segunda-feira, 22 de junho de 2015

A JUSTA JUSTIÇA DOS ESTADOS UNIDOS

O assassino covarde dos E.U.A que  matou nove fiéis negros, foi preso e em três dias já foi julgado. Se fosse aqui no Brasil, ele iria recorrer em liberdade e o julgamento iria demorar pelos menos uns cinco anos. Sem esquecer que os Direitos Humanos iriam protegê-lo com certeza.

2 comentários:

Alex Fernando disse...

Deixe sua risada aqui para o pessoal dos Diretos Humanos: hhahahahahahahaha
De cada 10 coisas que o DH faz, apenas um presta pra alguma coisa, que geralmente é defendendo a liberdade religiosa ou de expressão, no resto eles só atrapalham!

Juliano Carvalho Bueno disse...

kkkkkkkkkkk...verdade Alex! Eles não defendem as vítimas.