.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

AS COTAS UNIVERSITÁRIAS

Em relação a cota para negros nas universidades públicas o debate não pode ficar apenas no senso comum. É lógico que todos tem capacidade para ingressar em uma universidade dependendo de sua força de vontade( e de dinheiro). Mas a dívida histórica que o Estado brasileiro tem com a comunidade negra é visível. Aconteceu a abolição no século XIX sim. Mas não houve a inserção do ex-escravo de imediato na sociedade. O negro não tinha terra para plantar, não conseguia emprego nas cidades e muito menos acesso a educação. A consequência foi a sua marginalização. Um pequeno grupo atingiu o modelo capitalista de consumo e foram aceitos pela sociedade. O que o governo federal pretende é não apenas integrar, mas qualificar a grande população negra do Brasil. Neste ponto o governo merece elogios. O governo apenas erra ao não definir uma data para o fim desse sistema de cotas o que daí deixará a população branca com menos chance de ingressar nas universidades...ou seja a discriminição será "branca".

Nenhum comentário: