sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

FIM PREVISÍVEL

Não é de estranhar que determinado jornal feche suas portas em Joinville. Ficou escancarada sua linha político-ideológica totalmente comprometida com um grupo específico da cidade que NÃO TERÁ O PODER POR MUITO TEMPO.  Perdeu credibilidade...perdeu a confiança do leitor, do assinante e até mesmo do anunciante. Só banho de luz puxando o saco de autoridades e empresários. Um pedantismo humilhante e submisso. Uma hora a casa ia cair e caiu. Quem perde é Joinville, quem perde são trabalhadores que ficarão desempregados. Quem sabe agora surja um jornal bem escrito, que valorize o leitor e Joinville...e que não fique preso aos anúncios oficiais.

Nenhum comentário: