sábado, 11 de maio de 2013

A PARTICULAR CRISE ADMINISTRATIVA DE JOINVILLE

Muitas informações são repassadas para a população em relação a crise administrativa que Joinville vive neste momento. Essa crise tem nome é sobrenome. Quem pensa que  Carlito é  o culpado , enganou-se. Quem acha que é Tebaldi também chutou errado. A crise administrativa é a herança deixada por Luiz Henrique da Silveira. Nada melhor que ser prefeito da maior cidade catarinense - a cidade mais rica  - e ter  o total apoio da imprensa joinvilense. Isso mesmo. A imprensa da cidade foi engabelada - e é culpada por legitimar uma administração que priorizou a pirotecnia. Luiz Henrique em seu último mandato para prefeito apenas investiu e improvisou o Centreventos Cau Hansen que até hoje não tem  condições de receber grandes eventos. O Festival de Dança maior evento cultural e turistico da cidade também foi utilizado para a promoção política de LHS. Deixando claro que o Festival é criação de Albertina Tuma e teve o apoio da administração Freitag em seu primeiro mandato em 1983. LHS não investiu em nenhuma nova avenida - não construiu um elevado sequer. Mesmo na condição de governador em dois mandatos, o atual senador peemedebista não retribuiu a grande votação que recebeu aqui. Hoje Udo Döhler que pertence ao PMDB  é herdeiro e vítima de uma forma política ultrapassada que emperrou a gestão pública em Joinville - Santa Catarina e que é o braço direito do governo Dilma . Ou seja,que prioriza apenas a perpetuação da barganha política sem compromisso com o bem estar da cidade. Ou rompemos de vez com esse grupo político ou o futuro da cidade estará em perigo. A greve da próxima segunda-feira desencadeada pelos servidores municipais também deveria ser uma oportunidade de alertar o joinvilense sobre  essa maldita herança. A História tem o papel fundamental  de evitar no presente e no futuro os erros de um passado recente. Não podemos nos omitir.

Um comentário:

Janice Adja disse...

Acho lindo o amor que você senti por sua terra. A luta tranquila que batalhas.
Felicidades.
Beijos!!