.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

sábado, 31 de dezembro de 2011

Eu tive câncer...que privilégio,por Suzete Maria Boschi

Chegamos ao final de 2011 e decidi falar sobre algo que assombrou um pouco minha família neste dois últimos anos: a enfermidade pela qual passei.
Quando descobri aqueles "ovos de codorna" em minha mama esquerda, em dezembro de 2009, nem me preocupei. Fui ao médico peguei todas as requisições para os exames necessários e férias, fui para praia com minha família na maior tranqüilidade.
As mulheres me perguntam se eu fazia exames de rotina ??? Sim fazia. Aquela coisa apareceu em minha mama de um dia para outro. Um dia não estava lá e no outro já estava.
Recebi o resultado da biópsia e penso que "a ficha" não caiu até agora. Houve uma madrugada em que acordei e agonizei tudo o que podia, imaginei minha morte (enterro), senti o cheiro do hospital, chorei muito, mas depois tudo passou e a força maravilhosa do Espírito Santo, acredito que me cobriu.
Lembro da expressão do meu mastologista ao olhar os exames e ver o tamanho dos nódulos e depois da mastectomia ao saber que meus linfonodos não tinham sido infectados.
Lembro do esforço dele e da hematologista para me convencer a fazer quimioterapia.
Lembro do desespero da minha família. Um dos meus irmãos ligava todos os dias, parecia que meu caixão já estava encomendado.
NUNCA ME SENTI COM CÂNCER. NUNCA ACREDITEI QUE TINHA CÂNCER.
Experimentei coisas profundas, pois nunca tinha ficado doente. Olhei nos olhos da morte e descobri O QUANTO SOMOS MISERÁVEIS.
PARA MIM FOI UM PRIVILÉGIO EXPERIMENTAR TUDO ISSO.
FUI CARREGADA NOS BRAÇOS DE DEUS ATRAVÉS DAQUELES QUE ME AMAM e descobri quantas pessoas se preocupam comigo.
Como me senti amada e protegida. Recebi orações de todos os cantos do Brasil e até do exterior.
Pude abraçar mulheres que estavam passando pela mesma experiência e confortá-las. Orei por muitas pessoas com câncer e entendi profundamente aquele ensinamento de Jesus: "...ESTIVE DOENTE E NÃO ME VISITASTE..."
Fiz a maior festa com os pacientes na clínica durante as aplicações de quimioterapia. Brincava com o enfermeiro dizendo que o monstro de meus pesadelos era uma seringa gigante que aparecia dizendo : "só uma picadinha"
O pesadelo acabou e hoje estou no processo de reconstrução mamária. Fico encantada diante do progresso da cirurgia plástica e dou Glórias a Deus por isso.
Louvo a Deus pela vida de homens e mulheres, que acredito serem separados por Ele para exercerem a medicina.
O QUE LUCREI COM TUDO ISSO???? Mais humanidade, mais compaixão.
Passei por tudo isso porque o Senhor esteve comigo através da vida de cada um que demonstrou um pouquinho de amor por mim.
EU ACREDITO PROFUNDAMENTE QUE TODAS AS COISAS COLABORAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS.
Amo as pessoas, os seres humanos, acredito nas pessoas, acredito no amor de Deus.
Espero que Deus me de sabedoria para viver de forma que possa abençoar outras vidas.
O câncer para mim foi isso, uma experiência profunda com o amor do Criador, nada mais que isso.
Aproveite o louvorhttp://www.youtube.com/watch?v=yP-yU53fZxg&feature=related

Suzete Maria Boschi, de Curitiba

Nenhum comentário: