.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

sábado, 26 de junho de 2010

Importante informação para o seu bolso

Os juros vão subir mais um pouco


No próximo mês, o Banco Central vai retirar R$ 1,6 bilhão do mercado

O Banco Central (BC) anunciou ontem que vai retirar R$ 4,7 bilhões que circulam na economia até julho de 2014. A primeira parcela, de R$ 1,6 bilhão, será no próximo mês. Esse dinheiro virá das instituições financeiras, que terão de repassar ao BC. O mecanismo é conhecido como depósito compulsório e influencia o crédito disponível e as taxas de juro cobradas na economia. Quando aumenta o compulsório, isso pode ajudar a controlar a inflação, mas pressiona a alta do juro.

A elevação vai ocorrer sobre os depósitos à vista combinada com a redução da exigência de aplicação de recursos em crédito rural. Segundo nota do BC, o recolhimento sobre esse dinheiro na conta corrente, atualmente em 42%, passará para até 45%.

O ex-diretor do Banco Central Carlos Thadeu de Freitas enxergou, na elevação do compulsório sobre depósitos à vista, um sinal do BC na direção de restringir o crédito para conter a demanda interna. Apesar de o volume a ser retirado do mercado não ser muito grande, Freitas avalia que o BC está mostrando ao mercado que tem ainda instrumentos adicionais à alta dos juros para conter o ímpeto da economia e evitar a alta na inflação.

No caso da exigência dos bancos para aplicar recursos de depósitos à vista em crédito rural, hoje em 30%, vai cair um ponto percentual por ano, para 25% até julho de 2014.

Fonte:Jornal A Notícia(26/06/2010)

Nenhum comentário: