sábado, 12 de abril de 2014

RESPOSTA A MARILENA CHAUÍ SOBRE A CLASSE MÉDIA


Um comentário:

Ivana Lucena disse...

Oi, Juliano!
Assisti aos dois vídeos que vc postou, na ordem inversa em que foram realizados. De verdade, discordo das duas pessoas. Sabe por que? Porque temo o discurso de quem generaliza, de quem reconhecendo falhas em pessoas não conseguem enxergar pontos positivos. Apesar de eu tb ser contra a essas divisões humanas por classes, Marilena Chauí foi infeliz por não enxergar tb na classe média,o que foi mostrado pela outra pessoa, uma classe de geração de empregos. Com relação a essa pessoa que rebateu a fala da Marilena Chauí penso que foi muito infeliz desqualificando totalmente Carl Max da sua capacidade genial de contribuição para a literatura a respeito de questões relacionadas ao trabalho e a sociedade. "Ele não trabalhava", repete ela, todavia, desconsidera que o trabalho intelectual é sim um tipo de trabalho. Embora ele não tenha tido esse reconhecimento na sua época, como ela afirma. Essas são as minhas opiniões. Aproveito para te convidar a ler uma matéria minha no Blog http://mulhermaeprofessora.blogspot.com.br/ que eu acho que tem um pouco a ver com o que tratamos por aqui. Te vejo lá! abraço.