sexta-feira, 15 de abril de 2016

# UM POEMA DE FERREIRA GULLAR #

Digo adeus à ilusão...
Mas não ao mundo...
Mas não a vida,meu reduto e meu reino...
Do salário injusto,
Da punição injusta,
Da humilhação, da tortura, do terror,
Retiramos algo e com ele construímos um artefato
Um poema...
Uma bandeira


Ferreira Gullar

Nenhum comentário: