.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com

sábado, 29 de outubro de 2011

Grafiteiros x pichadores(ou desocupados???)

Em relação a nota "movimento ND de 27/10" coluna do Haroldo Marinho, sugiro que a PMJ adote medida semelhante a que a Prefeitura de Balneário Camboriú adotou.

Os muros da pista de skate daqui, são todos cobertos por grafites e desenhos diversos.

Além de dar um ar mais alegre ao local, inibe as pichações.

As "tribos" de pichadores e grafiteiros são diferentes, mas se respeitam. Fica a sugestão.

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

Uma camaçada de pau bem dada

O povo de Joinville reclama há vários anos que não tem um parque público na cidade.Agora que vai ser inaugurado,um bando de desocupados,que não tem nada na vida,que não merecem viver na civilização,que não merecem viver em Joinville se acham no direito de destruir o patrimônio público.Cambada de vagabundos.Depois a Polícia dá uma camaçada de pau e ainda vão dizer que são de menores.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Carmen comenta da Espanha

Sí lo hay, mejor dicho, los hay, pero para pagar el silencio de quienes los inventan y construyen porque interesa más el negocio del petróleo...

Biquiños.

Carmen

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Investimento em pesquisa

Não há um único tostão para pesquisa de carro movido a energia solar.

Milton Wendel

sábado, 22 de outubro de 2011

ETANOL A VERGONHA NACIONAL


Peca o governo federal com a falta de capacidade de lidar com a produção do álcool no Brasil. É uma vergonha, é uma aberração incentivar a compra de automóveis flex e depois não dar conta de manter a produção do combustível. Nota ZERO,um ZERÃO bem GRANDÃO para o governo federal que caiu na garras dos usineiros e que não tem uma política séria para a produção do álcool.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Nova música


Novo fundo musical para ouvir ao ler o FEUDALISMOATUAL.BLOGSPOT.COM

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Aliás...

...Os humilhados serão exaltados.

Joinville amanheceu diferente

As conquistas individuais são importantes,mas não superam as coletivas.A grande vitória do Jec sobre o Brasiliense ontem colocando novamente o clube na Série B parou a cidade.Todo povo ficou feliz. O orgulho joinvilense despertou novamente.O Jec passou uma fase amarga em sua história recente.Mas todos os grandes clubes do Brasil viveram uma fase difícil. O Jec superou.Quem sabe agora volte a trilhar pelo caminho das grandes conquistas. Que tal iniciando pela conquista da Série C.

domingo, 16 de outubro de 2011

EDUCAÇÃO X CORRUPÇÃO


O movimento Basta Corrupção de Joinville tem a preocupação de educar sobre corrupção, enfocando a educação básica.Estudantes de nível fundamental participaram da marcha do último dia 9 de outubro.

Colaboração: Milton Wendel

sábado, 15 de outubro de 2011

Pensamento


Quando foi a última vez que você falou para alguém: Você é muito importante para mim ???

15 de outubro (um pequeno texto)

Na atualidade a profissão mais importante,mais estratégica para o desenvolvimento e a qualidade de vida da sociedade é a de professor. Com a participação mais intensa da mulher no mercado de trabalho, a família foi desestruturada e a criança ficou sem o afeto,sem o carinho materno.A mãe era a ponte entre o filho e o marido.Não estou pregando que a mulher volte a cuidar dos afazeres domésticos, isso agora é impossível . Mas é inegável que a cada dia as escolas recebem mais e mais alunos com problemas emocionais. E é com esse estudante que o professor desenvolve seu trabalho todos os dias em sala de aula.(texto em construção)

A CRÍTICA E O POVO APROVAM

Nem sempre o que o povo gosta tem a aprovação da crítica e vice-versa. Em relação a britânica Adele, tanto povo como a crítica aprovaram seu estilo musical. Com tanta porcaria sendo lançada aqui no Brasil e no exterior, Adeli é o grande nome da música internacional em 2011.

ESTADOS UNIDOS E CORRUPÇÃO


Mas há um outro aspecto em que os americanos são, também, muito superiores a nós: eles não são tão corruptos. E há ainda mais um aspecto: eles apesar da crise estão se mantendo na vanguarda da inovação tecnológica.

Milton Wendel

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Pobreza americana é mais rica do que a brasileira

Maioria das famílias consideradas pobres nos EUA tem ar-condicionado em casa, micro-ondas e pelo menos um carro


Quando se pensa nos EUA, a imagem que vem à cabeça é normalmente de riqueza. Prédios altos, muitas lojas e cenários de filmes. Trata-se, afinal, da maior economia do planeta. Mas a verdade é que o povo americano nunca foi tão pobre. Pelo menos não oficialmente, desde que o país passou a realizar o Censo, 52 anos atrás.

Cerca de 2,6 milhões nos EUA passaram da classe média para baixo da linha de pobreza só em 2010. E o Censo mostra que o ano passado foi o terceiro, consecutivo, em que a taxa de pobreza aumentou (passou de 14,3% da população para 15,1%). Mais de 46,2 milhões são considerados pobres no país com o mais alto PIB do mundo. Cerca de 15,4 milhões vivem em extrema pobreza. Tudo isso é resultado da recessão que atingiu o país dois anos atrás e que deixou como legado uma alta taxa de desemprego, acima de 9%, entre outros fatores.

A pobreza americana, porém, é muito diferente da latino-americana. Uma pesquisa da Fundação Heritage, utilizando os dados levantados pelo próprio Censo, aponta que, entre as famílias consideradas pobres nos EUA:

- 80% têm ar-condicionado em casa;

- 92% têm forno de micro-ondas;

- quase 75% têm pelo menos um carro;

- mais de 60% têm TV a cabo;

- mais da metade tem computador, e 43% têm acesso à internet;

- 83% das famílias afirmam ter alimentos suficientes;

- 42% delas são proprietárias das residências onde moram.

“Não estamos dizendo que nos EUA não existe pobreza, mas claramente trata-se de uma pobreza muito diferente dos países de terceiro mundo”, disse ao iG Rachel Sheffield, uma das autoras da pesquisa da Fundação Heritage. “Essas pessoas passam necessidades, têm dificuldades para chegar até o fim do mês com algum dinheiro, mas não são miseráveis”, afirmou.

*Retirado do Portal Ig (12/10/2011)

Um pouco de história


Durante a Idade Média (séculos V ao XV) a Europa foi palco da construção de milhares de castelos. Nesta época da história, as guerras eram muito comuns. Logo, os senhores feudais, reis e outros nobres preocupavam-se com a proteção de sua residência, bens e familiares.

Durante os primeiros séculos da Idade Média (até o século XI, aproximadamente), os castelos eram erguidos de madeira retirada das florestas da região. Seu interior era rústico e não possuía luxo e conforto.

A partir do século XI, a arquitetura de construção de castelos mudou completamente. Eles passaram a ser construído de blocos de pedra. Tornaram-se, portanto, muito mais resistentes. Estes castelos medievais eram erguidos em regiões altas, pois assim ficava mais fácil visualizar a chegada dos inimigos. Um castelo demorava, em média, de dois a sete anos para ser construído.

Em volta do castelo medieval, geralmente, era aberto um fosso preenchido com água. Esta estratégia era importante para dificultar a penetração dos inimigos durante uma batalha. Os castelos eram cercados por muralhas e possuíam torres, onde ficavam posicionados arqueiros e outros tipos de guerreiros. O calabouço era outra área importante, pois nele os reis e senhores feudais mantinham presos os bandidos, marginais ou inimigos capturados.

Como o castelo medieval era construído com a intenção principal de proteção durante uma guerra, outros elementos eram pensados e elaborados para estes momentos. Muitos possuíam passagens subterrâneas para que, num momento de invasão, seus moradores pudessem fugir.

O castelo era o refúgio dos habitantes do feudo, inclusive os camponeses (servos). No momento da invasão inimiga, todos corriam para buscar abrigo dentro das muralhas do castelo. A ponte levadiça, feita de madeira maciça e ferro, era o único acesso ao castelo e, após todos entrarem, era erguida para impedir a penetração inimiga.

Por dentro, o castelo medieval era frio e rústico, ao contrário do luxo mostrado em muitos filmes sobre a Idade Média. Os cômodos eram enormes e em grande quantidade. O esgoto produzido no castelo era, geralmente, jogado no fosso.

Grande parte destes castelos medievais ainda existem na Europa, porém foram transformados em hotéis, museus ou pontos turísticos. Em cidades do interior da França, Itália, Alemanha, Portugal, Espanha e Inglaterra podemos encontrar vários exemplos destes interessantes tipos de construção antiga.

Mais detalhes no sítio WWW.SUAPESQUISA.COM

Burocracia,unha encravada(ou má vontade???)


Essa novela dos 40 milhões do BNDES para Joinville parece que não tem fim. Sempre surge uma nova desculpa. Uma hora a culpa é da Prefeitura, outra hora a culpa é do Governo do Estado, depois é porque que faltou um carimbo,unha encravada,dor de dente,etc...Eita empréstimo demoradinho.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Binário do Guanabara começa a funcionar nesta quarta-feira

A Conurb (Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville), informa que o binário das vias Guanabara com Graciosa e Santo Agostinho com Nacar será liberado na quarta-feira (12/10). A rua Ganabara será mão única entre Nacar e Santo Agostinho. A rua Graciosa terá sentido único entre a rotatória e a rua Nacar. A rua Santo Agostinho terá sentido único em direção ao bairro e a Nacar sentido centro.

As mudanças nas ruas Ursa Maior e Vidal Ramos estão valendo desde a última quinta (06/10). As demais modificações entram em vigor a partir desta quarta-feira devido a instalação de corredor de ônibus na rua Santo Agostinho.

Os agentes da Conurb estão no local para garantir a segurança e informar a população. Segundo o gerente de trânsito, Marcelo Adriano Zgoda, os agentes irão permanecer no local nos próximos dias para monitorar as mudanças.
Marcello Dalla Vechia
Educação para o Trânsito
Conurb

sábado, 8 de outubro de 2011

Boa leitura no domingo

A entrevista de Ubiratan Resende ao jornalista Prisco Paraíso é muito interessante para entender como foi o início do governo de Raimundo Colombo. A entrevista está em A Notícia deste domingão (09/10/2011).

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Complicado

Conversando com uma senhora hoje na padaria ela me disse que acorda às 5:30 para chegar no trabalho às 7:30...É mole!!!

Detalhe: Não existe congestionamento até às 7:00.

No caso o problema se resume ao horários dos ônibus.Pouco horário.

domingo, 2 de outubro de 2011

Expectativa tucana

Tudo gira em torno do PSDB que terá candidatura própria e tem estrutura.

Esquerda sem candidato

Carlito hoje seria um candidato de centro dialogando com quase todas instituições políticas da cidade,mas, distanciando-se das bases, que era o mote do PT (claro que isso acontecia lá na época do tempo do êpa!!!)

Interessante

A rejeição ao nome de Carlito é da própria esquerda que não o considera mais um candidato jacobino.

Situação delicada


Em relação ao prefeito atual a rejeição é grande.

Eleições 2012



Situação confortável em relação a Darci de Matos, Kennedy Nunes(os dois do PSD) e Udo Döhler (PMDB).

sábado, 1 de outubro de 2011

E agora como é que fica ???

Quando a FUNDEMA cortou as árvores da rua XV de Novembro, no centro de Joinville, árvores frondosas, que tinham ninhos de bem-te-vis e sabiás pois era primavera, só alguns lunáticos protestaram - e foram chamados de ecochatos. Agora que o dinheiro da propina não foi bem dividido, a imprensa está gritando...

Milton