. Mas acreditamos ainda na reação.

BRASIL - ARTÍSTAS INDIFERENTES

Parte dos intelectuais e da classe artística brasileira são corporativistas e parceiros de um governo pseudo socialista que destruiu a economia do país em causa própria.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

# REUNIÃO NO BOM RETIRO #

O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina - Gelson Merísio - esteve prestigiando o pré-candidato Darci de Matos(PSD) na Igreja Nossa Senhora Aparecida no bairro Bom Retiro. Estiveram presentes o deputado Kennedy Nunes, lideranças comunitárias, vereadores do PSD, PR e pré-candidatos a vereador. As demandas dos bairros Santo Antonio e Bom Retiro foram discutidas. O povo pediu escolas, creches, investimentos no trânsito e mais segurança - que é responsabilidade do governo do estado. Uma professora falou do drama de uma escola municipal - está faltando papel higiênico e canetão. Moradores soltaram os cachorros contra a rua Piratuba e Prudente de Morais...

Detalhe: Até gente do PMDB discursou...Hunnnn aí tem!!!

NOVO SUPERMERCADO EM JOINVILLE

Fui hoje conhecer o novo supermercado da zona sul. Um grande investimento privado. Mas fica claro aqui , que a rede Condor acreditou no potencial de consumo da população de Joinville, em especial da zona sul. Agora o improviso para acessar o estacionamento é escandaloso. Uma pena que Joinville parou no tempo em relação a organização do trânsito. O supermercado não pode ser penalizado por uma falha que cabe a administração municipal.

#UM GRANDE JORNAL PARA JOINVILLE#

Joinville tem capacidade de ter novamente um GRANDE jornal impresso

domingo, 22 de maio de 2016

sexta-feira, 20 de maio de 2016

# COLOMBO EM CIMA DO MURO #

Na Divina Comédia,a grande obra do escritor florentino Dante Alighiere,o renascentista condena a neutralidade. O neutro não é uma pessoa de confiança. Por isso posições devem ser tomadas de imediato. Principalmente na política muitos tem medo de se exporem por medo de perderem apoio. Mas uma hora a casa cai. O governador Raimundo Colombo(PSD) está se esquivando de tomar uma decisão em relação aos Bombeiros Militares de Joinville. Pior de tudo está expondo o deputado Darci de Matos(PSD) seu apoiador político ao ridículo perante a classe empresarial de Joinville. O governador também está engabelando o prefeito Udo Döhler(PMDB) e a ACIJ. Um conselho a quem pretende ser prefeito de Joinville: Afastem-se do governador de Santa Catarina. Colombo não está nem aí com Joinville.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

ESCRITORES DA LIBERDADE

ESCRITORES DA LIBERDADE: Gênero: Drama. Direção e Produção Richard Lavagranese. Roteiro: Richard Lavagranese e Erin Gruwell. EUA/Alemanha, 2007.



Baseado em fatos reais, o filme Escritores da Liberdade retrata o desafiante drama de “Erin Gruwell”, uma professora do 1º ano do Ensino Médio, que leciona as disciplinas de Inglês e Literatura numa escola da periferia de Los Angeles/EUA. Sua turma composta por adolescentes que possuem em seu contexto histórico, social, cultural, uma infância frustrada, marcada pelo medo e que cresceram totalmente desacreditados na vida, devido a situações de conflitos entre raças nos bairros pobres de Los Angeles.

Estruturalmente, o filme Escritores da Liberdade se divide em três momentos básicos: o primeiro momento mostra a alegria de Erin Gruwell em, finalmente, poder se dedicar a atividade de docência, que era um de seus sonhos. O segundo momento destaca todas as frustrações e desafios nos quais ela passa na tentativa de realizar um trabalho docente significativo. O terceiro momento enfatiza as conquistas alcançadas com a turma, os frutos colhidos, diante do seu esforço.

Reportando-se ao conteúdo do filme, a professora Erin Gruwell assume a turma do 1º ano do Ensino Médio, para lecionar as disciplinas de Inglês e Literatura cheia de sonhos e ideais. No entanto, depara-se com uma série de problemas: violência, desmotivação, indisciplina e discriminação. A maioria dos alunos vinha de uma realidade social violenta, boa parte pertencia a gangues, advinham de famílias desestruturadas e, eram estigmatizados e excluídos dentro e fora da escola. 

Entretanto, esses alunos sem uma boa perspectiva de vida, tiveram a grande oportunidade de encontrar em sua trajetória escolar uma educadora que embora com pouca experiência prática, mas com bons fundamentos teóricos e, com muita motivação para enfrentar os desafios, buscou transformar aquela triste realidade.

Inicialmente, Erin Gruwell enfrenta problemas de ordem metodológica, visto que o que ela planejava desenvolver não era significativo para a turma, o que levava à desmotivação dos alunos e esses apresentavam sérios problemas de indisciplina. Contudo, ela consegue reverter àquela penosa realidade buscando novas alternativas, pois era flexível e consciente do seu compromisso com a educação. Assim, na tentativa de desenvolver um trabalho que se aproximasse da realidade dos alunos, elabora aulas dinâmicas utilizando à música, jogos, a fala dos alunos e a literatura como recursos metodológicos, objetivando elevar a autoestima e fazê-los perceber a si próprios, a vida e o mundo de maneira diferente.

Após ter conseguido avanços e despertar à atenção da turma ela decide conhecer a história de vida de cada um de seus alunos. A partir daí passa a trabalhar valores e sentimentos, objetivando sensibilizá-los para uma série de questões como: discriminação, preconceitos e tolerância, o que veio a diminuir significativamente a violência na sala de aula, possibilitando uma maior integração dos alunos nas aulas e um olhar diferenciado diante da realidade vivida.

Embora diante da falta de apoio por parte da direção e coordenação pedagógica da escola, Erin, não se deixa abater e desenvolve propostas pedagógicas inovadoras com a turma, investe em leituras significativas, através do projeto literário com o livro “Diário de Anne Frank”. Esse projeto envolvia atividades como a construção de um diário, no qual os alunos escreveriam sobre as coisas boas ou ruins vivenciadas; aulas passeios a espaços culturais; escrita de cartas para a Miep Gies, “a senhora que deu abrigo a Anne Frank”, culminando com uma visita da mesma à instituição de ensino.

Através desse projeto os alunos deram um salto qualitativo no processo de ensino/aprendizagem, passaram a ser construtores de conhecimento e de sua própria história. As produções literárias dos alunos resultaram em um livro intitulado “O Diário dos Escritores da Liberdade”, e foi lançado em 1999 nos Estados Unidos.

Através desse filme, pode-se  refletir criticamente sobre os fatores que contribuem para indisciplina e a violência na escola; discutir sobre as atitudes dos professores que venham a contribuir para a melhoria da relação professor-aluno e analisar o papel da escola frente aos problemas de convivência dos alunos no âmbito escolar.

Nesse sentido, no tocante aos fatores que contribuem para a indisciplina e a violência na escola, o filme aponta as condições sociais e culturais como fatores determinantes, o que ao nosso vê foi muito bem destacado, visto que conforme os estudos sobre essas temáticas, esses são, certamente, pontos importantes quando se relaciona indisciplina, violência e escola.   

No que se refere às atitudes dos professores que venham a contribuir para a melhoria da relação professor-aluno, o filme destaca bem o que muitos estudos já nos indicam: que um dos caminhos para que a escola avance pedagogicamente é justamente procurar criar maior possibilidade de discussão e diálogo com os jovens, em prol do desenvolvimento e resgate de valores, em que o respeito à diversidade e a tolerância, sejam vistos como condições fundamentais para se viver harmonicamente em sociedade. O que foi muito bem enfatizado no contexto das relações entre professor e aluno em Escritores da Liberdade.

Contudo, ao examinarmos as relações sociais do contexto escolar mostrado no filme, poderemos constatar a existência de violências que também eram produzidas por funcionários da escola, visto que reforçavam estereótipos e discursos que vitimizavam os alunos por meio da violência simbólica. Nessa perspectiva, a escola não apresentava um ambiente acolhedor, onde todos se sentissem comprometidos e valorizados. O que deve ser um dos papéis fundamentais da escola para que ela venha a ter boas relações de convivência.

Por fim, a relevância do conteúdo pedagógico retratado em Escritores da Liberdade possibilita criar, também, condições subjetivas necessárias para uma série de reflexões acerca do direcionamento do trabalho do gestor e do supervisor escolar, visto que além de abordar os desafiantes caminhos do trabalho docente, nos permite discutir sobre o planejamento das ações, conteúdos relevantes, metodologias e recursos necessários ao ensino. Ampliando, assim, a discussão acerca de posturas necessárias a um bom gestor e a reflexão quanto ao que é possível ser feito dentro das possibilidades educacionais que são oferecidas. 

Nessa Perspectiva, pela importância pedagógica em que se reveste o filme, recomenda-se aos educadores de forma geral, em especial aos que trabalham com adolescentes que vivem contextos similares aos apresentados e, a todos os que sentem interesse pelo conteúdo educacional, pois embora o filme mostre como contexto uma escola americana, ele nos oferece aproximações com a realidade educacional de muitos contextos escolares brasileiros.

Richard Lagravenese nasceu em 30 de outubro de 1959 nos Estados Unidos. Já produziu vários filmes de longa metragem, como: P.S Eu Te Amo em 2007; Paris Eu te Amo 2006; A década Under the Influencer 2003, e escritores da Liberdade em 2007.

                                                      Resenhado Por: Maria Silva

Referência Bibliográfica
SCHILLING, Flávia; ALVAREZ, Marcos César; BOTO, CARTOLA e outros. Grandes Temas: Violência escolar e seus conflitos. Segmento- Revista Educação, São Paulo, nº 01, Nov, 2006, p. 06-89.

terça-feira, 17 de maio de 2016

# JOINVILLE - REAJUSTE SALARIAL #

O Sindicato dos Trabalhadores em Condomínios e Imobiliárias de Joinville e Região acertou ontem um reajuste de 10% nos salários a partir de 1º de maio. Segundo o presidente do sindicato Rolando Isler, as "conquistas" anteriores foram mantidas, como 8% para quem completa cinco anos de "casa" e 5% de assiduidade. A categoria tem mais de 3000 membros entre as 80 imobiliárias e 600 condomínios.

Fonte: Luiz Veríssimo - Jornal Notícias do Dia (17/05/2016)

DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO

O problema de Joinville é que todos os deputados estaduais fazem oposição ao governador. Bem, o que acabei de escrever se ouvia muito no passado. Hoje todos os deputados são da situação.

domingo, 15 de maio de 2016

BRASIL - UMA REFORMA POLÍTICA SÉRIA

Quando Lula assumiu a presidência do país em 2003, haviam apenas 7 partidos políticos no Brasil(hoje são mais de 30). Com o passar dos anos, as legendas de aluguel foram aparecendo. Se dividia o poder e com isso se tinha o controle político, o Estado foi fatiado. Vários ministérios e secretarias especiais foram criados só para agasalhar os aliados. Com a verba partidária foram surgindo os dirigentes partidários eternos e sem ideologia. O Brasil não comporta mais do que 10 partidos. Uma reforma política urgente se faz necessária e não apenas uma reforma eleitoral.

sábado, 14 de maio de 2016

Ouvi nessa madrugada um Graxaim como esse da foto...latindo aqui bem pertinho de casa. Muito bacana!!!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

MUITO ENGRAÇADO...

...E o PT continua culpando o PSDB...kkkkkk!!!

quarta-feira, 11 de maio de 2016

# PT TRAÍDO PELO PMDB #

O PT reclama e reclama do PSDB. Mas, demorou muito para os tucanos irem para a rua apoiar a saída de Dilma. Na verdade quem tirou de Dilma a presidência da república...foi o próprio PMDB. O PSDB podia ficar criticando até 2018... mas não tinha força para tirar a petista do Planalto. O fato é que Dilma e o PT subestimaram a força política do PMDB.

# JOINVILLE - VALORIZAÇÃO DA SABEDORIA #

Os grupos de Terceira Idade espalhados por Joinville fazem um trabalho muito bacana que mantém idosos em atividades de integração. Destaco aqui o belo trabalho do grupo da Igreja Nossa Senhora Aparecida no Bom Retiro e o grupo do Centro Comunitário do Costa e Silva.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

TUDO ISSO ACONTECENDO...

...E eu aqui na praça dando milho aos pombos!!!

Existem dois tipos de clubes:

Os comuns que fazem grandes jogos e os grandes que conquistam títulos...

O Jec precisa voltar a conquistar títulos.

domingo, 8 de maio de 2016

sexta-feira, 6 de maio de 2016

PDT DE JOINVILLE LANÇA RODRIGO BORNHOLDT

Eu e o pré-candidato a prefeito pelo
PDT - Rodrigo Bornholdt

quarta-feira, 4 de maio de 2016

DESCASO COM A ROTATÓRIA DA WHIRLPOOL

Essa é só mais uma prova que nossas autoridades políticas tratam Joinville com desprezo. Nesse local qualquer criança sabe que precisa o óbvio, ou seja, um elevado. Enquanto isso, NENHUM REPRESENTANTE POLÍTICO DE JOINVILLE é capaz de solucionar o problema do engarrafamento neste local. Por aqui passam todos os dias, caminhoneiros,trabalhadores das indústrias, empresários, representantes comerciais e fornecedores.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

domingo, 1 de maio de 2016

# A SUPERIORIDADE DA CHAPECOENSE #

Se o título ficar com a Chapecoense ficará em boas mãos. Pelo menos esse ano o Jec perde o título para um adversário que jogou limpo.

Detalhe:

Dois gols em Chapecó não é impossível. Mas a Chapecoense é bem superior ao Jec neste momento.

Feliz dia do(a) trabalhador(a) Joinville!!!

O trabalho nos dá dignidade...