.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com

domingo, 31 de outubro de 2010

Jordi Castan esclarece

Parceiro,

O sempre antenado Paulo Curvello, acabou fazendo uma leitura muito dura de uma parte de um texto do meu blog, que você postou. A minha critica é sobre o programa de acessibilidade que parece mais uma armadilha para os portadores de deficiências que um programa de acessibilidade para todos. O texto original na integra e com imagens esta em http://tinyurl.com/2bedtez

Jordi Castan

Dilma Rousseff é a primeira mulher eleita presidente do Brasil


Em uma eleição disputadíssima a candidata da situação supera o ex-governador de São Paulo José Serra.

Paulo Curvello comenta o texto de Jordi Castan

Caro Juliano

Segundo nota do espanhol Jordi Castan , a péssima administração petista, se compara a um roteiro elaborado pelos trapalhões.

Concordo plenamente com ele , só não precisava comparar “Carlitos” com os trapalhões – aí é demais.!!!!

Os trapalhões só faziam graça e eram bons nisso, já o “Carlitos” , além de sem graça , tem uma administração triste de se ver.

Forte abraço

Paulo Curvello

curvell@terra.com.br

Pequeno comentário sobre a matéria anterior

Infelizmente isso aconteceu,é um fato grave que coloca em suspeita a credibilidade da urna eletrônica.Lembro que na última eleição aqui em Joinville,o candidato a vereador Toninho Lennert(PSDB) tinha certeza de sua eleição,o que não aconteceu.

Huuummm!!! Isso não pode acontecer

Homem leva susto em Joinville ao saber que outra pessoa votou em seu lugar


De acordo com o juiz eleitoral Sérgio Junkes, pode ter acontecido algum equívoco na hora do lançamento no sistema


O eleitor Nilson José Constâncio assustou-se, neste domingo pela manhã, quando foi impossibilitado de votar. Na hora em que se dirigiu à urna eletrônica de sua seção, no bairro Floresta, os mesários afirmaram que seu voto já tinha sido registrado.

Depois do ocorrido, Constâncio pediu explicações sobre o fato, mas soube que não poderia votar e o caso seria registrado na ata da seção e posteriormente analisado pela justiça eleitoral.

— Meu direito de cidadão é votar. Do mesmo jeito que aconteceu aqui, imagine quantos outros erros devem haver em todo o país — lamenta.

De acordo com o juiz eleitoral Sérgio Junkes, pode ter acontecido algum equívoco na hora do lançamento no sistema, mas o caso só poderá ser investigado depois que as atas das seções forem entregues à justiça eleitoral.

— Iremos investigar e, dependendo do caso, é passível de punição. Mas, perante a justiça, o eleitor não terá problemas — explica.

AN.COM.BR(31/10/2010)

O trem já passou por aqui


Tem gente em Joinville defendendo que o VLT passe próximo ao rio Cachoeira.Na foto estão os trilhos próximo ao Mercado Municipal que são a comprovação histórica que por ali o trem já passou.

Foto:Cláudio Fofão

sábado, 30 de outubro de 2010

Os trapalhões,por Jordi Castan


O programa e as propostas para fazer de Joinville uma cidade acessível, são dignas de encômio. A forma como as ações são executadas, estão mais próximas de uma opera bufa, ou parecem resultado de um roteiro elaborado por Dedé, Didi, Mussum e Zacarias na sua época de máximo esplendor. Duvida? Então nada melhor que dar uma caminhada pelo centro de Joinville.


Para pensar


Ter a maioria ao seu lado não significa que você esteja com a razão.

Daí tu tiras...


...O "Ameriquinha" de Manaus, contratou o advogado do Vasco da Gama para defendê-lo.Advogados de clubes cariocas praticamente estão todos os dias na CBF...Ou seja,eles chamam até pelo nome a mulher do cafezinho...Daí tu tiras!!!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Trololó

Chega de trololó.O Jec foi incompetente e pronto.

Jequeano tem sentimento

Esse negócio do Jec ir para a Série C é mais uma balela.Inventaram mais uma história para anestesiar o ânimo da sofrida torcida jequeana.Pior de tudo é a imprensa esportiva de Joinville acreditar nisso tudo.

Falta muita segurança

Escrevi várias vezes aqui no Feudalismo Atual que a avenida Santos Dumont não oferece sequer segurança aos carros,imagine aos ciclistas.Fala-se muito em segurança,mas a ação de fato não acontece.

Ciclista morre após ser atropelado na avenida Santos Dumont, em Joinville

Um senhor de 61 anos morreu instantes depois de ser atropelado por um carro quando seguia de bicicleta pela avenida Santos Dumont, na tarde desta sexta-feira, na zona Norte de Joinville.

Paulo Tartas foi socorrido no local com suspeita de fraturas múltiplas e levado em estado crítico para o Hospital Municipal São José. Segundo informações do hospital, Paulo morreu logo após dar entrada na emergência.

O motorista do Vectra, de 19 anos, diz que o ciclista atravessou a frente do carro e não conseguiu desviar.

Fonte:Jornal A Notícia(29/10/2010)

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Bem medieval




Algumas fotos do Mosteiro da Ressurreição que fica em Ponta Grossa,um lugar com características medievais.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Que alegria!!!

Joinville ganhou mais uma zona eleitoral.Nossa!!!Isso quer dizer que os problemas da cidade estão resolvidos??? Eita!!! A grandeza de Joinville até o momento não garantiu mais qualidade de vida para sua população.

Tropa de Elite 2,por Paulo Curvello


O promotor Affonso Ghizzo Neto, em seu artigo publicado no "AN de 27/10" relata com muita propriedade as circunstâncias do filme Tropa de Elite 2.
Quem assim como eu nasceu e viveu no Rio de Janeiro, sabe que a única diferença entre o filme e a realidade, são os atores.
No mais , trata-se de um documentário. A mais de 20 anos, meu pai ,oficial da marinha de guerra, já vislumbrava esse quadro trágico da PM do RJ de hoje.
Dizia ele há época, que o caminho para isso , além da corrupção , era a quebra da hierarquia.
Hierarquia e disciplina são os principais pilares dos militares, e já naquele tempo, era notório o aquartelamento de oficiais , escondidos em gabinetes e setores internos, em detrimento da sua atividade fim, que é o serviço ostensivo.
A partir desse fato, se deu início a "entrega" das ruas aos subordinados que deveriam ser guiados por seus oficiais.
Oficiais esses, que passaram a ficar em seus gabinetes esperando seu "quinhão" da corrupção, cometida por seus subordinados nas ruas e favelas da cidade.
Só que a coisa desandou , tendo as ruas na mão, os subordinados além de enriquecerem começaram a afrontar seus superiores, e ao serem demitidos criaram as milícias, que nada mais é que uma máfia formada por ex-policiais.
E daí em diante, até ao documentário "Tropa de Elite".
Não há nada mais perigoso que militares sem comando , sem hierarquia e disciplina.
Paulo Curvello
Balneário Camboriú

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Não botei muita fé

Cá entre nós...Alguém sinceramente acredita que a CBF dará a vaga ao Jec??? Pára né!!!Vão desclassificar o América e ponto final.

Contenta-se com pouco

O Jec não consegue ultrapassar as divisas de Santa Catarina...Enquanto isso,Criciúma,Avaí,Figueirense e até a Chapecoense estão pensando num reconhecimento nacional e internacional.Isso é pensar grande.

Uma pergunta


O Criciúma já caiu,já subiu,já caiu de novo e subiu novamente...Por que será que o Jec não consegue???

domingo, 24 de outubro de 2010

Imprensa erra feio


A diretoria do clube se manifestar em defesa da vaga é um procedimento normal já que não conquistaram na bola o acesso a Série C em 2011...Agora a imprensa divulgar que o Jec já está garantido na Série C é um baita barrigada.

Desespero

Não é mais novidade que a diretoria do Jec pretende conquistar no tapetão o direito de disputar em 2011 a Série C.Achei cedo a imprensa divulgar que a vaga já está garantida para o tricolor o que não é verdade.

Jordi Castan comenta a matéria do Jornal A Notícia*

Parceiro,não se iluda.A Prefeitura só vai escutar a sociedade, depois da lambança feita e pela posição firme da Associação de Moradores, que tem mantido uma pressão na mídia, com cartas nos jornais.

A sociedade você tem que escutar antes. Mas a Prefeitura parece que gosta de fazer primeiro as coisas erradas, para depois de um desgaste desnecessário, recuar.

Jordi Castan

*Matéria sobre o itinerário da linha 7014(Nilo Peçanha)

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

É por aí o caminho...Boa iniciativa da Prefeitura

Seinfra quer decidir itinerário da linha 7014, na rua Nilo Peçanha, em Joinville, com usuários

Prefeitura quer ouvir os moradores que se sentiram prejudicados com a alteração desta linha


A Seinfra pretende rever em conjunto com os usuários o novo itinerário da linha 7014, na rua Nilo Peçanha, no bairro Floresta, em Joinville.

— Queremos conversar com a comunidade e ouvi-los e fazer o que for melhor — afirma o diretor-executivo da Seinfra, Valderi Ferreira.

A Prefeitura de Joinville, por intermédio da Seinfra, quer ouvir os moradores da rua e principalmente os usuários que se sentiram prejudicados com a alteração desta linha para buscar uma solução que seja boa e que beneficie a maioria.

No final da manhã desta sexta-feira, o diretor executivo da Seinfra foi pessoalmente até a rua Nilo Peçanha para conversar com os moradores e usuários da linha 7014. Em concordância com uma das mais antigas moradoras da rua, a aposentada Lacir Fernandes Borba, de 67 anos, o diretor executivo confirmou uma reunião para segunda-feira, 25, às 19h30, na residência da moradora, na rua Nilo Peçanha, 705, no bairro Floresta.

Todos os usuários desta linha e lideranças comunitárias estão convidadas a participarem desta reunião. Técnicos da Seinfra, da Conurb e servidores ligados a policlínica do Floresta e do Centro de Convivência dos Idosos (equipamentos públicos beneficiados com a linha) também participarão desta reunião.

Fonte:Jornal A Notícia(22/10/2010)

Isso já era previsível


Quando a imprensa noticiou a volta de determinado jogador para o Jec,já era previsível o que ocorreria com o clube na hora da decisão.

Da coluna do Juca Miguel

"Pipoqueiro Mor"

Marcelo Silva é uma das últimas “viúvas” de Nereu Martinelli. Dos scouts Vaguinho, Fantick, Fábio Oliveira, sobrou apenas Marcelo Silva, eleito pela torcida como o pipoqueiro mor. Repatriado do Catar com um salário altíssimo, fez dois gols desde que voltou e deu muito “migué”.

Dor de dente?

A desculpa para não ir a Manaus, foi uma dor de dente. Quer enganar, me dá bala (sem açúcar por favor que faz mal para o dente). Não foi porque quase ninguém do grupo fala com ele e os jogadores lá em Manaus disseram que não queriam que ele jogasse o jogo da volta, mas por imposição de Nereu, ele jogou.

Fonte:Juca Miguel,Gazeta de Joinville(20/10/2010)

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A bicicleta como solução para o transporte coletivo


Realmente a bicicleta é a solução para o transporte coletivo...Eita!!!

Acredito em Vilson Florêncio

Está mais do que na hora de Vilson Florêncio ter uma nova chance de administrar o Jec.

Nova diretoria

Se a eleição da nova diretoria fosse agora após esse fiasco,duvido que esses que estão no poder ganhariam a eleição no Jec.

Sempre a mesma ladainha

O diretoria do Jec contrata os mesmos boleiros...acredita ou faz de conta que eles gostam de jogar no clube e no final de todo campeonato vem a mesma desculpa...É sempre a mesma ladainha.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O aviso vem da França



Não vejo ninguém escrevendo ou comentando sobre o que está acontecendo na França.O mundo deve olhar com muito mais atenção o recado do povo francês ao presidente Sarkozy.

Clique sobre a imagem para visualizar melhor

Biblioteca Pública de Joinville

Juliano.

Hoje, dia 20 de outubro, completa um mês do desabamento de um forro de 120 m² do setor de literatura clássica da Biblioteca Municipal Rolf Colin. Colocar cento e vinte metros quadrados de forro é serviço de uma semana, no máximo. A Prefeitura, no entanto, ainda não resolveu o problema e, aparentemente, não pretende resolver. Vejamos o que acontecerá.

Milton Wendel

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Joinville supera os 500 000


Isso todo mundo já sabia.Mas acredito que Joinville tenha aproximadamente 530 000 habitantes.

Reclamação sobre o ônibus da rua Nilo Peçanha

Quero aqui parabenizar a senhora Marcia Silveira Aguiar pela sua capacidade em colocar no papel todo o seu sentimento de indignação quanto ao descaso que os moradores do Floresta estão recebendo por parte da Prefeitura.
Realmente, tudo o que esta senhora colocou nos emails eu corroboro e assino embaixo.
Não sou eu que uso, mas minha esposa e meus filhos utilizam a linha e em momento algum antes da alteração foram avisados sobre a mudança. A Prefeitura poderia inclusive fazer o ônibus voltar a circular na rua Presidente Nilo Peçanha vindo pela rua Colômbia, que é asfaltada pela própria Prefeitura e se tivesse um asfalto incapaz de suportar o peso de um ônibus como disse o funcionário da Seinfra, seria obrigação da própria Prefeitura em fazer um asfalto decente e de acordo com o valor cobrado da população pelo asfalto, porque aqui nada é feito de graça.
O que há é a falta de vontade de Prefeitura em atender a comunidade. Ma s calma, essa eleição já deu uma pequena mostra do que o povo pode fazer.

Cristiano Raitz

Picaretas no futebol,por Milton Wendel

Se um clube de futebol se transforma num simples "stand" de amostra de jogadores cujos passes nada mais são do que especulações de cartolas e "empresários", o clube inevitavelmente vai acabar sendo apenas isso: um "stand" onde picaretas expõem suas picaretagens. O fracasso em campo, nestes casos, é quase certo. Há dezenas de exemplos no futebol brasileiro, nos últimos vinte anos.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Prá acabá!!!


Reconquistar um espaço no cenário nacional está sendo uma tarefa dificílima para o Joinville Esporte Clube...Essa última eliminação do clube novamente perante sua torcida,espantou até rato da Arena...A diretoria errou mais uma vez..Cantaram vitória antes do tempo e subestimaram um adversário desconhecido que mostrou vergonha na cara na hora da decisão.

Uma coisa é certa

Mauro Mariani já conhece muito bem Joinville e com certeza está preparado para ser candidato a prefeito em 2012 pelo PMDB.

Sobre o prefeito Carlito

Mauro Mariani ainda disse que o prefeito Carlito Merss(PT) tem peso político e deveria exigir do governo federal mais obras para Joinville..."Sem o apoio do governo federal uma cidade não pode tocar obras importantes",declarou o deputado federal do PMDB.

Bom programa Contra Ponto

No programa Contra Ponto da TV Brasil Esperança de ontem,os dois entrevistados foram o deputado federal eleito Mauro Mariani(PMDB) e o ex-deputado estadual Francisco de Assis(PT).O programa teve declarações interessantíssimas como por exemplo o por que de Joinville não ter elevados e o por que de Florianópolis ter mais investimentos que Joinville .Detalhe interessante foram os bastidores da construção da rotatória de acesso as universidades.Segundo Francisco de Assis,a Secretaría Regional do Estado fez um estudo para a construção do elevado no lugar de uma simples rotatória.Mauro Mariani disse desconhecer desse assunto e explicou que o governo do estado construiu a rotatória pois foi a prefeitura de Joinville que não quis um elevado no local.Já o apresentador Léo Sabala questionou a falta de investimentos estaduais na cidade.

domingo, 17 de outubro de 2010

Tarefa árdua


Torcer para o Jec não é uma tarefa muito fácil desde 2004.É muita derrota seguida.Pior de tudo que nem raiva a torcida sente mais...estão se acostumando as decepções...2005,2006,2007,2008,2009 e 2010...6 anos já se passaram,parece que foi ontem.

Teimosia

Por que insistem com esse tipo de jogador???

Eu escrevi aqui

O jogador Marcelinho na hora H não corresponde.Mais uma vez o Jec morre na praia.A torcida não merece.

Em defesa do trem...

Luiz Henrique ainda defendeu a utilização do trem de passageiros.

sábado, 16 de outubro de 2010

Tomara que se concretize

As palavras do ex-governador são muito importantes para Joinville.A cidade parou no tempo em relação ao sistema viário.Tomara que as palavras de LHS transformem-se em realidade pois o joinvilense espera há muito tempo por essas obras.

Importante declaração do ex-governador e futuro senador Luiz Henrique da Silveira


Em entrevista ao Jornal A Notícia desse domingo o futuro senador Luiz Henrique da Silveira falou sobre Joinville.A seguir parte da entrevista:

AN – O senhor citou grandes investimentos para SC, mas e o governo do Estado pode fazer o quê, em sua parcela, para Joinville?

LHS –
Visualizo uma parceria forte entre o governo do Estado, o governo federal e o município para a construção de elevados. Nós precisamos de elevados para o entroncamento das universidades.

AN – Mas foi estudado um elevado e o governo preferiu uma rotatória na Univille...

LHS –
Na Univille, a rotatória era a medida possível, segundo a engenharia (foi inaugurada em 2007). Acontece que se construiu um shopping ali e isso agravou demais o trânsito da região. Outro elevado precisa ser feito na estação ferroviária. Saindo o trem de carga pode se estabelecer uma alternativa que acho importante, o trem rápido guiando o eixo Jaraguá do Sul até São Francisco, com transporte de passageiros. Seria rápido porque o trilho está pronto. Mas caso não aconteça, todo aquele leito deverá ser aproveitado para ciclovia. A duplicação da Santos Dumont e da Dona Francisca também precisa ser feita. Outra demanda é a ponte ligando o Boa Vista ao Bucarein (da rua Plácido Olimpo até a Aubé – o dinheiro já foi liberado e a obra deve começar este ano). Outra ponte tem de ser feita ligando o Adhemar Garcia ao Boa Vista. Essa tem que estar na agenda.

AN – Que modelo Joinville deve adotar no transporte coletivo?

LHS –
Joinville precisa pensar no metrô de superfície, utilizando o sentido distrito industrial até a zona sul, atravessando o Centro da cidade. Uma opção, inclusive, que pode ser estudada, é do metrô sobre o rio Cachoeira.

A entrevista na integra está no Jornal A Notícia(17/10/2010)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O lixo gera dinheiro

Sim,todo lixo de Joinville pode gerar dinheiro...Infelizmente não aparece nenhum empresário querendo investir no nosso aterro sanitário.Aterrar lixo não é a atitude mais correta.

Culpa do sistema

O Capitalismo e o Comunismo foram os criadores desse lixo.Muitos países até exportam lixo para outros cantões do mundo.Mas,até quando o planeta poderá aguentar tanta agressão???

O problema do lixo

Está provado que o lixo de todos os dias pode ser reutilizado.Muitas pessoas devido a falta de emprego conseguem se manter coletando e separando o lixo espalhado pela cidade.Aos poucos a separação do lixo vem sendo uma prática comum adotada em várias cidades.Mas enquanto a reciclagem em casa,na escola ou na empresa não for praticada por todos o que o poder público poderia fazer???

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

A MATÉRIA DO JORNAL NOTÍCIAS DO DIA

EM RELAÇÃO À MATÉRIA DO JORNAL NOTÍCIAS DO DIA DE 14/10/2010, GOSTARIA DE COLABORAR COM A MORADORA DO FLORESTA QUE DISSE ESTAR INDIGNADA. EU SOU MORADOR DA RUA COPACABANA E PEGO A LINHA NILO PEÇANHA TODO DIA.
MUITO ME ESTRANHOU ESSA MUDANÇA DA LINHA PARA ATENDER O POSTO DE SAÚDE E O CENTRO DOS IDOSOS, POIS A QUANTIDADE DE PESSOAS QUE DESCEM NAS RUAS QUE PASSARAM A FAZER PARTE DA LINHA É MUITO PEQUENA, FAZENDO COM QUE A MEDIDA FOSSE DESNECESSÁRIA.
A ÚNICA COISA QUE A GIDION CONSEGUIU COM ISSO FOI O DESCONTENTAMENTO DA POPULAÇÃO.
COMO MORADORES E USUÁRIOS DA LINHA ESTAMOS A BASTANTE TEMPO SOLICITANDO QUE ELA RETORNE AO SEU ROTEIRO NORMAL, OU COMO DISSE A ASSOCIAÇÃO DE MROADORES, QUE ELA VOLTE À RUA NILO PEÇANHA PELA RUA COLÔMBIA, O QUE IRIA AGRADAR A TODOS.
JÁ MANDEI ALGUNS EMAILS RECLAMANDO DISSO E VOLTO A FRISAR, EM MOMENTO ALGUM EU OU ALGUMA PESSOA QUE EU CONHEÇO FOI QUESTIONADA SOBRE UMA POSSÍVEL MUDANÇA NA LINHA.
A PREFEITURA AGORA FAZ O QUE QUER E NINGUÉM FALA NADA. ISSO NÃO É NADA POLITIQUEIRO PORQUE EU VOTEI NO PREFEITO PARA QUE HOUVESSE MUDANÇA DE GESTÃO, MAS NÃO PENSAVA QUE SERÍAMOS PREJUDICADOS SEM QUE FÔSSEMOS OUVIDOS.
CONTRA O PT NINGUÉM FAZ PROTESTO.

DIRCEU DE GOMES

Ministério Público acusa Carlito Merss

O prefeito Carlito Merss (PT) tem razão quando afirma que a inércia em sua administração é mentira. Prova disso, é que mesmo com alegada falta de recursos, o prefeito Carlito Merss não para de surpreender. Ele vai torrar R$ 31.435,25 do erário municipal com a compra de 1.265 relógios de pulso. Isso mesmo, relógios de pulso para homenagear servidores públicos. No entanto, quem não gostou da “brilhante” ideia de Carlito foi o Ministério Público Estadual (MPE), que ingressou com a Ação Civil Pública número 038.10.049564-5 para impedir a inusitada aquisição. Um pedido de liminar do MPE quer que a justiça suspenda a compra.
A denúncia do MPE relata que no último dia 13 de setembro, o secretário de administração Márcio Murilo de Cysne, publicou o edital de pregão eletrônico número 228/2010, que tinha como objetivo a compra 1.265 relógios de pulso, ao preço de R$ 25,45 cada. Os agrados feitos à custa do dinheiro público seriam uma forma de homenagem aos servidores que completarão nesse ano, 10, 15, 20, 25, 30 e 35 anos de serviços prestados. A concorrência publica foi homologada, porém, a efetivação do contrato com a empresa Cenetel Brindes – Comércio de Artigos Promocionais Ltda, ganhadora do certame, ainda não foi efetivada.

Fonte:Rogério Giessel(14/10/2010)
Blog Joinville como ela é

Coisa de cinema

Tudo que os cineastas queriam não aconteceu nesse resgate dos mineiros no Chile.
Ninguém morreu, o sistema de cápsula funcionou, as paredes laterais do buraco não desmoronaram.
A grande maioria deles saiu andando e sorrindo.
Resumindo, não ouve tragédias além da já existente.
Sendo assim , pode esperar que eles irão explorar as mazelas lá de baixo.
O convívio diário, as fofocas, as brigas, etc.
A Márcia Goldschmidt e a Sonia Abrão já devem estar sendo contratadas a peso de ouro.
Paulo Curvello
Balneário Camboriú

Big brother chileno: O grande prêmio é a vida

O big brother chileno foi acompanhado por bilhões de pessoas em todo o mundo.A mídia transformou mais uma vez a desgraça alheia em espetáculo hollywoodiano.Muitos que estavam em casa no conforto do seu lar assistiam o resgate dos mineiros.Não haviam mulheres bonitas,nem carro zero,nem festinhas...Simplesmente o grande prêmio era a sobrevivência,era a vida.E como quase toda novela também teve um final feliz(pelo menos isso)com a audiência lá em cima.

UFSC,mais perguntas

A cada dia as perguntas aumentam.
A quem pertencem os imóveis em volta,
que sofreram uma brutal valorização???

Jordi Castan

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

UFSC: O(s) culpado(s) tem nome e sobrenome


Quem será que escolheu aquele local para a UFSC??? Havia locais mais adequados que aquele ali da Curva do Arroz??? Ou será que naquele momento da escolha da cidade que sediaria a nova UFSC a alternativa mais viável era aquele terreno justamente pela localização privilegiada??? Mas agora a construção será na Univille,por que não escolheram a Univille antes???Muitas perguntas,poucas respostas.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O que percebi


Os argentinos amam muito seu país...Cada cantinho de Buenos Aires tem a bandeira argentina exposta.Também são fanáticos por futebol...Muita gente lendo,ainda é um costume sair cedo de casa para comprar jornal...É comum ver jovens deitados nas praças,na grama mesmo,qualquer cantinho verde tem famílias ou amigos reunidos jogando bola,lendo ou brincando com os filhos.A mídia não influencia tanto o povo como aqui no Brasil...Os prédios antigos são preservados,não são derrubados para novas construções...O argentino valoriza muito a sua história,sente orgulho.Existem construções novas e sofisticadas,mas o que dá o charme e torna Buenos Aires aconchegante é a preservação de seu patrimônio histórico...A polícia é discreta,nem percebemos a presença dos policiais nas ruas...A cidade é segura(pelo menos o centro de Buenos Aires)...Muita gente na rua,pobres e ricos...O argentino não é refém do shopping center...A procura pelo teatro,cinema e restaurantes é grande.Resumindo:Buenos Aires é uma bela cidade.Coloca o Rio de Janeiro e São Paulo para trás em organização e hospitalidade.

Caxias X Jec voltam a respirar

Depois de algum tempo o futebol profissional de Joinville volta a respirar. O futuro de Caxias e Jec depende só deles.

Maurício Peixer cobra melhoria no serviço funerário

Muitas reclamações e descontentamentos marcaram a semana no que
diz respeito as funerárias em Joinville. Uma família ficou mais
de 8 horas aguardando com que o corpo de um ente falecido fosse
liberado e que as empresas funerárias decidissem qual delas iria
ficar responsável pelo sepultamento.
Os familiares indignados com este desrespeito procuraram o
vereador Maurício Peixer e fizeram ao representante da
comunidade o seu manifesto de revolta.
O vereador repassou a indignação do acontecido na Tribuna da
Câmara de Vereadores nesta quinta-feira e demonstrou preocupação
com o fato de já se passarem mais de 12 meses desde que o
sistema de rodízio de funerárias deixou de ser empregado no
município e até o momento a Prefeitura não abriu sequer
licitação para novas empresas funerárias atuarem na região para
melhorar o atendimento da comunidade.
Maurício Peixer lembrou ainda que, quando secretário do Meio
Ambiente, criou a Central Funerária e promoveu o rodízio de
funerárias, serviço este que serviu de modelo para vários
municípios no Brasil. Segundo o vereador, esse sistema de
rodízio das funerárias evitava este tipo de problema de "disputa
pelo corpo".

“O rodízio de funerárias era para evitar este tipo de
constrangimento para as famílias. Quando se perde alguém, quanto
menos problema melhor, e tudo o que as famílias não precisam é
de empresas funerárias disputando o corpo do familiar falecido”,
desabafou o vereador Maurício Peixer.

Ao final da sua fala, Maurício Peixer voltou a citar que já faz
mais de um ano que a Prefeitura ficou de alterar o sistema
funerário da cidade mas não fez nada ainda desde que assumiu o
governo.

Décio Góes
Assessoria de Comunicação
Gabinete do Vereador Maurício Peixer
47 9998-5138
deciogoes@hotmail.com
www.vereadormauriciopeixer.blogspot.com



Um pequeno comentário do Professor Roberto Rosso sobre a Argentina e Educação

Sim, em especial que há 50 anos eles têm um ensino médio e ensino fundamental bem melhor que os nossos...
Mas aqui, os estados federados parecem continuar fazendo de conta que as crianças aprendem....
E quando no caso de Joinville, nossos jovens entram em pouca quantidade no ensino público superior, culpam as Universidades do Estado e Federal. Esquecem que a escola particular mais bem posicionada no ENEM está 50º lugar....nem vou falar das escolas públicas de ensino médio que são obrigação do Governo estadual, uma vergonha quando comparadas a escolas de estados muito mais pobres. Mas, ruim seria se as IES públicas em SC colocassem médicos, dentistas, engenheiros e outros profissionais no mercado sem o preparo necessário. Elas continuam sendo o referencial de preparação de profissionais em SC.

domingo, 10 de outubro de 2010

Árvore permanece ao lado de grande construção

Em breve vou publicar a foto de uma grande árvore que permaneceu ao lado de um prédio aqui em Buenos Aires.O que tiver de interessante aqui pode ser muito bem aproveitado aí em Joinville.A questão do espaco público,das familias ocupando para lazer as áreas verdes,da questão cultural,da preservação dos prédios antigos e da valorização da história,etc.Podemos aprender muito com os argentinos.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Acidente no shopping




Tem coisas que só vendo para acreditar.
Veja o que aconteceu em Joinville.
Quem passou pelo estacionamento do Shopping Cidade das Flores no sábado à tarde foi surpreendido por uma cena digna de filme de ação, resultado da
imprudência de um motorista. Um italiano, que não teve o nome divulgado, conduzia o Vectra de placas HMY-2446, de Joinville, dentro do
estacionamento,quando perdeu o controle do veículo e bateu em uma parede. O carro ficou pendurando entre os níveis dois e um. Testemunhas disseram que o
condutor teria se distraído e confundido os pedais do freio com o do acelerador. Ninguém ficou ferido.


Colaboração:Marcello Dalla Vechia

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eleitorado conservador

O resultado dessas eleições demonstra que o eleitorado está mais conservador,principalmente aqui em Joinville.O povo não está muito satisfeito com determinadas medidas adotadas pelo PT em nível nacional e local.Todos sabem que o Partido dos Trabalhadores é um reduto de intelectuais e de algumas pessoas que não gostam muito de assuntos relacionados ao contexto familiar.

Ufa!!! Uma boa notícia

Prefeitura de Joinville inicia obras do Centro de Bem-Estar Animal

Prazo para conclusão da obra é de três meses


A Prefeitura de Joinville, por intermédio da Unidade de Obras da Seinfra, em parceria com a Secretaria Regional da Vila Nova, iniciou nesta semana os trabalhos de preparação para ampliação, adequação e reforma do Centro de Bem Estar Animal e do Centro de Zoonoses, em um terreno na lateral da Estrada Blumenau, no bairro Vila Nova, em Joinville.

Na manhã desta quarta-feira (6), máquinas e homens estavam limpando o terreno e iniciaram as obras de drenagem para preparar o local.

— O contrato já foi licitado e uma empresa terceirizada vencedora recebeu a ordem de serviço para executar a obra. O prazo para conclusão é de três meses — explicou o gerente da Unidade de Obras da Seinfra, Thalles Vieira.

As obras de ampliação começam na próxima semana. O terreno e o imóvel são da Prefeitura e foi adquirido com o objetivo de sediar o Centro de Bem Estar Animal, que será utilizada para encaminhar animais domésticos abandonados. Após a conclusão das obras, o local terá estacionamento, canil, consultórios, salas de observação e de cirurgia.

Fonte:Jornal A Notícia(06/10/2010)


terça-feira, 5 de outubro de 2010

Boa oportunidade...


Muitos amigos estão planejando viagem a Porto Alegre para ver e ouvir o Paul McCartney aqui no estado vizinho.Oportunidade única para assistir um grande show.

Rescaldo das urnas(retirado do Observatório da Imprensa)

Quem perdeu as eleições

Por Carlos Brickmann em 5/10/2010

Não, quem perdeu não foram os candidatos derrotados: em eleições, às vezes se ganha, às vezes não, a vida política de cada um continua existindo. Também não foram os veículos de comunicação, apesar das múltiplas falhas de cobertura e de comportamento: alguns têm tradição, não é um problema ou outro que, isoladamente, irá derrubá-los; outros, jovens, têm tempo para recuperar-se (ou para cair, sendo substituídos rapidamente, já que a internet praticamente não exige capital para montar um blog). Quem perdeu as eleições, mais do que todos, foram os consumidores de informação: estes ficaram sem nenhuma certeza, nem a de que seu veículo preferido estivesse divulgando notícias corretas.

Estas eleições, na opinião deste colunista, retratam bem as dúvidas dos meios de comunicação sobre o trabalho que devem desempenhar. A TV e o rádio foram praticamente varridos da cobertura, por leis fantasticamente restritivas; a imprensa clássica muitas vezes se confundiu na conceituação de notícia, análise e opinião; alguns jornalistas, que sempre se acomodaram confortavelmente na imprensa tradicional e perderam agora seus lugares, também se confundiram na definição do que seria uma outra visão dos fatos e optaram pela tentativa de desmoralização de jornais e emissoras.

Nessa tentativa acabaram fazendo com que alguns veículos se sentissem acuados e procurassem defender-se preventivamente. Perdeu-se até mesmo a noção de que erros acontecem: cada erro passou a ser interpretado de maneira conspiratória, como se criado fosse numa sala mal-iluminada, onde concorrentes históricos tramariam em conjunto a maneira mais nociva de dar uma notícia (e, o que é mais engraçado, os proprietários dos meios de comunicação, os "barões da mídia", seriam comandados por um funcionário de outra empresa – um alto funcionário, bem preparado, eficiente, conceituado, mas não um acionista ou herdeiro).

Na cobertura das eleições, faltou aquela pergunta clássica dos jornais americanos: "Where is the beef?" Cadê a carne, cadê a sustança, cadê a notícia propriamente dita? Um bom caso: divergências entre institutos de pesquisas são aceitáveis dentro de determinados limites, mas não há explicação possível para diferenças tão flagrantes, que indiquem tendências tão opostas quanto as que ocorreram nesta campanha. Não é questão de lançar suspeitas sobre ninguém, mas de fazer a boa e velha reportagem que identifique onde está o erro. E, se não houver erro, mas uma decisão deliberada de modificar os resultados de maneira a beneficiar alguém, mais ainda se torna necessária a reportagem, porque aí se trata de crime. Nas diversas campanhas dos diversos estados, muita gente se envolveu com contratação de pesquisas. Ninguém estará disposto a contar o que viu e ouviu?

Eleição é complicado. Mexe com a ideologia de cada um dos jornalistas, mexe com a ideologia de cada um dos meios de comunicação, mexe com simpatias pessoais. Por isso mesmo a busca dos fatos é mais árdua. Mas esta é nossa profissão. Há muitos e muitos anos, o Jornal do Brasil, que era sem dúvida o melhor jornal do país, aderiu à campanha de um candidato ao governo do Rio, o professor Flexa Ribeiro. Nem por isso a cobertura, magnífica, apresentou desvio contra o outro candidato forte, Negrão de Lima (que venceu as eleições). Pode-se ter a posição que se queira, desde que não se perca a postura jornalística.

Marco Tebaldi com méritos

Essa eleição foi muito difícil para quem pretendia uma vaga a Assembléia Legislativa ou a Câmara Federal.Todos partidos lançaram muitas candidaturas.Méritos para os candidatos que conseguiram se eleger.Entre eles,o ex-prefeito de Joinville,Marco Tebaldi, que conquistou uma difícil vaga para deputado federal.

E a reeleição?

Eu estou aguardando algum dos dois candidatos à presidência prometer em alto e bom som que vai defender a volta do que estabelecia a Constituição de 1988: mandatos de quatro anos para cargos executivos sem possibilidade de reeleição. Votarei em quem prometer isto. Por enquanto meu voto é nulo.

Milton Wendel

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Aterro do Flamengo na cidade do Rio de Janeiro


Uma das muitas criações de Roberto Burle Marx

E a UFSC de Joinville???

Por enquanto só no papel.

A crise da Busscar

Com certeza a crise da Busscar também tirou muitos votos do PT em Joinville...Os trabalhadores da Busscar não tiveram o apoio do Partido dos Trabalhadores.

Cadê o apoio de Brasília???

Onde estão os recursos de Brasília??? Carlito não é do mesmo partido do presidente Lula???

Carlito não pode reclamar

Carlito foi eleito prefeito com o apoio do PP,grande parte do PMDB,PPS,PDT e parte do PV...Infelizmente escolheu secretários que não conhecem a cidade.Sem esquecer que tem uma péssima assessoria de imprensa.

Eleições em Joinville

Efusivos parabéns aos eleitores Joinvillenses. Responderam nas urnas ao sentimento geral de quem mora e de quem gosta de Joinville.
A esposa do alcaide, "Marionete Merss" , fez pífios 12.105 votos, uma resposta clara e objetiva a rejeição da administração petista.
Seguida de perto por Marquinhos Fernandes e Adilson Mariano que emplacaram apenas 12.500 e 16.200 votos respectivamente.
Numa de minhas notas , já tinha escrito, logo após ao início da desastrosa administração petista , que o maior cabo eleitoral do ex-prefeito e agora Deputado Federal Marco Tebaldi seria "Carlitos", com sua péssima administração. E não deu outra.
E a saga do PMDB de Joinville hein....O saudoso Sergio Silva, ainda mantém o título invejável de o "último deputado estadual eleito por Joinville".
Isso em 1994.
Mas a cidade não tem do que reclamar, elegeu dois senadores, sendo um deles o principal fiador do futuro governador.
Não bastasse, Joinville elegeu dois federais, mantendo a atual representação. Mas poderia ter ido mais longe, não fosse a briga de vaidades entre candidatos e partidos que não aprendem e lançam inúmeros candidatos.
Pelo tamanho do colégio eleitoral, emplacaria fácil cinco ou seis deputados. Porém mais uma vez, elegeu só três. Ou melhor, reelegeu.
E o ex-governador LHS hein... o homem é um fenômeno eleitoral. Criou a tríplice aliança, reeditou e consagrou-se nas urnas senador da república , trazendo a tira -colo Paulo Bauer.
Sugestão "Carlitos":
Seja humilde, peça ajuda a quem sabe. Vá até ao Boa Vista na casa do ex-governador, ajoelhe a sua frente, lhe beije a mão, peça sua benção, converse com ele.
Lhe peça sugestão e ajuda.
A partir daí, administre nossa querida Joinville do jeito que o Joinvillense espera. Detalhe: Das 30 sugestões que ele der, faça 29. Será um sucesso.

Paulo Curvello
Balneário Camboriú

Sim,foi um recado

Claro que o resultado da eleição foi um recado ao prefeito Carlito Merss(PT).Quero ver agora como Carlito irá reagir.

Forro da Biblioteca Municipal,por Milton Wendel

O forro de uma das salas da Biblioteca Municipal Rolf Colin desabou no dia 20 de setembro passado. Foi na sala à esquerda da entrada, a que guardava os livros de literatura clássica. A sala tem cerca de 12 por 10 metros. O forro começou a ceder, fazendo estalos e embarrigando, por volta das dez horas da manhã e pouco antes do meio-dia veio abaixo. Ninguém se feriu e os livros não foram danificados.

O motivo do acidente foi que uma reforma feita há alguns anos aplicou um forro novo, de PVC, por baixo do forro antigo, que era um aglomerado, estuque, velho e pesado. O peso foi excessivo. A estrutura da tesoura de telhado não aguentou. Um oitão desprendeu-se da cumeeira bem no meio da sala e os demais apoios cederam um atrás do outro.

Recolocar um forro de 120 metros quadrados é coisa que uma equipe profissional faz em três ou quatro dias, no máximo. Eu estou escrevendo este e-mail no dia 4 de outubro. Amanhã complentam-se 15 dias do ocorrido. Já me disseram que a Prefeitura planeja aproveitar a ocasião para fazer a grande reforma que a Biblioteca realmente precisa. Ótimo. É boa hora de dar valor à Biblioteca e inclusive triplicar o acervo, coisa que está precisando. Mas vamos ver quanto tempo a Prefeitura demora para solucionar o problema.

Eu temo que a Prefeitura esteja tendo um problema sério de competência e que Joinville fique um tempo excessivamente longo sem a Biblioteca. Tomara que eu esteja errado.

domingo, 3 de outubro de 2010

E o Jec???


É só alegria!!! Viva o Jec!!!

Raimundo Colombo é o novo governador

Com votação expressiva em Joinville,Blumenau e até Florianópolis...Colombo conseguiu conquistar o voto da maioria do povo barriga verde ainda no 1º turno.

Deveriam é proibir as pesquisas

As pesquisas tendênciosas deveriam ser proibidas.Nada melhor que saber apenas o resultado das urnas.

Se...(olha o "se" em ação)

Se Marina Silva(PV) apoiar a candidatura de José Serra(PSDB) o 2º turno para presidente será emocionante.

Pensei que esses seriam eleitos

Pela campanha achei que Fabio Dalonso(PSDB),Clarice Portela(PMDB) e o próprio Rodrigo Bornholdt(PDT) poderiam ser eleitos.

Fato negativo

O Partido Verde catarinense não aproveitou a boa aprovação de Marina Silva em nível nacional e não conseguiu eleger sequer um único deputado estadual.

Ía esquecendo

O PSDB tem Nilson Gonçalves também reeleito para a Assembléia Legislativa.O PSDB realmente sai fortalecido dessas eleições.

PMDB,PSDB e DEM em 2012...

...Se essas três agremiações unirem-se em 2012,será a eleição mais fácil de todos os tempos aqui em Joinville.

Conjecturas para 2012

A reeleição de Kennedy Nunes colocando-o como o deputado estadual mais votado por Joinville também o fortalece como candidato do PP para a eleição da Prefeitura da maior cidade do estado em 2012.

Quem é quem nas eleições desse domingo

Vamos analisar as consequências das eleições aqui em Joinville

1º) O PT de Joinville foi o grande derrotado

2º)Mauro Mariani é o nome forte do PMDB para a eleição de prefeito em 2012 aqui em Joinville.

3º) Darci de Matos conseguindo se reeleger também é um nome forte do DEM para a próxima eleição aqui na cidade.

4º)O PSDB de Joinville com a eleição de Paulo Bauer e Marco Tebaldi são as principais lideranças do partido em Santa Catarina.

5º)O PMDB de Joinville também sai super fortalecido com a eleição para o Senado de Luiz Henrique da Silveira e de Mauro Mariani para deputado federal.

sábado, 2 de outubro de 2010

Falar bonito

Apenas falar bonito não adianta.Tem que mostrar credibilidade.Se o candidato não é aceito nem dentro do próprio partido,como que irá ter o reconhecimento dos eleitores catarinenses?

Pensar pequeno

Disputar uma eleição e se satisfazer apenas que os candidatos concorrentes aceitem suas idéias é pensar pequeno.Então que nem dispute o pleito ,vira candidato folflórico.De boas intenções o inferno está cheio.

Cia de Engenharia de Tráfego,por Paulo Curvello

Na coluna "opinião de A Notícia de 01/10" o redator fala sobre as obras na rua XV de Novembro que estão causando transtorno ao trânsito.
E diz o óbvio, para mim , para você que está lendo e para as torcidas de Corinthians e Flamengo, que é: " porquê não se faz essas obras nos finais de semana?".
Onde até "poste", sabe que o trânsito é muito mais ameno.
Isso é tão óbvio e tão elementar, que só pode ser por isso que não é feito.
Com 280 mil veículos cadastrados , já está mais que na hora de Joinville criar uma Cia de Engenharia de tráfego, isso claro: composto por técnicos e não por cabos eleitorais.

Paulo Curvello
Balneário Camboriú
curvell@terra.com.br

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Em defesa da Tiririca


Gasta-se dinheiro para comprar veneno contra a tiririca. Depois gasta-se dinheiro com psicanalista. Se passasse uma hora por dia arrancando tiririca ou catando pulga no cachorro, não ficava pirado, não tinha de tomar cloridrato de felicidade e não se suicidava.

Milton Wendel

Tiriricas

Tem gente em Joinville que odeia tiririca...aquela praga de erva daninha!!! Para combater o "maldito capim"enchem o quintal de plástico e depois colocam brita ao redor de casa.Sem comentários...Depois falam: Ai que calor...ai que calor...Eita!!!

Pequeno comentário

O texto originalmente escrito agora faz dois anos, se mostrou tristemente profético. O PT não tem conseguido atender as esperanças de mudança que a sociedade expressou através do voto.

Jordi Castan