sexta-feira, 15 de maio de 2009

Emerson Kapaz comunica que deixará PSDB

São Paulo - O deputado Emerson Kapaz (PSDB-SP) confirmou ontem de manhã, quando participava do lançamento de um livro em São Paulo, que terá uma reunião hoje com o presidente nacional do PPS, senador Roberto Freire (PE), para tratar da transferência para aquele partido. “Vamos acertar os detalhes; entre os meus planos está o de concorrer ao cargo de prefeito de São Paulo; acho que tenho um espaço aqui”, disse Kapaz. Ele contou que Mário Covas não gostou da notícia. “Mas disse ter entendido o meu posicionamento, que, afinal de contas, é inteiramente político; o PSDB está transformando-se num partido de centro-direita, caminhando para a direita; isto não pode; não concordo; por não concordar que saio.” Kapaz, que foi secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico no primeiro mandato de Covas no governo paulista, salientou que “está na hora de dar uma mexida nesta política”. “Ficar do jeito que está não adianta nada; segunda-feira (hoje) vou conversar abertamente com o Roberto Freire e explicar minha posição; entendo que o País necessita de um projeto de centro-esquerda mesmo para voltar ao desenvolvimento, mais social e justo.” Ele disse que não há como voltar atrás na decisão. “Foi uma decisão refletida e cheguei ao limite que poderia agüentar no PSDB.” O ministro da Saúde, José Serra, considerou muito “ruim” a saída do deputado Emerson Kapaz do PSDB. “Ele é livre para escolher o seu caminho, mas é uma perda, sem dúvida alguma.” José Serra contou que Emerson Kapaz o procurou antes de divulgar sua posição e explicou seu posicionamento (30/08/1999 - Folha de São Paulo).

Nenhum comentário: