domingo, 13 de janeiro de 2013

FOI BACANA

Hoje aconteceu um lance legal. Estava filosofando com o Gaspar dono da banca do Celso em frente ao terminal norte e apareceu um cara estranho. Percebi que o cidadão estava prestando atenção na conversa. De repente,ele pede licença e fala o seguinte: - Poxa, fazia tempo que não ouvia uma conversa assim,falando da cidade - de pessoas - do mundo. Quero pedir desculpas a vocês mesmo sem conhecê-los pois me sinto culpado por não comprar livros e nem saber o que acontece no mundo. Gastei R$ 400, 00 em drogas de ontem pra cá. Sou um egoista finalizou. O estranho saiu da banca comprou algumas revistas e foi embora.

Nenhum comentário: