.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Esclarecimento

A Direção da E.E.B. Arnaldo Moreira Douat vem por meio deste esclarecer aos alunos, pais, imprensa e a quem tiver interesse que:

Em nenhum momento obteve da GERED ou qualquer outra repartição do Governo, a autonomia para abrir o ginásio de esportes. Como esta é uma obra sob o controle da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joinville(SDR) a Direção Escolar sempre solicitou a Gered – que é parte integrante da SDR - que encaminhasse os ofícios desta unidade escolar solicitando informações sobre a abertura do ginásio a SDR.

Após a manifestação dos alunos no dia 04 de abril, a Sra. HELIETE STEINGRABER SILVA, atual Gerente de Educação, declarou no Jornal - Notícias Do Dia- de 05 de abril: “Se o diretor não foi pegar (a chave), isso é um problema de gestão da escola”, afirmou a gerente”.

Soa estranho que um procedimento com fases expressas na Lei, pudesse ser atropelado por ato tão simples como a mera abertura do ginásio, sem as formalidades legais e a conclusão das obras.

A reivindicação pela abertura do ginásio é feita desde 2011. Há várias solicitações da escola, tanto para a Gered como para a SDR, desde o ano passado.

Atendendo a justa reivindicação dos alunos e dos professores, a Direção também se manifesta, como sempre se manifestou, favorável à imediata conclusão das obras e entrega para o funcionamento deste Ginásio de Esportes.

Todavia, entende que há a necessidade de conclusão para o pleno funcionamento, até mesmo pela necessidade de SEGURANÇA dos usuários. Por exemplo, não estão prontos para uso, por falta de energia elétrica, os banheiros e a iluminação.

Tais itens necessitam para a implementação, de manifestação expressa da SDR junto à CELESC, para efetivar o fornecimento, além da obtenção do alvará de funcionamento exarado pela Prefeitura, inexistente, o laudo de vistoria das obras para verificação da adequação com o Memorial Descritivo, a manifestação da vigilância Sanitária, a retirada dos entulhos, pela Empreiteira responsável, enfim, várias atividades cuja responsabilidade é de terceiros e não da Gestão da Escola.

Tendo em vista a garantia de Direitos e responsabilidades e a prevenção e o conhecimento público, especialmente o dos alunos da Escola, foi autorizado o acesso ao setor do Ginásio para a constatação do estado em que se encontram os trabalhos. Não sendo liberado para uso.

9. A ausência de implemento da conclusão da obra, das atividades dos terceiros e da liberação para o uso pleno do Ginásio, chocam toda a Comunidade, pelo excesso de tempo decorrido e o abandono das atividades necessárias à conclusão da obra. Situação que foge ao controle e às atribuições da Direção Escolar, como é do conhecimento público.

10. Não há como responsabilizar a Gestão da Escola pela descontinuidade da execução da obra e pela ausência de atividades dos terceiros legalmente obrigados. Soa estranha e maledicente a atribuição de culpa pela inoperância alheia. O que a Direção da Escola poderia fazer, dentro da Lei, foi feito e refeito.

Por todo o exposto, agradecendo a oportunidade de esclarecer os fatos, reiteramos nossa disposição de atuar sempre em defesa dos melhores interesses da Educação. Sem mentiras e nem falcatruas, de qualquer espécie. Como sempre trabalhamos.

Joinville, 09 de abril de 2012

Juliano Carvalho Bueno

Diretor da Escola

Nenhum comentário: