quinta-feira, 29 de novembro de 2012

O FIM DAS COLIGAÇÕES

Esse emaranhado de coligações partidárias já destruiu a administração pública . Será que o povo não percebe isso ???

O CORRETO E O INCORRETO

Se o PMDB conquistou a prefeitura de Joinville , o partido tem que ter prioridade nos principais cargos e ponto final. Mas o que acontece na realidade é que o PDT quer tal e tal secretaria e já começam as brigas dentro da própria coligação. Para ter maioria na Câmara de Vereadores também serão oferecidas algumas secretarias e por aí vai . A coisa já começa errada.

NÃO PODE DAR CERTO

É evidente que a administração de um município,estado ou país não poder dar certo com o loteamento de secretárias e ministérios entre os partidos aliados.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

REDUTO DE DONDOCAS

Enquanto a administração da Educação estadual de Joinville for um reduto de cabos eleitorais de luxo e de madames que vivem indo comer salgadinhos na Doceria São José - As conquistas na Educação serão sempre pontuais e efêmeras.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

COMPARTILHANDO

Os maus precisam ter cuidado em parecer bons, mas os bons não precisam disso. É por isso que tantas pessoas se queixam dizendo "Me enganei com aquela pessoa". É porque justamente a maldade mais eficaz é aquela que parece boazinha, bem boazinha, enquanto a bondade menos eficaz é aquela que é franca - quanto mais franca,
menos cativante. É mais comum ouvirmos que alguém se decepcionou com uma pessoa do que o contrário, alguém se surpreendeu com uma pessoa.

O estelionatário, o canalha, a pérfida... todos parecem ser tão bonzinhos! Enquanto aquele que apenas disse o que pensava nos parece ser, sempre, no mínimo um pouco antipático.
 
Colaboração: Milton Wendel

PERFEITO...


ACABOU...

...Acabou o Governo de Raimundo Colombo...Só a imprensa que mantém o banho luz.

domingo, 25 de novembro de 2012

O GOVERNADOR COLOMBO ESTÁ TRANQUILO...

...Com o apoio da imprensa respaldando seu "governo".

sábado, 24 de novembro de 2012

MORAL PARA O FUTEBOL CATARINENSE

Criciúma na Série A -  Figueirense - Avaí - Jec e agora também a Chapecoense disputando a Série B - é a prova da evolução da qualidade de nossos clubes. É o estado do sul com maior representação no campeonato nacional de clubes.

JOINVILLE POR NIVALDO NARÃ


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

AS COTAS UNIVERSITÁRIAS

Em relação a cota para negros nas universidades públicas o debate não pode ficar apenas no senso comum. É lógico que todos tem capacidade para ingressar em uma universidade dependendo de sua força de vontade( e de dinheiro). Mas a dívida histórica que o Estado brasileiro tem com a comunidade negra é visível. Aconteceu a abolição no século XIX sim. Mas não houve a inserção do ex-escravo de imediato na sociedade. O negro não tinha terra para plantar, não conseguia emprego nas cidades e muito menos acesso a educação. A consequência foi a sua marginalização. Um pequeno grupo atingiu o modelo capitalista de consumo e foram aceitos pela sociedade. O que o governo federal pretende é não apenas integrar, mas qualificar a grande população negra do Brasil. Neste ponto o governo merece elogios. O governo apenas erra ao não definir uma data para o fim desse sistema de cotas o que daí deixará a população branca com menos chance de ingressar nas universidades...ou seja a discriminição será "branca".

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

SERÁ QUE SÓ O GOVERNO ESTÁ CERTO ???

Os funcionários da saúde em greve , os professores sem aumento salarial até agora e a violência no estado aumentando. Será que o governo do estado se acha com a razão ??? Está terminando o segundo mandato e até agora Raimundo Colombo não mostrou nada.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

EDUCAÇÃO É COISA SÉRIA

Uma certa  rede de TV querendo se promover com projetinhos na educação.

sábado, 17 de novembro de 2012

BOA CAMPANHA

O Jec voltou a ser um time vencedor. Ótima campanha para quem estava fora dos grandes campeonatos.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O VANDALISMO...

...É a prova que a sociedade não está bem. Quantas praças,luminárias,placas de sinalização e escolas são depredadas por dia em Joinville, Santa Catarina e no Brasil ??? O que precisa de fato são as reformas política e no judiciário. A impunidade campeia o Brasil. Onde não há justiça prevalece a impunidade e a criminalidade.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

ROMÁRIO CONTA TUDO

Estas declarações são revoltantes e coloca o Brasil no ranking da desonestidade total.
LEIAM E DIVULGUEM: (excelente e ESTARRECEDORA entrevista)
ROMÁRIO (acreditem: o menos faltoso entre os novos deputados Federais) e uma entrevista ASSUSTADORA; Parte de entrevista do ROMÁRIO ao jornalista Cosme Rimoli - TV Record .

- Você foi recebido com preconceito em Brasília?
Olha, vou ser claro para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não
teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca
deixei de me informar, estudar. Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela. Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas... Não só joguei futebol.
Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de
conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente... Preparada para a vida. E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados. O Brasil
só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada.
O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o País
precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.

- Essa ignorância ajuda a corrupção? Por exemplo, que legado deixou o Pan do Rio?
Você não tenha dúvidas que a ignorância é parceira da corrupção. Os gastos previstos para o Pan do Rio eram de, no máximo, R$ 400 milhões. Foram gastos R$ 3,5 bilhões. Vou dar um testemunho que nunca dei. Comprei alguns
apartamentos na Vila Panamericana do Rio como investimento. A melhor coisa que fiz foi vender esses apartamentos rapidamente. Sabe por quê? A Vila do Pan foi construída em cima de um pântano. Está afundando. O Velódromo caríssimo está abandonado. Assim como o Complexo Aquático Maria Lenk... É um
escândalo! Uma vergonha! Todos fingem não enxergar. Alguém ganhou muito dinheiro com o Panamericano do Rio. A ignorância da população é que deixa essa gente safada sossegada. Sabe que ninguém vai cobrar nada das autoridades. A população não sabe da força que tem. Por isso que defendo os professores. Não temos base cultural nem para entender o que acontece ao
nosso lado. E muito menos para perceber a força que temos. Para que gente poderosa vai querer a população consciente? O Pan do Rio custou quatro vezes mais do que este do México. Não deixou legado algum e ninguém abre a boca para reclamar.

- Se o Pan foi assim, a Copa do Mundo no Brasil será uma festa para os corruptos...
Vou te dar um dado assustador. A presidente Dilma havia afirmado quando assumiu que a Copa custaria R$ 42 bilhões. Já está em R$ 72 bilhões. E ninguém sabe onde os gastos vão parar. Ningúem. Com exceção de São Paulo, Rio, Minas, Rio Grande do Sul e olhe lá...Pernambuco... Todas as outras sete
arenas não terão o uso constante. E não havia nem a necessidade de serem construídas. Eu vi onze das doze... Estive em onze sedes da Copa e posso afirmar sem medo. Tem muita coisa errada. E de propósito para beneficiar poucas pessoas. Por que o Brasil teve de fazer 12 sedes e não oito como sempre acontecia nos outros países? Basta pensar. Quem se beneficia com
tantas arenas construídas que servirão apenas para três jogos da Copa? É revoltante. Não há a mínima coerência na organização da Copa no Brasil.

- São Paulo acaba de ser confirmado como a sede da abertura da Copa. Você concorda?
Como posso concordar? Colocaram lá três tijolinhos em Itaquera e pronto... E a sede da abertura é lá. Quem pode garantir que o estádio ficará pronto a tempo? Não é por ser São Paulo, mas eu não concordaria com essa situação em lugar nenhum do País. Quando as pessoas poderosas querem é assim que funcionam as coisas no Brasil. No Maracanã também vão gastar uma fortuna,
mais de um bilhão. E ninguém tem certeza dos gastos. Nem terá. Prometem, falam, garantem mas não há transparência. Minha luta é para que as obras não fiquem atrasadas de propósito. E depois aceleradas com gastos que ninguém controla.

- O que você acha de um estádio de mais de R$ 1 bilhão construído com recursos públicos. E entregue para um clube particular.
Você está falando do estádio do Corinthians, não é? Não vou concordar nunca.
Os incentivos públicos para um estádio particular são imorais. Seja de que clube for. De que cidade for. Não há meio de uma população consciente aceitar. Não deveria haver conversa de politico que convencesse a todos a
aceitar. Por isso repito que falta compreensão à população do que está acontecendo no Brasil para a Copa.

- A Fifa vai fazer o que quer com o Brasil?
Infelizmente, tudo indica que sim. Vai lucrar de R$ 3 a R$ 4 bilhões e não vai colocar um tostão no Brasil. É revoltante. Deveria dar apenas 10% para ajudar na Educação. Iria fazer um bem absurdo ao Brasil. Mas cadê coragem de
cobrar alguma coisa da Fifa. Ela vai colocar o preço mais baixo dos
ingressos da Copa a R$ 240,00. Só porque estamos brigando pela manutenção da meia entrada. É uma palhaçada! As classes C, D e E não vão ver a Copa no estádio.
O Mundial é para a elite. Não é para o brasileiro comum assistir.

- Ricardo Teixeira tem condições de comandar o processo do Mundial de 2014?
Não tem de saúde. Eu falei há mais de quatro meses que ele não suportaria a pressão. Ser presidente da CBF e do Comitê Organizador Local é demais para qualquer um. Ainda mais com a idade que ele tem. Não deu outra. Caiu no hospital. E ainda diz que vai levar esse processo até o final. Eu acho um absurdo.

- Muito além da saúde de Ricardo Teixeira. Você acha que pelas várias denúncias, investigações da Polícia Federal... Ele tem condições morais de comandar a organização Copa no Brasil?
Não. O Ricardo Teixeira não tem condições morais de organizar a Copa. Não até provar que é inocente. Que não tem cabimento nenhuma das denúncias. Até lá, não tem condições morais de estar no comando de todo o processo. Muito menos do futebol brasileiro...
A África apresentou há alguns meses atrás o resultado final da Copa do Mundo: deu prejuízo e grande. Agora é a vez do Brasil. Fifa, CBF, políticos e os empreiteiros vão ganhar muito dinheiro.
Quem teve a idéia de promover, o evento em nosso país, alguém sabe?
LEIAM E DIVULGUEM: (excelente e ESTARRECEDORA entrevista)
ROMÁRIO (acreditem: o menos faltoso entre os novos deputados Federais) e uma entrevista ASSUSTADORA; Parte de entrevista do ROMÁRIO ao jornalista Cosme Rimoli - TV Record .

- Você foi recebido com preconceito em Brasília?
Olha, vou ser claro para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não
teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca
deixei de me informar, estudar. Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela. Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas... Não só joguei futebol.
Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de
conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente... Preparada para a vida. E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados. O Brasil
só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada.
O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o País
precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.


UMA VERDADE...

...A inoperância da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR). Reduto de apadrinhados políticos que não proporcionam nada de benefício para a população. Pior, só aumentaram a burocracia.

UMA TEIMOSIA...

...O fim da estrada de ferro em Joinville. As autoridades e o próprio povo irão se arrepender por não utilizarem o trem como meio de transporte ligando Joinville a outras cidades da região.

INTERESSANTE ARTIGO DE CHARLES HENRIQUE VOOS*

Ainda bem que existe gente pensando...gente percebendo o que de fato está ocorrendo em Santa Catarina

 

A verdadeira “Faixa de Gaza” catarinense 

 

Nos últimos dias estamos acompanhando os ataques supostamente organizados aos ônibus e órgãos de segurança pública de algumas cidades de Santa Catarina. Em Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Navegantes e Criciúma os ataques aconteceram e foram noticiados pela mídia. Parece que, para alguns setores, Santa Catarina está em pé de guerra e a polícia é a salvadora da pátria dos cidadãos. A mídia faz um alarde desnecessário e até incoerente, pois a verdadeira onda de ataques acontece o ano inteiro: as taxas de homicídios, roubos, seqüestros e outros crimes dos principais municípios do estado são preocupantes, e são invisíveis para os grandes setores da mídia.

A partir do momento em que um ônibus foi incendiado na região com o metro quadrado mais caro de SC, perceberam que tinha algum problema na segurança pública. Sério? Que novidade! Eu não sabia! E a violência que ocorre todos os dias na periferia de todas as cidades? E o “favelado”, “negro”, “pobre” que morre diariamente e é tratado apenas como uma citação nas páginas policiais? E as fugas dos presídios? Cadê o alarde para estes assuntos? Cadê os especialistas em segurança pública contratados para explicar estes casos, o comandante geral da PM, e o Governador Raimundo Colombo? Quantas mortes estes ataques supostamente organizados provocaram nos últimos dias? Ou o problema está no incêndio aos ônibus de grandes empresários catarinenses?


Não que eu apóie os ataques, muito pelo contrário. A questão que fica é o enfoque dado pela mídia a alguns casos. E o pior: a mídia vende que a omissa e pífia Secretaria de Segurança Pública parece trabalhar como nunca. Mas não é verdade. Se estivesse trabalhando corretamente, isto não aconteceria. Na verdade, nada de tão grave aconteceria! A história infelizmente se repete e a polícia nunca previne, nunca protege. Ela sempre é o “band-aid”, e a responsável por mais insegurança.


Para completar, os hospitais públicos administrados pela gestão Colombo estão sucateados e várias escolas estaduais estão interditadas. Pode parecer que não há conexão com os fatos desta última semana, mas a saúde pública também “mata” (que ironia!) muita gente por não dar um atendimento adequado e a educação é a principal responsável pela criminalidade, por não educar e não abrigar o jovem.

Por isso, por mais que a mídia tente esconder, e o poder público empurre para debaixo do tapete, a verdadeira “Faixa de Gaza” acontece diariamente diante de nossos olhos. As reportagens policiais estão aí como prova disso. É nojento ver plantões, matérias especiais, entrevistas com “Deus e o mundo” para explicar ataques que são uma conseqüência do que acontece há muito tempo por aqui. Nós vivemos um Estado de exceção todos os dias, mas ele só existe para alguns. Os mais ricos, o poder público e a mídia que o diga!

PS: Segundo dados de uma pesquisa do Ministério da Saúde, mais da metade das vítimas dos homicídios no Brasil, 53% delas, são pessoas na faixa etária entre 19 e 29, das quais mais de 75% são jovens negros, de baixa escolaridade, sendo a maioria do sexo masculino. O número de mortes de jovens negros passou de 14.055 em 2000 para 19.255 em 2010 – um crescimento de 37%. Isto a mídia divulga? Faz alarde? Poder público explica?

* Charles Henrique Voos é Cientista Social formado pela UNIVALI-Itajaí em 2009 e Mestrando do Programa de Mestrado em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade (UFSC) desde 2010.



SITUAÇÃO DE ALERTA EM SANTA CATARINA

As instituições representativas da sociedade não estão conseguindo resolver  os problemas na forma do diálogo. Por enquanto a imprensa está dando respaldo ao governo. A situação de inércia em relação ao executivo estadual é explícito. A insatisfação do funcionalismo público , o abandono de hospitais e escolas e agora a onda de violência em algumas cidades catarinenses expõe a fragilidade de uma administração que até agora não mostrou trabalho. O povo em geral está mais ligado aos acontecimentos de Brasília que de Florianópolis. Por enquanto o governador está blindado com a proteção da santa imprensa. Mas para aqueles que gostam de se aprofundar em assuntos políticos de Santa Catarina a conversa de bastidores (por enquanto só está nos bastidores) é que a situação política - administrativa de Santa Catarina está em alerta.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

O PROFETA JORDI CASTAN

Já que o assunto é sobre Guerra do Contestado...messianismo e política...olha o que o profeta Jordi Castan escreveu em maio de 2011...

Nomeações na SDR Joinville*

Nomeações na SDR

Se os critérios usados para fazer a escolha da nova equipe da SDR Joinville  fossem a competência, conhecimento e capacidade ficaria claro que a Secretaria de Desenvolvimento Regional tem um importante papel a cumprir para promover o crescimento da região e que a sociedade poderá esperar muito dos próximos quatro anos.

Se os critérios utilizados são o loteamento entre os partidos aliados, o projeto político de cada um e a sua participação na campanha é provável que um balaio de gatos ou uma colcha de retalhos sejam a figura que melhor identifique esta equipe e que devamos esperar um resultado abaixo de medíocre desta gestão.

Analisados um a um, a impressão que fica é que já tivemos nomes muito melhores, mais competentes e com maior capacidade para exercer as mesmas funções. O tempo dirá se a primeira leitura esta equivocada ou se existem virtudes e competências ocultas entre os nomeados, que não são facilmente percebidas a olho nú.

* Jordi Castan (13/05/2011)
  

SOBRA A GUERRA DO CONTESTADO

O amigo Milton Wendel grande observador da História...em particular tem um carinho especial pela História do Contestado. A seguir ele relata detalhe muito interessante que antecedeu o conflito entre os caboclos e o Estado.


"No início do século 20 estava prosperando uma troca entre Joinville e a região do planalto, União da Vitória inclusive. O planalto mandava erva mate para Joinville e Joiville mandava sal, sabão, velas de iluminação, ferramentas. Todos estavam prosperando e a extração da erva mate era uma atividade sustentável. Então, em 1905, o governo do Estado decretou um imposto escorchante de 33% sobre o negócio de erva mate e arruinou o setor. Um absurdo. Já era uma manobra para retirar os caboclos da região e poder vender a Grande Floresta de Araucárias.

Os caboclos queriam a volta da monarquia porque durante os três séculos em que houve monarquia eles puderam usufruir da terra que lhes pertencia. Coincidentemente, o advento da República trouxe a ordem de expulsão das terras nas quais eles viviam. Eles ficaram totalmente isolados, sem apoio nenhum. Apoiaram-se numa crença em um "santo", São Sebastião, uma espécie de santo da guerra perdida. Foi o que deu a eles alguma força para lutar".

Milton Wendel 

domingo, 11 de novembro de 2012

FEUDALISMO ATUAL APOIA HISTORIADORES


A UTOPIA DEMOCRÁTICA

A gestão democrática requer a participação popular com responsabilidade. Mas muitos estão acostumados a acatarem, a apenas executarem as tarefas dependendo das ordens de um líder. O povo quer um ditador,um disciplinador pois é mais confortável,mais cômodo. Não existe comprometimento. Eu como funcionário ou cidadão fico na zona de conforto pois daí não sou responsabilizado.É confortável transferir a responsabilidade para o outro. Quando o Estado ou o gestor é assistencialista a democracia é de "mentirinha". A democracia não é uma utopia. Mas no Brasil o sonho democrático não é o desejo de todos pois requer esforço e comprometimento...ou seja...TRABALHO.

sábado, 10 de novembro de 2012

Triste realidade

Pior que perder a confiança no governo...é perder a confiança na imprensa.

O ACIDENTE DA SERRA AINDA É NOTÍCIA

Vamos imaginar uma situação corriqueira. Tu estás dirigindo numa estrada, na qual pagou pedágio, e é obrigado a parar no meio da pista porque os administradores da rodovia estão fazendo um serviço.

Parado no meio da pista, sem qualquer proteção e sem a mínima chance de se defender, tu és atingido, atropelado e estraçalhado por um veículo desgovernado que não recebeu sinalização sobre a paralisaçã
o.

Tu és vítima num quadro de homicídio. Mas agora vem a parte mais estarrecedora. Os policiais responsáveis pela lei, naquele local, prendem em flagrante o condutor do veículo que se envolveu no acidente. E não tomam nenhuma providência em relação aos CAUSADORES DOLOSOS do acidente, que são os administradores da rodovia. Está pronto o quadro de impunidade. A justiça fará o resto da encenação.

É o Brasil: incompetência, corrupção e impunidade
 
 
O texto é do amigo e cidadão Milton Wendel aqui de Joinville

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

GOVERNO DO ESTADO ABANDONA EDUCAÇÃO EM JOINVILLE

No centro de Joinville vemos todos os dias o descaso e o fracasso de nossa representação política em menos de 500 metros...1º) Sede da 23ª Gered abandonada, 2º) Escola Conselheiro Mafra interditada e 3º) A ex- creche Padre Carlos um lixão. Tivemos governador por quase 7 anos aqui de Joinville e temos deputados...e a impressa marrom não cobra nada dessas autoridades.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Duplicação ???

Duplicação da avenida Santos Dumont ??? Quando !!! Ninguém mais comentou nada. Por que será né!!!

sábado, 3 de novembro de 2012

A DERROTA DO PT REPRESENTA...

...Representa que Joinville é uma cidade conservadora. Isso o PT não percebeu (ou não quis perceber). O PT não fez nada para a classe média. Tratou a classe média como vilã. Além de fazer pouco pela periferia, Carlito quis que a classe média custeasse os investimentos para uma minoria. O prefeito não tocou no transporte coletivo e não foi capaz sequer de instalar um único semáforo na complexa avenida Santos Dumont. Os prefeitos anteriores também são culpados (principalmente Luiz Henrique da Silveira e o falecido Luis Gomes) por não respeitaram o plano diretor da cidade. Mas Carlito tinha em mãos a maior prefeitura de Santa Catarina e não deixou a sua marca. Claro que o tratamento de esgoto é importante( mas não era o mais importante) para o povo. Por isso o atual prefeito não se reelegeu. Confiou nos parasitas de seu partido . Nem o PT nacional o apoiou, muito menos o estadual. O PMDB percebeu essas falhas na administração petista , e acabou desembarcando do governo mais cedo. Para um partido que é o reduto de intelectuais de Joinville (era pelo menos) não perceber as necessidades e a dinâmica do funcionamento da sociedade joinvilense teve que pagar um alto preço: ou seja...o descrédito do eleitor na esquerda joinvilense.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Enquanto isso...

Agora a rua Barriga Verde no bairro Bom Retiro está interdidata.Não bastava apenas a rua Piratuba ??? Esqueci da Prudente de Moraes que é outra coisa horroroooosa.