.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

quinta-feira, 1 de junho de 2017

COISAS DA IDADE MÉDIA

Trata-se de uma rara curiosidade que mostra o quão as pessoas eram incivilizadas por aquela época:

1. Não suje as escadas, corredores, armários ou tapeçarias de urina ou outras imundícies.
2. Não se alivie diante de senhoras, ou na frente de portas ou janelas de casas em becos.
3. Não deslize para frente e para trás na cadeira como se estivesse tentando eliminar gases.
4. Não toque em suas partes pudendas sob as roupas com as mãos nuas.
5. Não cumprimente alguém enquanto a pessoa está urinando ou defecando.
6. Não faça barulho quando eliminar gases.
7. Não abra as roupas diante de outras pessoas em preparação para defecar, e não as feche depois.
8. Quando dividir uma cama com alguém em uma hospedaria, não se deite tão perto que possa tocar a pessoa nem ponha suas pernas entre as dela.
9. Se deparar com alguma coisa repugnante no lençol, não a mostre para seu companheiro, nem levante a coisa fétida para que o outro cheire dizendo “Gostaria de saber quanto isso fede”.
10. Não assue o nariz na toalha de mesa, nem nos dedos, manga ou chapéu.
11. Nã ofereça seu lenço usado a outra pessoa.
12. Não carregue o lenço na boca.
13. Também não fica bem, depois de assuar o nariz, abrir o lenço e contemplá-lo como se pérola e rubis pudessem ter saído de sua cabeça.
14. Não cuspa na bacia quando estiver lavando as mãos.
15. Não cuspa tão longe que seja preciso procurar a saliva para pisar nela.
16. Vire-se ao cuspir para que a saliva não caia em alguém.
17. Se algo purulento cair no chão, deve ser pisado para que não provoque náusea em alguém.
18. Se notar saliva no casaco de alguém, não é polido anunciar.
19. Não seja o primeiro a tirar a comida do prato.
20. Não se atire à comida como um porco, roncando e estalando os lábios.
21. Não vire a travessa para deixar o maior pedaço de carne perto de você.
22. Não devore a comida como se estivesse prestes a ser levado para a prisão, nem encha tanto a boca a ponto de suas bochechas incharem como foles, nem abra tanto os lábios que eles produzam ruídos porcinos.
23. Não mergulhe os dedos no molho da travessa.
24. Não pegue comida da travessa com a colher que pôs na boca.
25. Não roa um osso e depois o devolva à travessa.
26. Não limpe talheres na toalha de mesa.
27. Não ponha de volta no prato o que esteve em sua boca.
28. Não ofereça a ninguém um alimento que você já mordeu.
29. Não lamba os lábios engordurados, limpe-os no pão ou enxugue-os no casaco.
30. Não se incline para beber na tigela de sopa.
31. Não cuspa ossos, caroços, cascas de ovo ou de fruta nas mãos, nem os jogue no chão.
32. Não meta o dedo no nariz enquanto come.
33. Não beba no prato; use a colher.
34. Não sugue ruidosamente o que está na colher.
35. Não afrouxe o cinto à mesa.
36. Não limpe com os dedos um prato sujo.
37. Não mexa o molho com os dedos.
38. Não leve a carne ao nariz para cheirá-la.
39. Não beba café no pires.
40. Não limpe os dentes com a faca.
41. Não segure a faca o tempo todo enquanto come, apenas quando precisar dela.
42. Não use a ponta da faca para pôr comida na boca.
43. Não corte o pão; parta-o com as mãos.
44. Quando passar uma faca a alguém, ofereça o cabo e deixe a ponta virada para você.
45. Não agarre a faca com a mão inteira como se fosse um pedaço de pau; segure-a nos dedos.
46. Não use a faca para apontar para alguém.

Colaboração: Professor Nicácio Tiago Machado aqui de Joinville

Nenhum comentário: