.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

terça-feira, 1 de abril de 2014

O PAPEL DA UNIVERSIDADE, POR AIRES ZACARIAS

Não tenho conhecimento jurídico e debater esse assunto sob à luz da justiça é bom para quem de leis entende. Porém, tenho conhecimento de moral, decência, bom caráter, respeito e amor ao próximo.
Sou da geração (nascido em 1951) que tinha total respeito e amor pelo professor. A autoridade policial era soberana. Absoluta. Respeito pelas autoridades religiosas e pelos mais velhos. Com o passar do tempo, esses valores estão sendo deixados de lado. Pais com medo de educar os filhos impondo limites; professores agredidos em salas de aulas; policiais com medo de usar fardas nas horas livres de trabalho; autoridades religiosas envolvidas em corrupção, canalhice e pedofilia.
A universidade foi criada para o desenvolvimento do ser humano. Segundo alguns professores, “Uma universidade é uma instituição pluridisciplinar de formação dos quadros de profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano.1
Uma universidade provê educação tanto terciária (graduação) quanto quaternária (pós-graduação). As universidades gozam de autonomia para executar suas finalidades, em estrita observância ao texto constitucional, porém este direito não proibe o Estado de verificar o uso desta prerrogativa nas atividades que lhes são próprias."

É sabido que a sociedade é formada por diferentes classes sociais, embora no Brasil, sempre buscamos minimizar a diferença entre pobres e ricos, entres brancos e negros. Se analisarmos atentamente, hoje predomina os valores das classes mais forte, constituindo-se uma “ideologia dominante”. Isso reflete em vários grupos o forte apoio implícito das agências de comunicação, tentando dizer que o que antes era o errado, hoje é o certo, o aceitável. Notem por exemplo as discussões sobre a homofobia de gênero.

Ao estudar sobre A ESTRUTURA E FUNDAMENTO DO ENSINO e sobre o função social da escola pública, aprendemos que “ a Escola Pública, em todos os níveis e modalidades da Educação, tem como função social formar o cidadão, isto é, construir conhecimentos, atitudes e valores que tornem o estudante solidário, crítico, auto-crítico, ético e participativo.

Todos os conceitos sobre escola/universidade difundidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96) defende o fortalecimento das relações da escola com o seu entorno. Acreditamos que esse fortalecimento não se dará através de uma administração omissa, incapaz, ineficiente que apoia o consumo e tráfico de drogas dentro do universo estudantil.

Um comentário:

MAR disse...

La educación es fundamental y también lo es la sanidad mental y la alegría que educan los niños y cada ser humano, motivar de forma positiva creo es la solución psicológica al menos de la educación a nivel mundial.
Un abrazo para ti.
mar