.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Mudanças no Programa Minha Casa Minha Vida

Uma mudança nas regras do programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal vem dando dor de cabeça em muita gente que sonha com a casa própria, e também para quem constrói as unidades ou vende o material de construção. Desde o início do mês a Caixa Econômica Federal passou a exigir que todos os projetos do programa sejam feitos em ruas calçadas e saneadas. Antes a exigência só era feita para projetos que tinham financiamento direto do banco para a produção. Agora, a obrigação é geral.

Pequenas construtoras que erguiam casas com recursos próprios e contavam com o financiamento da CEF para seus clientes terão que obedecer o mesmo critério, resultado: muitas empresas terão que devolver a entrada paga pelos mutuários, parar as obras pela metade ou então amargar prejuízo de não ter para quem vender os imóveis. Também são prejudicados os cidadãos de baixa renda que moram nas periferias das cidades, sem pavimentação ou saneamento, e que agoram não poderão mais obter financiamento a baixo custo. Ou seja, um grande problema está criado.


A convite da Secretaria de Habitação de Joinville e Associação dos Comerciantes de Material de Construção de Joinville (Acomac), o deputado federal Mauro Mariani estará na sede da entidade em Joinville SC) na próxima segunda-feira (28/2) às 14 horas para discutir e ouvir os apelos para verificar a melhor solução em Brasília. O programa Minha Casa Minha Vida foi o carro chefe que impulsionou a construção civil no país, gerando emprego, renda e possibilitando a milhões o acesso à casa própria. Mariani já está integrado a uma frente de deputados que buscam modificar a medida para evitar o fim do sonho de milhares de famílias em Santa Catarina e milhões por todo o Brasil.

Assessoria de Comunicação - Deputado Federal Mauro Mariani (PMDB/SC)

8859.2204

Fixo 47 3447.1570

salvadorneto9@hotmail.com


Nenhum comentário: