.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A ROUPA FAZ A DIFERENÇA???


Sem maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:
- Vocês sabem onde está o médico do hospital?

Com tranqüilidade o médico respondeu:
- Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?

Ríspida, retorquiu:
- Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?

Mantendo-se calmo, contestou:
- Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?!?!

- Como?!?! O senhor?!?! Com essa roupa?!?!...
- Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta....

- Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que... Vestido assim, o senhor nem parece um médico...
- Veja bem as coisas como são...- disse o médico -... as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito...

Moral da História:
UM DOS MAIS BELOS TRAJES DA ALMA É A EDUCAÇÃO.
Sabemos que a roupa faz a diferença mas o que não podemos negar é que Falta de Educação, Arrogância, Falta de Humildade, Pessoas que se julgam donas do mundo e da verdade, Grosseria e outras "qualidades" derrubam qualquer vestimenta.
BASTAM ÀS VEZES APENAS 5 MINUTOS DE CONVERSA PARA QUE O OURO DA VESTIMENTA SE TRANSFORME EM BARRO.

Colaboração:Osni Jones

Sinal dos tempos,por Paulo Curvello

A imprensa noticiou, acidente sofrido por um adolescente em Jaraguá do Sul.

O inusitado da nota são os detalhes:

- primeiro, em chamar uma criança de 12 anos, de adolescente;

- esse “adolescente” estar bêbado;

- beber acompanhando de uma tia adulta;

- dar uma motocicleta a uma criança;

- tudo isso a noite;

É ou não é o sinal dos tempos?

Paulo Curvello

Balneário Camboriú

curvell@terra.com.br

domingo, 28 de agosto de 2011

Tem que fazer os dois


Não existe e não pode existir este dilema entre investir e manter. Tem que fazer os dois.

Priorizar adequadamente os investimentos e projetar e executar de forma que a manutenção tenha custos menores.

O problema é o custeio que não permite dispor de recursos para fazer nem uma coisa nem a outra.

Jordi Castan

Manutenção ou novos investimentos,eis a questão

O que o gestor público deve priorizar: manutenção dos equipamentos já existentes ou investir em novas obras??? Acredito que não se deva dar o passo maior que a perna.Joinville vive esse dilema.Não vamos ser mentirosos de dizer que nada esteja sendo feito na cidade.Mas é pouco para o ritmo de crescimento e de investimentos que Joinville está recebendo.Isso já foi divulgado e toda Santa Catarina sabe disso.A locomotiva catarinense,a cidade mais rica,não é Florianópolis,é Joinville e ponto final.Mas os políticos de fora não querem admitir(será que é por birra???) e os daqui que tiveram oportunidade de reverter esta situação não aproveitaram quando estiveram lá em "território inimigo".

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Outra bela imagem de Joinville


Clique na imagem para ampliá-la

Colaboração: Osni Jones

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Foto rara


É do acidente da Lady Di

domingo, 21 de agosto de 2011

Não é por acaso que eles já dominaram o mundo

Pare um instante e perceba os detalhes e a beleza das imagens que seguem abaixo.Clique no link...É Portugal!!!

Onde_Habita_o_Prazer__Lf.pps
5437K Exibir como HTML Baixar

Colaboração:Suzete Boschi,de Curitiba

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Pensamento

"O caráter de um homem é formado pelas pessoas que escolheu para conviver."
Sigmund Freud

Fonte:Centro de Estudos Políticos Econômicos e Culturais

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

NOTA 10 PRA CONURB


Ficou muito boa a mudança ali no centro.Passei na rua Duque de Caxias em direção a rua XV de Novembro e acabou o congestionamento.Méritos para a Dona Conurb.

Integração,só com região metropolitana

Além de não apresentar boas alternativas de transporte local, Joinville também não tem projetos de integração com as cidades vizinhas.

Milton Wendel

Caro Milton Wendel,integração,só através da região metropolitana.

Juliano Carvalho Bueno


Pequeno comentário de Milton Wendel sobre a Federal de Blumenau

Enquanto isso, Joinville está procurando barro para entulhar o brejo onde enfiaram o "campus Norte" da UFSC.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

BLUMENAU CONQUISTA SUA FEDERAL

A união de uma comunidade faz a diferença.Mais uma vez Blumenau mobilizada consegue de fato sua Universidade Federal.

Leia a matéria abaixo:

Nesta terça-feira, às 11h, a presidente Dilma Rousseff (PT) fará um anúncio que Blumenau aguarda há anos. A cidade terá uma universidade federal.

A iniciativa faz parte de um plano de expansão do Ensino Superior no país.A informação foi confirmada semana passada por uma fonte de dentro do Ministério da Educação (MEC). Entretanto, ainda não se sabe o formato da universidade. Especula-se que Blumenau receba um campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Essa informação deve ser confirmada na cerimônia desta terça-feira.

Agora continua o trabalho do Comitê Pró-federalização. A intenção do Comitê é que a Furb seja incorporada no projeto da universidade federal em Blumenau, independente do molde do projeto.

Um comitê blumenauense acompanhará a solenidade desta terça-feira. Blumenau espera a federalização da universidade há pelo menos seis anos, quando começou a tramitar um projeto de lei foi encaminhado ao Senado.

Movimento virtual

Além de trabalhar junto aos representantes blumenauenses do Legislativo e estreitando laços com o Executivo federal, o Comitê Pró-federalização também busca apoio da comunidade.

A principal ferramenta usada é um grupo no Facebook chamado Sou Pela Furb Federal. Foi por meio do grupo, que até as 20h desta segunda-feira tinha 27 adesões, que foi agendada a passeata que reuniu cerca de 3 mil estudantes na sexta-feira passada.


O Comitê também pede para que alunos e professores usem a hashtag #FURBFederal

Está agendada para as 18h30min desta terça-feira, em frente à biblioteca central da Furb, no Campus 1, uma avaliação pública sobre o anúncio da presidente Dilma.
no microblog Twitter. A intenção é que o assunto se torne um dos mais comentados na rede.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Fonte:www.an.com.br(15/08/2011)

domingo, 14 de agosto de 2011

VLT, um bonde de luxo,por Darci de Matos*


Engarrafamentos de trânsito nas principais cidades do mundo são a maior evidência da falência do transporte individual como eficiente meio de deslocamento urbano. A saída mais viável seria a melhoria do transporte coletivo para que cada vez mais motoristas deixem seus veículos em casa ou em estações distantes do centro quando forem ao trabalho. Em Joinville este problema já é sentido com mais intensidade nos horários de pico e entendemos que a solução mais prática para solucioná-lo seria a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), também conhecido como metrô de superfície. Este “bonde de luxo” já é usado em várias cidades européias, de médio e grande porte, tais como Nice, Düsseldorf, Madri e Paris e tem a vantagem de não ficar segregado do trânsito de automóveis.

Como na cidade há um grande fluxo de passageiros entre as zonas Sul (moradias) e Norte (indústrias), o ideal seria que o primeiro trecho do VLT fosse implantado neste trajeto. O trecho poderia sair do campus da Univille pela rodovia Edgar Meister até a rua Otto Pfuetzenreuter, passando pelas fábricas Embraco e Busscar. Em seguida entraria à esquerda pela rua Almirante Jaceguay até a avenida Beira-rio, seguindo pela avenida Procópio Gomes. As linhas do VLT utilizariam o trecho da ferrovia, que deve ser desativado para o transporte de cargas, até o terminal urbano do Itaum e em seguida sairia na direção sul até encontrar a avenida Paulo Schroeder. Futuramente o ramal poderia ser ampliado até o campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a ser construído às margens da BR-101.
Paralelamente a esta alternativa deveríamos incentivar o uso da bicicleta com a construção de novas ciclovias e ciclofaixas. Tal medida seguiria o modelo adotado por Paris, onde é muito usada. Além do mais, seriam necessárias novas avenidas para desafogar o trânsito. Entre elas a duplicação das ruas Ottokar Doerffel e Ministro Calógeras, abrindo espaço para a melhor circulação entre o centro e a BR-101.
São idéias iniciais que deverão ser discutidas junto com um plano de desenvolvimento urbano que visam encontrar uma maneira de integrar os vários tipos de modais de transporte urbano. Só assim evitaremos que o trânsito adquira transtornos tenebrosos como está acontecendo com São Paulo.

*Darci de Matos é deputado estadual


Tudo na mesma


Acidente na Santos Dumont ninguém mais dá bola.Ontem a noite,um pequeno carro entrou na contra-mão e cortou a frente de outro que saía do shopping.

A rotatória de acesso as universidades continua na mesma.O motorista que segue pela rodovia Edgar Meister e precisa ir ao centro ou ao aeroporto não tem orientação nenhuma.Sem esquecer a precária iluminação pública do local.


sábado, 13 de agosto de 2011

FELIZ DIAS DOS PAIS DO SECRETÁRIO MARCO TEBALDI(clique na imagem)



Carmen comenta o texto de Milton Wendel

Siempre ese tipo de decisiones se toma en beneficio de unos cuantos, y habitualmente en el de aquellos que más tienen y en contra de los más desfavorecidos.

Joinville no es muy diferente a cualquier otro lugar en el mundo...

¡Biquiños!

Carmen,Galícia-Espanha

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Lembranças,por Milton Wendel*


Lá pelos anos 90 eu presenciei um debate na Câmara de Vereadores de Joinville. O ex-prefeito Nilson Bender defendia a desproibição da construção de prédios residenciais na região do início da rua Jaraguá. Ao usar a palavra, Bender argumentou que precisamos fazer uma cidade que seja boa para TODOS os habitantes, e não só para alguns privilegiados. A platéia, constituída majoritariamente por moradores do bairro América, vaiou estrondosamente o ex-prefeito.

Nunca esqueci isso. Foi uma das maiores barbaridades que já vi na vida e um dos fatos mais deploráveis da história de Joinville.

Desde então tenho comigo que todos os planejamentos urbanos visam sempre beneficiar interesses localizados.

*Milton Wendel é um joinvilense


terça-feira, 9 de agosto de 2011

Lógica da desordem,por Arno Kumlehn*


A expressão “lógica da desordem” foi cunhada Lúcio Kowarick em “São Paulo 1975: Crescimento e Pobreza”, para definir a urbanização no Brasil, a maior do mundo na segunda metade do século 20. O modelo desta lógica esta no crescimento urbano do país desde 1950, pela prioridade das obras viárias e o incentivo fiscal para o transporte individual; verticalização lote a lote nos bairros dotados de infra-estrutura de serviços públicos e privados; implantação periférica e precária de habitação popular; expansão horizontal não planejada da área urbana; destruição do meio ambiente natural; aumento na geração de resíduos e poluição pelo consumo humano; manutenção de terrenos ociosos e reprodução da desigualdade sócio territorial.


*Arno Kumlehn é arquiteto em Joinville


Fonte: http://comentariosdejoinville.blogspot.com

Na Rodovia do Arroz


Se ali onde ocorreu o acidente com o trem na Rodovia do Arroz tivesse um viaduto,a rodovia e a ferrovia estariam liberadas.Tudo obra meia-boca.

domingo, 7 de agosto de 2011

DOIS MOMENTOS DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA



O passado e o presente de um dos mais importantes símbolos de Joinville.

sábado, 6 de agosto de 2011

Onde será a nova capital???

Pelo que pude observar a melhor localização para a nova capital seria Frei Rogério ou Videira bem no coração de Santa Catarina.

Vou tirar a capital de Florianópolis

Quando for governador de Santa Catarina vou sim tirar a capital de Florianópolis.É muito mais barato criar uma nova sede administrativa para Santa Catarina do que restaurar ponte podre ou construir novas.Chega do povo catarinense pagar pelas obras da capital.

O MELHOR HORÁRIO PARA DORMIR


NÃO DEIXE DE LER. É IMPORTANTE E INTERESSANTE.
Das 21- 23:00: É o horário em que o corpo realiza atividades de eliminação, químicos desnecessários e tóxicos (desintoxicação) mediante o sistema linfático do nosso corpo. Neste horário do dia devemos estar num estado de relaxamento, escutando música, por exemplo.
Das 23 - 01:00: o corpo realiza o processo de desintoxicação da vesícula biliar, e idealmente deve ser processado num estado de sono profundo.
Durante as primeiras horas da manhã 01:00- 03:00: processo de desintoxicação do fígado, idealmente deve suceder também num estado de sono profundo.
De madrugada 03:00- 05:00: desintoxicação dos pulmões. É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse. Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório é melhor não tomar medicamentos para a tosse já que interferem no processo de eliminação de toxinas.
Manhã 05:00- 07:00: desintoxicação do cólon. É o horário de ir à casa-de-banho para esvaziar o intestino.
Durante a Manhã de 07:00- 09:00: absorção de nutrientes no intestino delgado. É o horário perfeito para tomar o Café da manhã. Se estiver doente o Café da manhã deve ser tomado mais cedo: antes das 6:30 . O Café da manhã antes das 7:30 é benéfico para aqueles que querem manter-se em forma. Os que não têm por hábito tomar o Café da manhã devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as 10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer.
Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao teu organismo. Além disso deves ter em conta que das 00:00 às 4:00 é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procura dormir bem e não te deites tarde.

Colaboração:Suzete Boschi,de Curitiba

Só agora prefeito???


Agora que o prefeito Carlito Merss percebeu que Joinville precisa de alternativas viáveis,concretas para seu complicado trânsito. Carlito viajou à França para conhecer o VLP.

Dez mil séculos além


Nos últimos sessenta anos a humanidade angariou mais conhecimentos sobre o Universo do que ao longo de toda a história da civilização. Não é exagero dizer que vivemos um período de "conscientização cósmica", calçada em observação real e fundamentada em princípios científicos.

Algumas descobertas singelas nos tiraram das trevas e nos introduziram numa era de razoável consciência. Não é que já saibamos muito, mas já sabemos algumas coisas. A Terra é azul, estamos em um dos braços de uma galáxia espiral e há um asteróide em rota de colisão com nosso belo planeta. A possibilidade de existirem planetas orbitando outras estrelas era apenas isto, uma possibilidade, até o início dos anos de 1990 - hoje os astrônomos descobrem exoplanetas quase diariamente. A humanidade havia registrado uns 450 cometas, ao longo dos tempos, até que o telescópio foi inventado, em 1600. Este número dobrou por volta de 1960 e hoje há milhares de cometas fotografados, medidos, rastreados.

Somos estreantes numa nova era, a era de um Universo razoavelmente conhecido e em processo de desmistificação. O ritmo frenético com que as descobertas astronômicas vão ocorrendo nos mostra um fato intrigante: no Universo, nunca descobrimos uma singularidade, algo que ocorra isoladamente; tudo que o homem já descobriu no cosmos, logo em seguida repetiu-se dezenas, centenas, milhões de vezes. Seguindo esta aparente regra, é razoável prever que a vida, uma ocorrência cósmica evidente, também se repita milhões de vezes ao longo do Universo - ao longo do espaço e também do tempo.

Se há civilizações que se encontram no mesmo estágio evolutivo que nós, então será bem difícil, para elas, nos localizarem pois os recursos delas serão tão precários quanto os nossos. Mas a vida é algo que evolui rapidamente e, sendo assim, deve haver civilizações mais adiantadas. Talvez milhões de anos mais adiantadas do que nós. Sob esta perspectiva, é possível que o telescópio e a sonda espacial sejam ferramentas inúteis, para encontrar os sinais de vida extraterrestre. Será que alguém tem uma idéia melhor?

Milton Wendel




quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Aula com Jordi Castan

Estive quarta-feira a noite na CDL com o meu amigo o professor Saint Clair.Fomos assistir(ter uma aula) com o paisagista Jordi Castan.Quem não pode ir perdeu uma grande palestra sobre Joinville,verde e qualidade de vida.Teve até VLT.O evento foi promovido pela CDL Jovem e conduzido pelo advogado Rodrigo Coelho.

Situação chata

A Joinville que proporcionou o maior festival de dança do mundo há poucos dias tem a sua tradicional Casa da Cultura interditada pela Vigilância Sanitária.

Enquanto isso ali no Paraná


Juliano!!!

Estava ouvindo a Band News FM 96,3 de Curitiba e me chamou a atenção a revolta da jornalista porque uma verba destinada a Capital paranaense para melhorias em uma das principais ruas, foi repassada para as cidades de Pato Branco, São José dos Pinhais e outra que não me recordo agora. Ela perguntava quando o governo voltaria a destinar recursos para Curitiba. Fico imaginando se aqui em Santa Catarina acontecesse a mesma coisa, o governo investindo no interior e não somente na capital. Cidades como Londrina, Maringá, Cascavél entre outras recebem do governo paranaense o valor e reconhecimento que merecem por serem geradoras de impostos, empregos e riquezas para o estado. Se Joinville pertencesse ao Paraná será que iria receber mais atenção por parte do governo? Já pensou o JEC e o Caxias disputando o campeonato paranaense?rsss. Olha a fronteira é logo ali, e aqui em Joinville existem muitos paranaenses, o que hoje pode ser totalmente loucura amanhã pode ser que não, depende da turma que fica lá em Florianópolis.
Saudações

Ps. Não estou louco

Zé Otávio

DOAR SANGUE

Olá pessoal !!!

No ano de 2010 quando estava fazendo tratamento contra o câncer, precisei receber sangue três vezes, num período menor que 90 dias.
Lembro de como chegava fraca ao hospital e aguardava com ansiedade o produto tão precioso
Numa noite enquanto as hemácias gotejavam para minhas veias, fiquei pensando em quem seria a pessoa que teria doado aquele sangue. Então fiz uma oração abençoando a vida daquele anônimo (a) e entendi a importância daquela doação.
Senti na pele a necessidade de chegar a um hospital e poder contar com sangue a minha disposição, por isso hoje quero fazer um apelo a todos vocês:
DOEM SANGUE
É muito importante manter o estoque nos bancos de sangue.
Quando doamos sangue voluntariamente, estamos doando um pouco de nós para pessoas desconhecidas, então acredito que essa é uma das mais nobres ações do ser humano.
Faça isso e motive seus familiares a fazerem também., afinal não sabemos se iremos um dia precisar também.Pense nisso.

Suzete Boschi,de Curitiba


Mensagem do vereador Maurício Peixer(clique sobre a imagem)

Clique sobre a imagem para visualizar melhor

terça-feira, 2 de agosto de 2011

O assunto é: Elevados


Em relação a construção de elevados em Joinville a única verdade é: O elevado índice de mentiras de políticos que tiveram(e tem) a oportunidade de ajudar a cidade a conquistar obras importantes e não fizeram(não fazem) absolutamente nada para que isso se concretize.