.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

SOBRA A GUERRA DO CONTESTADO

O amigo Milton Wendel grande observador da História...em particular tem um carinho especial pela História do Contestado. A seguir ele relata detalhe muito interessante que antecedeu o conflito entre os caboclos e o Estado.


"No início do século 20 estava prosperando uma troca entre Joinville e a região do planalto, União da Vitória inclusive. O planalto mandava erva mate para Joinville e Joiville mandava sal, sabão, velas de iluminação, ferramentas. Todos estavam prosperando e a extração da erva mate era uma atividade sustentável. Então, em 1905, o governo do Estado decretou um imposto escorchante de 33% sobre o negócio de erva mate e arruinou o setor. Um absurdo. Já era uma manobra para retirar os caboclos da região e poder vender a Grande Floresta de Araucárias.

Os caboclos queriam a volta da monarquia porque durante os três séculos em que houve monarquia eles puderam usufruir da terra que lhes pertencia. Coincidentemente, o advento da República trouxe a ordem de expulsão das terras nas quais eles viviam. Eles ficaram totalmente isolados, sem apoio nenhum. Apoiaram-se numa crença em um "santo", São Sebastião, uma espécie de santo da guerra perdida. Foi o que deu a eles alguma força para lutar".

Milton Wendel 

Nenhum comentário: