domingo, 2 de abril de 2017

CONTRA O DESPERDÍCIO

Concordo plenamente com o radialista Ivo Cordeiro. A comida que sobra da merenda do aluno, os professores também poderiam consumir. E essa merenda,caso sobre, poderia também ser doada para famílias carentes de Joinville. Jogando a comida fora, a escola está dando um exemplo negativo para a sociedade. O desperdício de alimentos deve ser combatido, principalmente dentro da escola.

2 comentários:

Léo Simas disse...

Embora não exista legislação que proíba, a doação de alimentos já preparados e que sobram nos restaurantes (a chamada sobra limpa) é quase nula no país. Isso porque a legislação atual prevê punir criminalmente o doador caso o alimento que ele tenha repassado cause algum tipo de intoxicação a quem o recebeu.

Juliano Carvalho Bueno disse...

Complicado Léo...mas a comida é a feita na hora. É um pecado jogar fora.

Abraços!