.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

domingo, 31 de outubro de 2010

Huuummm!!! Isso não pode acontecer

Homem leva susto em Joinville ao saber que outra pessoa votou em seu lugar


De acordo com o juiz eleitoral Sérgio Junkes, pode ter acontecido algum equívoco na hora do lançamento no sistema


O eleitor Nilson José Constâncio assustou-se, neste domingo pela manhã, quando foi impossibilitado de votar. Na hora em que se dirigiu à urna eletrônica de sua seção, no bairro Floresta, os mesários afirmaram que seu voto já tinha sido registrado.

Depois do ocorrido, Constâncio pediu explicações sobre o fato, mas soube que não poderia votar e o caso seria registrado na ata da seção e posteriormente analisado pela justiça eleitoral.

— Meu direito de cidadão é votar. Do mesmo jeito que aconteceu aqui, imagine quantos outros erros devem haver em todo o país — lamenta.

De acordo com o juiz eleitoral Sérgio Junkes, pode ter acontecido algum equívoco na hora do lançamento no sistema, mas o caso só poderá ser investigado depois que as atas das seções forem entregues à justiça eleitoral.

— Iremos investigar e, dependendo do caso, é passível de punição. Mas, perante a justiça, o eleitor não terá problemas — explica.

AN.COM.BR(31/10/2010)

Um comentário:

Milton disse...

Eu não acredito em urna eletrônica. Em primeiro lugar porque ela só é usada no Brasil, que é o país mais corrutpo do mundo. Em segundo lugar, porque sempre que pergunto como faço para saber se meu voto foi realmente computado como eu votei, não tenho resposta. Que sistema de votação é este que impede o eleitor de confirmar o seu voto...