.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

sábado, 27 de novembro de 2010

Rio de Janeiro tem solução

A solução para guerra civil no Rio de Janeiro, passa por várias medidas.
Primeiramente teria que ver a possibilidade de se fazer uma PPP (parceria público-privado), que consistiria em o município fazer conjuntos residenciais para os atuais moradores, de favelas, devidamente cadastrados.
Essas áreas de risco , que no caso do RJ, estão numa área privilegiada, com vista para o mar, seriam construídos condomínios de altíssimo luxo. (Aí entrando a parte privada.)
Esses terrenos que custariam uma fábula, viabilizariam os conjuntos residenciais em parte ou totalmente.
Dentro desses conjuntos residenciais teria posto da PM , atendimento de saúde, escola, lazer e toda a infraestrutura necessária para se dar cidadania a essa gente.
Os apartamentos não poderiam ser vendidos , nem alugados. Fiscalização constante com regras claras, vendeu ou alugou, perdeu.
Seriam dados incentivos fiscais para que se instalassem fábricas no entorno dos conjuntos , sendo que um dos critérios para a concessão dos incentivos , seria a utilização de mão-de-obra da região, em especial do conjunto recém-criado.
A forma de retirada dos favelados, seria por via judicial, ou seja , cumpra-se.
Se para cumprir a decisão judicial se faz necessária a utilização de força. Assim seja.
Como o carioca é , festeiro, gente boa etc. Tudo isso seria feito com muito samba , funk e tudo mais que o povo quiser, desde que sumam daquele local.
Aproveitando a oportunidade de tê-los felizes por estarem adquirindo imóveis dignos , com chances reais de emprego , etc., seria ofertada a todos também a ligação de trompas e vasectomia. Tudo dentro da Lei.
No caso, para incentivar esses métodos contraceptivos por parte da população , seria dado como bônus isenção de 5 anos de IPTU e um crédito no valor de algo em torno de R$ 3.000,00 , que poderiam ser gastos como quisessem.

Isso seria feito morro por morro na zona sul, onde o valor do terreno é alto e a vista maravilhosa. Nas regiões menos nobres o Estado bancaria a retirada sem a contrapartida da PPP e incentivaria a arborização das áreas, como, aliás, foi um dia.

Podem notar que a idéia é boa e viável. Falta então o que??
Resposta: VONTADE POLÍTICA
Paulo Curvello
Agente da Polícia Civil
Chefe da Ciretran
Balneário Camboriú
curvell@terra.com.br

Nenhum comentário: