.

Colabore com o Feudalismo Atual escrevendo para o e-mail: juliano.bueno1971@gmail.com ou ligue para 99164-7827

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Conversei com o sr. Charles Dolenger

Tive o prazer de conversar com o grande Charles Dolenger...Ahhh!!! Em breve alguns artigos muuuuuuuito interessantes dele e de seu amigo,o dr. Carlos Adauto Vieira.

Wilson França como âncora na Cultura-Jovem Pan

A rádio Cultura-Jovem Pan ressuscitou um importante espaço dado as notícias de esporte no final das tardes...Com uma solução simples e caseira colocou para ancorar o programa o conhecido dinossauro da comunicação joinvilense,o radialista Wilson França...O programa ficou bem mais solto,mais leve.Dá o recado,sendo ao mesmo tempo,um programa descontraído(sem ser vulgar),crítico e inteligente...Fazem parte da equipe também o Renan Pereira e o Marcelo Santos...Nota 10 para a rádio Cultura-Jovem Pan.

Maurício Peixer comenta sobre a ponte na Monsenhor Gercino.

O vereador Maurício Peixer(PSDB) visitou a ponte sobre o rio Itaum na rua
Monsenhor Gercino. No local, as máquinas que trabalharam na dragagem do
rio retiraram barro além do que deveriam e deixaram a cabeceira da ponte
sem sustentação de terra, fazendo com que a mesma cedesse e viesse a
obrigar o fechamento da via. “Há coisas que não se compreende. A Monsenhor
Gercino é uma importantíssima via de acesso à zona sul e os moradores
precisam dela, mas no local existem apenas 3 funcionários trabalhando para
que a ponte seja liberada”, destaca o vereador.

Fonte:Décio Góes(30/09/2009)

Odir propõe coordenadoria para portadores de necessidades especiais

Considerando que todo cidadão enfrenta problemas no acesso às informações, direitos, deveres, locais corretos e afins, e que a distribuição dos serviços públicos e privados nem sempre atenta ou facilita esse acesso, o vereador Odir Nunes(DEM) está propondo a criação de coordenarias que tratem de assuntos específicos e que o acesso às informações se concentrem em um único local.
Para tanto, protocolizou a moção 732/2009, solicitando ao prefeito municipal a criação de coordenadoria para assuntos ligados aos Portadores de Necessidades Especiais. O vereador acredita que é de competência do governo facilitar o acesso das informações que os portadores de necessidades especiais necessitam.

Fonte:www.cvj.sc.gov.br(30/09/2009)

Reflexão

Se até nossos vizinhos aqui ao lado estão torcendo contra Joinville,imagine o restante do estado...Realmente a coisa está feia para Joinville.

Desabafo de um francisquense

Sou mais um francisquense enaltecendo a vitória de Floripa...Como estou alegre...Aqui estamos todos felicíssimos.Esta foi demais.Cadê a arena?( tá cheia de buracos) cadê o centreventos ? ( tá com goteiras ) cadê o Jec ? ( está em casa por falta de série ) Cadê o futsal ?(...) Cadê a imprensa ? (...) São Francisco não é PRAIA DE VOCÊS,APRENDAM A FAZER ESPORTE...AINDA POR CIMA TEMOS QUE AGUENTAR UM JOINVILENSE AQUI NA SECRETARIA DE ESPORTES E É POR ISTO QUE NOSSO ESPORTE TÁ ASSIM.....

Fonte: Blog do Edenilson Leandro,Jornal A Notícia(30/09/2009)

Ciclista cai em boca-de-lobo em Joinville


A falta de manutenção em uma boca de lobo da rua Monsenhor Gercino, perto do número 832, na zona Sul de Joinville, deixou o estudante Bruno Gustavo de Souza, de 12 anos, com quatro dentes a menos e inúmeros arranhões pelo rosto.

Mãe do estudante vai pedir indenização à Prefeitura.


Colaboração:Solange Baumer(30/09/2009)

A opinião do Roberto Correa sobre a imprensa de Joinville

Interessante. Em Joinville, estamos passando por um período político muito estranho. Pelo visto, para ser um bom comentarista político tem que, necessariamente, estar fora de Joinville. Hoje, a cidade está saqueada e aprisionada por comentaristas de baixíssimo nível. Aqueles que mais aparecem na mídia, fazem parte de grupos políticos perdedores da última eleição. Tem um, que chegou até mesmo a fazer campanha eleitoral nas ruas, alugando a sua voz e seu "prestigio" nos carros de som. Estão raivosos , jogam pedras e "atiram" para todos os lados. Perderam o bom senso crítico. Para a população isso é péssimo. A população fica em dúvida se a crítica é verdadeira ou não. A TV aberta chegou até mesmo a excluir um programa político, justamente porque o espectador já não aguentava mais.
Joinville precisa urgente de comentaristas políticos dignos e imparciais. Esses comentaristas que se autoproclamam "formadores de opiniões" são na verdade parasitas que vivem as custas de oportunidades fornecidas pelos políticos do "toma lá dá cá"
JOINVILLE PEDE SOCORRO !!
POR FAVOR SALVEM JOINVILLE !!!

Colunistas em alta

Em evidência,Haroldo Marinho do jornal Notícias do Dia e o Cláudio Prisco do jornal A Notícia.Realmente o que eles escrevem,sempre se tira algum proveito...Haroldo Marinho sempre trazendo detalhes interessantíssimos sobre Joinville e o Prisco a cada dia,sempre trazendo alguma novidade sobre a política catarinense.

JORGE AMADO ERA BANGU!!!


Em 1985, Jorge Amado (1912-2001) foi convidado pela Revista Placar a escrever algumas palavras sobre o clube do coração, que havia acabado de perder a final do Campeonato Brasileiro para o Coritiba. A foto é de Álvaro Teixeira e foi republicada no ótimo site Bangu.net . Com vocês, Jorge Amado.

"Eu sou um velho torcedor do Bangu. Logo que cheguei ao Rio de Janeiro, um grande jogador despontava, justamente lá: Domingos da Guia. Ele era a sensação da época. Sou muito de acompanhar a carreira de craques e comecei a ir aos jogos do Bangu. Além disso, é um clube proletário, um clube dos operários. Aquela fábrica de tecidos, daquele bairro tão popular que é Bangu. E um time do povo, no sentido do povo trabalhador.

Fiquei contente e triste ao mesmo tempo com o desfecho do Campeonato Brasileiro de futebol. De um lado, estou contente porque o Bangu fez uma campanha excelente até chegar à decisão: pelo que ouvi falar, creio que não houve nenhum outro time com mais bonito estilo de jogo. E é claro que estou triste por ele ser apenas o vice-campeão. Mas o Bangu é assim mesmo: um time há muito tempo à procura de títulos. Se eu tivesse de deixar uma mensagem ao pessoal do clube seria para que não se deixasse entregar ao desânimo e à tristeza. O negócio é ir para a frente.

Gostaria de deixar claro meu absoluto repúdio a estas decisões por pênaltis. Se deu empate, então que se marcasse uma outra partida para o domingo seguinte. Porque, no fundo, existe uma enorme frustração. Duvido que o torcedor do Coritiba esteja inteiramente satisfeito. Ele está contente com o título, mas não com a forma como ele foi conquistado. Empatou? Um outro jogo lá em Curitiba. Já imaginaram essa final lá no Paraná? A beleza de um estádio lotado, com o Coritiba sagrando-se campeão vencendo o jogo? O título teria outro sabor. Seria uma decisão mais brasileira - quer dizer, mais bonita.

É isso. A gente está sentindo que falta ultimamente um jeito brasileiro de se jogar futebol. O futebol no nosso país, ao lado da capoeira, sempre foi uma arte. Em ambos, o brasileiro se exprime maravilhosamente. A capoeira nasceu nas senzalas, uma herança dos escravos que se tomou uma das mais belas criações do gênio artístico nacional. Igualmente, o futebol é um balé - desde que, repito e carrego na ênfase, seja jogado à maneira brasileira. E o que é isso? É difícil de se definir. É... uma arte. Porque nem sempre o futebol é arte. Aqui na Europa, por exemplo. Às vezes é um esporte violento.

Às vezes, o que se vê é uma forma defensiva de disputa visando apenas ganhar o jogo. O futebol é arte quando jogado possessivamente. E um esporte para se fazer gols. E para se tomar gols, também - e por que não? Quando você joga para não fazer gols, você abandona a arte. Abandona mesmo o princípio maravilhoso desse espetáculo, o que lhe dá grandeza.

Por isso volto ao exemplo do Bangu: é lá que se tem jogado o futebol realmente brasileiro. Tem um técnico excelente - Moisés, que foi um grande jogador - que se revela de muita competência, a quem mando meus parabéns. E tem uma meninada muito boa.

Já vi jogar Marinho, que é um craque (prefiro deixá-lo como exemplo para não cometer injustiças, com os demais). Uma ressalva: cumprimento também o pessoal do Coritiba que chegou ao título. Só que a campanha do Bangu foi uma campanha superior. O que eu senti no Bangu foi um trabalho feito com seriedade. Trabalho de homens devotados, como Castor de Andrade. Ele é um apaixonado: briga, bota dinheiro, comete injustiças, entra correndo em campo e coisas assim. Ele formou uma equipe de jovens, que, exatamente por não estarem nos grandes clubes, sem estrelismos, estão jogando um futebol muito solto.

Esse time não se dispersou em individualidades. Concentrou-se num todo, num jogo profundamente coletivo. Além do mais, o Bangu é o próprio bairro onde tem fincadas suas raízes. Veja o Botafogo: era um clube que se identificava com os moradores do bairro. De repente se mudou para o subúrbio. Já não era a mesma coisa. Você tem a impressão de que passa a faltar algo. O que falta é o bairro, o calor da vizinhança - mesmo que mantenha a fidelidade de velhos torcedores, como João Saldanha, Sandro Moreyra, Alfredo Machado...

Às vezes, são esses pequenos detalhes que passam despercebidos que fazem a diferença da vitória e da derrota. Outras vezes, nem isso: por que, por exemplo, perdemos a Copa de 1982, na Espanha? Por pura infelicidade contra a Itália, só isso - assim como o Bangu foi infeliz com o Coritiba. Muitos me falam que contra os italianos entramos em campo de salto alto. É possível, não sei. Só sei que o brasileiro, nessa hora, não é de fazer isso, não. Veja o caso do Joaquim Cruz, um exemplo do que é capaz um brasileiro. E maravilhoso: um menino que veio de lá de baixo, que veio do povo, que batalhou e está vencendo.

Isso é bom e ao mesmo tempo um reconforto para o povo brasileiro, tantas vezes xingado, humilhado e de quem se diz não ser capaz disto ou daquilo. Que é preguiçoso e outras coisas miseráveis. Esse rapaz é o símbolo exatamente da força, da energia, da coragem desse povo. É o talento e a maneira de ser do brasileiro. Essa deliciosa malícia, fruto da mistura de sangues que dá esse tipo de personalidade exclusivamente nossa. Isso você não vê só no esporte, mas também na nossa vida cultural. Uma mistura de cultura, uma cultura mestiça. Uma mistura capaz de dar um Pelé, um Garrincha. E que, quando é levada devidamente a sério, nos toma quase imbatíveis."

Fonte:Augusto Junior,blog toque-esportivo.blogspot.com


terça-feira, 29 de setembro de 2009

Por que Osny Martins criticou José Carlos Vieira???

O radialista Osny Martins,fez algumas críticas ao deputado federal José Carlos Vieira...O comunicador citou todos os partidos por onde Vieira já militou...Mas é interessante fazer algumas perguntas ao radialista.Por que só agora que o deputado Vieira anunciou que se filiará ao PR,Osny Martins critica o ex-filiado do DEM ??? Por que Osny Martins não criticou Vieira nas outras vezes que esse trocou de partido??? A resposta é bem simples...É que agora,José Carlos Vieira fará parte de uma agremiação que apoia o PT em nível nacional e local...só isso.Se Vieira fosse para um partido que apoiasse o DEM ou o PSDB,as críticas passariam bem longe do único deputado federal de Joinville.

Publicado no blog do Edenilson Leandro,do Jornal A Notícia

  • Nome: Jailton Franzoni de Abreu
    Cidade: Garuva
    Estado: SC
    Data: Terça-feira, 29/09/2009 às 22h26min

    É no Vôlei, Futebol e Futsal, brevemente no Basquete tb, Uh! Floripa é o Terror! Vcs não ganham uma.SC agora é Malwee e Floripa. A Chapecoense subiu para a série C, mas a vaga na D é do Marcílio, vcs vão ficar fora da série D no ano que vem.

  • Fonte:Blog do Edenilson Leandro,Jornal A Notícia(29/09/2009)

Ninguém mais aguenta a arrogância de Joinville

Sinceramente precisamos acabar de vez com a arrogância dos torcedores de Joinville.Não ganhamos mais nada em esporte nenhum.Outra coisa.Todo mundo não aguenta mais a torcida joinvilense.A gente se acha.Quanto maior a nossa arrogância...maior será a força dos adversários.

Quem morre na véspera é só o peru


Qual a explicação agora???Antes era a Malwee,agora é Florianópolis.Com todo respeito aos torcedores e ao pessoal da imprensa de Joinville.Não considero a equipe de Jaraguá do Sul,rival de Joinville.Nunca considerei.Sempre admirei a cidade vizinha por ter uma grande equipe de futsal.Agora,rivalidade existe é entre Joinville e Florianópolis.Isso sim é rivalidade.Mas,infelizmente,Joinville levou mais um toco da capital.Como dizia um velho ditado: nunca substime um adversário...e quem morre na véspera é só o peru.

Em relação ao Partido Verde

Fiz grandes amigos dentro do PV...Isso é o que importa.O lado negativo do partido prefiro não comentar.

Deflagrados os entendimentos PMDB-PT...do blog do Prisco

No dia em que seria realizada a segunda rodada da tríplice aliança, em reunião convocada pelo governador Luiz Henrique, o presidente estadual do PMDB, Eduardo Moreira, acabou finalmente se encontrando com a senadora Ideli Salvatti, do PT.

As fortes chuvas levaram LHS a mais uma vez transferir o encontro entre peemedebistas, tucanos e liberais, agora marcado para o próximo dia 6, antes da viagem ao exterior do governador e do vice.

Moreira aproveitou o dia reservado a despachos partidários, em Florianópolis, para receber Ideli em seu escritório político. Nos quase 60 minutos de conversa, testemunhada apenas por Claudinei dos Nascimento (coordenador da assessoria da senadora petista), nenhum registro fotográfico. Os dois optaram pela discrição.

Avaliação comum entre Ideli Salvatti e Eduardo Moreira: a aliança nacional entre PT e PMDB, que está avançada, será decisiva para as eleições nos Estados, mas não implica em coligação em Santa Catarina.

Assim como o PMDB, o PT não abre mão de sua decisão partidária de lançar candidato ao governo do Estado. Se Ideli já decidiu que não vai para a reeleição, Eduardo já deliberou que não ficará mais quatro anos sem mandato.

Ideli Salvatti sabe muito bem que pode perder para o governo, mas jamais para o Senado, numa eleição que terá outros dois fortes candidatos: Luiz Henrique e Esperidião Amin.

Eduardo Moreira, por sua vez, tem pleno conhecimento que o PMDB nunca deixou de lançar candidato a governador desde 1982, já tendo administrado o Estado em quatro oportunidades. Afinal, é o maior partido catarinense.

Fonte:Blog do Prisco,Jornal A Notícia(29/09/2009)

Da coluna do Jefferson Saavedra


É impressionante como o governo Tebaldi alega ter deixado um mundaréu de obras “prontas” ou “quase prontas”. Mas por que não foram inauguradas então, ainda no ano passado?

Fonte: Jefferson Saavedra,Jornal A Notícia(29/09/2009)

CONVITE DO PC DO B (clique sobre a imagem)

Jec X Corinthians ??? Aonde???

Vocês acham que esse jogo irá ser realizado??? Se o Jec não está conseguindo treinar com os clubes de Curitiba...Vocês acham que o Jec conseguirá jogar contra o Corinthians???

Abre o olho Jec!!!

Caramba!!! A que ponto chegamos...Dizer,que a Chapecoense não participando da Copinha,isso ajudará o Jec??? E os outros adversários??? Brusque que conquistou ano passado aqui dentro o título...Sem esquecer o Avaí C...Isso mesmo.O Jec já perdeu até mesmo para o terceiro time do Avaí...Ninguém está falando do Metropolitano de Blumenau...Abre o olho Jec...futebol é coisa séria.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Vida de cachorro


Um pastor alemão em Harbin(China) é amarrado a uma grade com um uma corrente e depois é furado na virilha. Seu sangue corre sobre a neve. Quando a pele começa a ser retirada, o animal pode ainda estar vivo e consciente. Sua carne é vendida para restaurantes e sua pele, para o mercado global de comércio de peles.
Fonte:www.geocities.com

Belo comentário do Haroldo Marinho

A nota que foi publicada na coluna do Haroldo Marinho no Jornal Notícias do Dia de hoje(28/09/2009) foi perfeita...Infelizmente,a Arena Joinville foi construída a toque de caixa.Em menos de cinco anos já possui problemas em sua estrutura e o Jec só decaiu.Misturaram tudo.O pior ainda,é ver gente da imprensa defendendo essa forma de se fazer política(grandes obras inacabadas)...o famoso banho de luz privilegiando determinados políticos.

É só mera coincidência

Desde que a rádio Globo começou a operar em Joinville(2004),o futebol profissional da cidade só decaiu...Claro que a culpa não é da emissora...Mas é só uma coincidência.

Osmari de olho no metrô de superfície

Assim como ocorre em Florianópolis, Joinville já começa a pensar na construção de um metrô de superfície para prover uma nova alternativa em transporte urbano para seus moradores. O vereador Osmari Fritz, por exemplo, está apelando ao prefeito em uma moção a criação de um fórum permanente para discutir a obra na malha ferroviária já existente, que, segundo o parlamentar, deixará de ser usada para o transporte de cargas.
Fritz argumenta que já há a ligação da linha pronta em toda a zona sul, até o Mercado Público Municipal, no Centro. “De imediato podemos ligar os bairros Paranaguamirim, Itaum, Floresta, Anita Garibaldi, Bucarein, Morro do Meio e Centro”, alega o vereador. “O transporte eficiente é condição para o crescimento sustentável, favorecendo a mobilidade”, sugere.
Fonte:www.cvj.sc.gov.br(28/09/2009)

domingo, 27 de setembro de 2009

LIBERDADE E RESPONSABILIDADE,por CARLOS ROGER SALES DA PONTE*

Jean-Paul Sartre, filósofo existencialista francês do início do século XX, afirma que, no caso da humanidade, a existência precede a essência. Desta linha de raciocínio, que inverte o pensamento filosófico adotado até então, decorre a noção de angústia associada a liberdade. Para Sartre, nós existimos antes que nossa essência seja definida. Ele nega a existência de uma suposta "essência humana" pré-concebida.

Para o filósofo, o homem torna-se o que é ao fazer suas escolhas. E essas escolhas só cabem ao homem, sem que haja nenhum elemento externo que justifique suas ações. Sendo assim, o único responsável por suas ações é o próprio homem.

A responsabilidade tem papel de destaque no existencialismo sartriano, já que cada escolha carrega consigo a obrigação de responder pelos próprios atos e torna o homem o único responsável pelas conseqüências advindas de suas decisões.

Além de determinar o próprio destino, estas escolhas individuais também determinam o funcionamento do mundo. Isto porque cada escolha acarreta outras mudanças ao redor. Desta forma, ao escolher, o homem não apenas torna-se responsável por si, mas também por toda a humanidade. Que peso! É esta a responsabilidade que provoca a angústia.

A angústia vem da consciência de que são escolhas próprias, individuais, que determinam a essência de quem se é e que essas escolhas podem afetar o mundo. Retomando o raciocínio do início do texto, para Sartre, a angústia surge da consciência da liberdade e da responsabilidade de ter que usá-la da forma mais correta.

(*) Carlos Roger Sales da Ponte é Psicólogo e Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará e professor de Psicologia e Filosofia da Faculdade Integrada do Ceara - FIC.

Dicas do Dico

"Tempos difíceis têm um valor científico.
São as oportunidades que um bom aprendiz jamais perde."

(Ralph Waldo Emerson)

Um pequeno comentário sobre a Chapecoense

Parte do comentário que enviei para o blog "Os impedidos" do Jornal A Notícia:(...) Fica demonstrado a fragilidade e o enfraquecimento do Jec nos últimos anos.Hoje o Jec é a sétima força do futebol catarinense.Além da Chapecoense tirar a vaga do Joinville(por merecimento)no mesmo ano que o time do oeste conquista o direito de disputar a série D...a Chapecoense sobe para a série C.Tudo isso em menos de um ano.Isso realmente é competência.Imaginem a Chapecoense da série C,jogando com o Jec no dia 18 de outubro...É muita humilhação.

Mais detalhes...acessem o blog do Rui Palmela



...rpalmela.blogspot.com ...Com certeza um blog muito interessante...Você encontrará por exemplo,cachorros e gatos que são transportados para serem abatidos e logo em seguida consumidos pelos chineses...Também tem os massacre de touros em Portugal...tudo pela tradição.

Vergonha na Dinamarca


Nas ilhas Feroe do reino da Dinamarca, todos os anos se realiza uma espécie de ritual chocante e sangrento, onde os rapazes cometem este tipo de atrocidades quando passam à fase adulta. É assim que eles mostram a sua masculinidade, revelando-se uns criminosos sem alma e sem coração que praticam actos ignóbeis contra centenas de baleias-piloto ou golfinhos Calderon...Olhem o que eles fazem com os pobres animais.

Colaboração:Solange Baumer

Os grandes favoritos para o governo do estado de Santa Catarina em 2010



Com certeza são eles...Raimundo Colombo(DEM) e Ideli Salvatti(PT)

Informações com qualidade,por Roberto Correa

Precisamos melhorar a qualidade das informações e disponibilizá-las para a sociedade Joinvillense. Estou em Joinville desde 1989. Sou carioca e escolhi essa terra para ficar e me aposentar. Fico indignado com alguns comunicadores que se acham "formadores de opiniões". Tentam manipular as informações de acordo com os seus interesses. Sei que existe esse tipo de coisa em todas as cidades com o mesmo porte de Joinville, porém, aqui a agressividade e a intensidade é muito relevante. Penso que a sociedade deve aos poucos repudiar esses profissionais que nada contribuem para o crescimento político da nossa Joinville.
Não faço parte de partidos políticos porque de acordo com texto do Milton Wendel ( muito bom por sinal )tenho ideologias políticas de acordo com a minha consciência e não conveniência.
SDS

sábado, 26 de setembro de 2009

Maceió comenta sobre o Caxias Futebol Clube

O Caxias parou no tempo, mas a chama do seu belo legado continua acesa. Graças ao idealismo de Flávio Braga, que assumiu a presidência justo no período em que o clube, acumulando dívidas aparentemente inadministráveis, fechou para o futebol. Advogado, Braga soube como negociar com os credores e, aos poucos, à sua maneira, foi restaurando todo o acervo. O passivo está sob controle; o clube, revitalizado; o crédito na FCF depende de pequenos acertos; e não me surpreenderá se em dois anos o Gualicho voltar a assinar o ponto nas assembléias da federação.
Fonte:Colunista Maceió,Jornal A Notícia(27/09/2009)

Chapecoense rumo a série C em 2010

Boa sorte a Chapecoense.O time lá do oeste,distante do litoral está caminhando degrau por degrau para conseguir seu espaço no futebol brasileiro.E olhem a dificuldade do verdão do oeste.O Marcílio Dias que é aqui do litoral não aproveita a facilidade dos acessos(BR 101 e aeroporto de Navegantes).O Jec a mesma coisa.Que a Chapecoense sirva de exemplo para os acomodados clubes do litoral.

Convite do Vereador Maurício Peixer(clique sobre a imagem)

Ainda a opinião do Roberto Correa

A razão do texto deve-se ao fato de estar havendo uma exploração política sobre o atraso dos cortes das árvores e a vergonha desse assunto transparecer na mídia nacional.
Em julho fui ao nordeste e consultei o custo da passagem. Cheguei a conclusão de que saindo de Curitiba e ainda pernoitando em um bom hotel próximo ao aeroporto ( na ida e na volta) seria mais barato do que partindo de Joinville.

A opinião de Roberto Correa sobre o aeroporto de Joinville

As árvores não crescem do dia para noite. Tebaldi teve 6 anos para cortar, Carlito 9 meses, e essa vergonha ( se é que é vergonha) não foi por causa dos dois prefeitos que não cortaram as árvores. A razão pura e simples é ECONÔMICA. As empresas aéreas não se interessam que seus aviões posem ou decolem em Joinville. Vocês querem ver ? Verifiquem e comparem o custo da passagem decolando ou posando em Joinville e compare com o custo posando e decolando em Curitiba. É muita inocência de nossa parte pensarmos que as empresas vão dar um "castigo" nos joinvillenses por causa das árvores.
SDS

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A bela política joinvilense,por Milton Wendel

A diferença entre ideologia política e partido político é que a ideologia faz um homem pensar conforme sua consciência enquanto o partido faz ele pensar conforme sua conveniência. Diante de uma questão política, o homem que se baseia na ideologia sai em busca de uma solução enquanto o homem que fixa em partidos, busca um acordo. Nada mais prejudicial à evolução, portanto, do que restringir uma ideologia a um partido e, pior ainda, desviar um partido de sua raiz ideológica.
Exemplos locais e atuais há vários. Outro dia, um vereador de Joinville justificou a aprovação das contas de LHS, que haviam recebido um parecer contrário do TC, com a seguinte pérola: "Foi uma decisão política. A Câmara é um órgão político e não fiscal". Que barbaridade. Quer dizer que um crime pode ser impune conforme a instância em que seja julgado. O pior é que dos 19 vereadores, só dois, pouco mais de 10% dos edis, optou por não confundir justiça com política. Conclui-se que, de fato, noventa porcento dos políticos conferem aos dez porcento restantes uma péssima reputação.
A ideologia suprema, suprapartidária, deveria ser a justiça. E aliás é o que todos os candidatos apregoam, sem sombra de dúvida. Mas acima das ideologias há sempre o partido, o "toma lá dá cá" e o fantasma das próximas eleições. Então vigora o princípio da convivência segundo o qual o ladrão não é tão nocivo assim, conquanto ele nos ajude a impedir que nosso adversário tenha sucesso...
Bela política, a política joinvilense.

O alcoolismo

O que é?
O alcoolismo é o conjunto de problemas relacionados ao consumo excessivo e prolongado do álcool; é entendido como o vício de ingestão excessiva e regular de bebidas alcoólicas, e todas as conseqüências decorrentes. O alcoolismo é, portanto, um conjunto de diagnósticos. Dentro do alcoolismo existe a dependência, a abstinência, o abuso (uso excessivo, porém não continuado), intoxicação por álcool (embriaguez). Síndromes amnéstica (perdas restritas de memória), demencial, alucinatória, delirante, de humor. Distúrbios de ansiedade, sexuais, do sono e distúrbios inespecíficos. Por fim o delirium tremens, que pode ser fatal.
Assim o alcoolismo é um termo genérico que indica algum problema, mas medicamente para maior precisão, é necessário apontar qual ou quais distúrbios estão presentes, pois geralmente há mais de um.

Fonte:www.psicosite.com.br

Sim...Bebados pela manhã

Sim,antes das 8:00 da manhã você encontra jovens alcoolizados andando pelos bairros de Joinville.

Preocupação com os jovens


O que leva alunos de classe média a tomarem bebida alcoólica pela manhã antes de irem para a escola??? A culpa é da família??? A culpa é dos "amigos"??? A culpa é da mídia??? A culpa é da escola??? Ou seria falta de responsabilidade no próprio jovem???

Enquanto Joinville não tem um centro de zoonóses...


...O negócio é ajudar o Abrigo Animal...Ok!!!

Segunda do Vinil apresenta:

Festa de 6 anos da Segunda do Vinil
Shows com Charlatones, Farpas e Os Depira

Onde? Luxe Bar - lateral da Rua Santa Catarina, em frente ao Floresta
Quando? 26/set (sábado) 15:00
Quanto? free!


Muito rock!
Precisa algo mais?


Viva o rock! Viva o vinil!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Bancários entram em greve a partir de sexta-feira


Bancários querem aumento...Ou seja...Entram em greve a partir de amanhã.

Eu quero é botar meu bloco na rua (Sérgio Sampaio)

Há quem diga que eu dormi de touca
Que eu perdi a boca, que eu fugi da briga
Que eu caí do galho e que não vi saída
Que eu morri de medo quando o pau quebrou

Há quem diga que eu não sei de nada
Que eu não sou de nada e não peço desculpas
Que eu não tenho culpa, mas que eu dei bobeira
E que Durango Kid quase me pegou

Eu, por mim, queria isso e aquilo
Um quilo mais daquilo, um grilo menos disso
É disso que eu preciso ou não é nada disso
Eu quero todo mundo nesse carnaval...

Eu quero é botar meu bloco na rua
Brincar, botar pra gemer
Eu quero é botar meu bloco na rua
Gingar, pra dar e vender

Primavera dos Museus movimenta programação cultural em Joinville

Desta sexta-feira até domingo, as portas de 324 museus no Brasil estarão abertas para uma programação cultural voltada para os direitos humanos. E Joinville também está incluída na 3ª Primavera dos Museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), evento voltado para sensibilizar a comunidade por meio de atividades socioeducativas e culturais.

Em três anos, foram desenvolvidas no País mais de 1,5 mil atividades que abordaram os temas Museu, Memória e Vida (2007), e Museus e o Diálogo Intercultural (2008).

Na Estação da Memória, a mesa-redonda "Patrimônio Cultural e Diversidade Étnica" abre o ciclo de palestras e debates com a presença das coordenadores de patrimônio da Fundação Cultural de Joinville (FCJ), Dietlinde Clara Rothert e Maria Cláudia Lorenzetti Corrêa, e a pró-reitora de ensino da Univille, Ilanil Coelho.

Outros cursos e fóruns acontecem no sábado, com destaque para a oficina promovida pela Associação Joinvilense de Circo (Ajocirco) e o espetáculo "O Quadro das Maravilhas", da Cia. de Teatro da Univille, que será apresentado sábado e domingo às 14 horas.

Os museus também estarão abertos para a visitação monitorada de seu acervo e exposições. Todas as atividades são gratuitas.

Confira a programação completa da 3ª Primavera dos Museus em Joinville.
Fonte:www.an.com.br(24/09/2009)

Estamos em 2009...


...mas o trânsito de Joinville continua como o de 1999.
Foto:Jornal A Notícia.

Duas idéias muuuuuito interessantes.

Legal a contribuição dos vereadores...Tanto o elevado para melhorar o trânsito complicado da cidade como o ônibus para os hospitais...são vitais para a população de Joinville.

James pede ônibus “inter-hospitais”

O vereador James Schroeder protocolou recentemente uma moção que, se for atendida pelo prefeito, deve beneficiar os pacientes dos hospitais públicos de Joinville que também são usuários do sistema de transporte coletivo urbano do município. O parlamentar apela para que seja viabilizado junto às empresas Transtusa e Gidion um itinerário “inter-hospitalar”. A ideia é que a linha passe pelas maiores unidades de saúde do município, como os hospitais Regional e São José, e também pelos PAs 24h. Esta moção está em pauta para votação em plenário.
Fonte:www.cvj.sc.gov.br(23/09/2009)

Tânia apela para elevados na Vila Nova

Moradora da Vila Nova, a vereadora Tânia Maria Eberhardt sabe o quão congestionado é o tráfego pelas principais vias do bairro, em especial a Rua XV de Novembro, cujo projeto de criação de um binário tramita no poder Executivo. Para tornar a obra ainda mais eficiente, a parlamentar protocolou moção em que apela ao governador Luiz Henrique da Silveira e ao prefeito Carlito Merss para que providenciem a construção de um elevado na confluência da Rua XV de Novembro com a Rua Estrada do Sul (SC -413). Tânia alerta que é preciso planejar, ainda, a ligação da Rua São Fermino, em implantação, para formar o corredor do binário sentido Rua XV de Novembro, próximo à BR-101. “Ali, também seria oportuno outro elevado, sugere".
Fonte:www.cvj.sc.gov.br(24/09/2009)

Telhado de vidro!!! Sem comentários.

A oposição está criticando o prefeito Carlito Merss(PT) pela demora em podar as árvores do aeroporto de Joinville...Mas o prefeito anterior não conseguiu cortar em quase 7 anos...e quer falar o quê!!! Sem comentários.

Só foi falar do Jason...


...Que já resolveram cortar as árvores do aeroporto.

Informativo da ICIJ:Núcleo de Gestão Ambiental(clique sobre a imagem)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Patrício Destro com muita moral


Pelo andar da carruagem,o vereador Patrício Destro(DEM) realmente sairá candidato a deputado estadual ou federal...Na minha opinião,posso até errar...Mas se concorrer a deputado estadual,Patrício tira bastante voto de Nilson Gonçalves(PSDB).

Maurício Peixer faz acareação entre Prefeitura e CELESC

Na tarde desta terça-feira (22/09) a pedido de um requerimento feito pelo
vereador Maurício Peixer, aconteceu durante a reunião da Comissão de
Finanças no Plenarinho da Câmara, uma acareação entre a Prefeitura e a
CELESC, sobre a cobrança em duplicidade na fatura de 34 mil residências do
valor da COSIP.
O vereador Maurício Peixer comentou que a comunidade foi quem descobriu o
erro. Nem a Prefeitura e nem a CELESC informaram a comunidade do erro
cometido. "Se através do meu gabinete não fosse feita a denúncia do erro,
o povo iria acabar pagando sem saber", indagou o vereador indignado pelo
fato das partes envolvidas não terem esclarecido a comunidade.

Segundo Peixer, o próprio gerente regional da Celesc, Eduardo Cesconetto,
informou o vereador por telefone que o erro foi da prefeitura, pois é ela
que repassa para a CELESC o cadastro e os valores a serem debitados nas
faturas.

Como a cobrança da COSIP é feita por UPM (Unidade Padrão Municipal), que
obriga o reajuste mensal da taxa, o vereador está dando entrada na Câmara
de Vereadores de uma emenda alterando esse reajuste para anual,
facilitando assim o controle e evitando os possíveis erros no futuro.
Fonte:Décio Góes(23/09/2009)

Deputado Soares faz pronunciamento sobre a segurança pública em SC

Deputado Soares faz pronunciamento sobre a segurança pública em SC
Peço a todos que parem um minuto e vejam o vídeo. É impotante saber a quantas anda a segurança pública de SC realmente, não aquela divulgada e alardeada pelas autoridades.
Contra fatos não há argumentos.
Vejam o vídeo.
http://www.aprasc.org.br/forum/index.php?topic=14212.0

Fonte:Sd Elisandro LOTIN de Souza(29/09/2009)

Os vigilantes estão corretos

Essa lei diminui a empregabilidade dos vigilantes...Em vez de gerar empregos,certos deputados votam contra os trabalhadores.

Vigilantes de Joinville fazem protesto


Vigilantes de Joinville participaram nesta quarta-feira de uma manifestação contra o projeto de lei do deputado estadual Darci de Matos (DEM) que obriga lotéricas com cinco ou mais guichês a manter um segurança armado.

Segundo o presidente do Sindicato dos Vigilantes, Silvio Kammer, as lotéricas estariam diminuindo o número de guichês para não contratar os seguranças.

O Sindicato das Lotéricas de Santa Catarina já deixou claro que não é possível contratar este profissional. Para a categoria, muitas lotéricas não terão como pagar o vigilante e terão de fechar as portas.

— Estamos procupados com a segurança do cidadão — disse Kammer. A manifestação aconteceu durante todo o dia, no Centro de Joinville.
Fonte:AN.COM.BR(23/09/2009)

São Bento do Sul tem a Maria Fumaça

Parabéns São Bento do Sul!!!


Hoje a bonita e simpática cidade aqui da serra,completa 136 anos de fundação...Parabéns a todos os amigos de São Bento do Sul.

Corte das árvores do Aeroporto do Cubatão...


...É só chamar o Jason!!! Ele corta rapidinho.

O aeroporto de Joinville continua sendo o...


...de Curitiba...Melhor pra eles...Pior pra nós.

Juarez Pereira...Sem comentários...Eita!!!

Juarez Pereira (PPS) afirmou que não sabia nem onde estava há dez anos atrás – ano das contas. E, portanto, votaria contra o parecer porque o Centreventos foi uma obra ousada de LHS.
Fonte:Jefferson Saavedra,Jornal A Notícia(23/09/2009)


A alegação de Lauro Kalfels


Lauro Kalfels (PSDB) alegou que se o julgamento fosse técnico, teria de votar a favor do tribunal. Mas como o julgamento na Câmara é político, votou contra os pareceres.

Fonte:Jefferson Saavedra,Jornal A Notícia(23/09/2009)

Está ficando sem graça

Tem vereador da oposição(ano passado era da situação) que não está mais aguentando colocar tanta sujeira embaixo do tapete.

Em nome do partido

Esse negócio está pegando muito mal...Tem vereador votando a favor pois o partido já pensa em compromissos futuros.

Mais um tiro no pé

Depois de inocentarem o ex-prefeito Marco Tebaldi em relação a CPI das contas de 2008...A Câmara de Vereadores sofreu mais um desgaste em relação as contas da Fundação Cultural no período 1998 e 1999.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Mobilidade é com ela mesma


Dominação total em matéria de mobilidade urbana...Eita!!!

Sem comentários

Um conhecido meu resolveu deixar o carro em casa hoje...Resumindo: De ônibus nunca mais...Do Costa e Silva ao Bom Retiro,demorou 1:30 minutos para fazer o trajeto...Mobilidade urbana em Joinville com urgência...Hoje infelizmente andar de ônibus além de ser caro,não atrai o usuário...Dá até impressão que o passageiro é considerado um inimigo pelas empresas.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Entrega da Policlínica do Floresta


Prefeitura de Joinville entrega Policlínica à comunidade do bairro Floresta. Em seu discurso, o prefeito de Joinville, Carlito Merss, lembrou a luta da comunidade para construção do espaço - Joinville, 15/Sep/2009 - Foto: Mauro Artur Schlieck / SECOM

Concurso de Miss


Em uma cidade do interior...uma vez por ano acontecia o concurso de Miss...Todas meninas queriam concorrer para ser a mais bela da cidade...Haviam garotas lindas...Mas também existiam as feias...Mas,sabe como é o amor né!!! Um rico fazendereiro tinha uma filha,a Papoula, que era um monstrinho de tão feia...gente boa...mas era uma coisa horroooorosa...Mas na cabeça de seu "papi" ela era uma preciosidade...Pegou a mãe da garota e disse:-Mulher,quero que nossa filha seja a mais bonita desse lugar aqui,Ok!!! Eu pago tudo...Dinheiro pra mim não é problema.A Papoula era meio baixinha,cabeça grande,(dava impressão que a cabeça era maior que o corpo)...O rico fazendeiro puxou o saco dos jurados antes do concurso...Promoveu festas,fez doações e um monte de outras coisas para promover o nome da Papoula...Até que chegou o grande dia...Dez candidatas,e a Papoula ali né!!! Cabeça do tamanho de um melão toda sorridente,feliz da vida...no meio daquelas gatinhas,assim tipo daquelas que aparecem na coluna do Haroldo Marinho...Só filé né!!! Pra resumir...A Papoula chegou em último lugar...Aí a "Papá" chegou para o seu papai:-Papi!!! Você não disse que eu era uma preciosidade??? Que eu era a garota mais bonita aqui da cidade???Por que eu perdi papi??? O "papi" responde:-Sim filhinha...Você perdeu o concurso...Mas saiba que você continua sendo a filhinha do papai...Que coisa horroroooooooooosa!!! E a vida segue,como fala o homem do horóscopo...digo...da previsão do tempo...Eita!!!

Outro Lula,por Wilson França

O Lula (não sei se bebia) era gordo, discreto e sabia que tinha o melhor time do mundo. Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, era pra acabar. Só Pelé, já era suficiente. A cornetagem, inclusive a imprensa, não lhe dava crédito. Com aquele time do Santos, qualquer um podia ser o técnico. Incomodado, Lula chamou Zito, volante, capitão do time e grande líder, mais Mengálvio, Pelé e Pepe pra resolver as críticas quanto a sua capacidade. Disse aos quatro que treinaria uma forma inovadora de esquema. Os quatro desceriam para o ataque em forma de triângulo para fazer o gol. Zito, não querendo ofender o chefe, não questionou como quatro fariam um triangulo, preferiu perguntar quem seria o vértice do triangulo. A resposta de Lula foi imediata: “o goleiro deles”. Com certeza muitos não vão entender a piada, mas entendem tudo de futebol. Esquema de jogo só tem um segredo. O treinador deve conhecer as características dos jogadores que tem à disposição e um estudo sobre seus adversários. Se não souber este princípio básico, que arrume outra profissão. Torcedores e alguns comentaristas, são treinadores de arquibancada, sempre misturando conhecimento com emoção. O sistema tático que o JEC vai utilizar é problema do Ramires, do Nereu, do Fontan e dos atletas. Comentarista comenta antes do jogo, mas não é mandado embora se disser muita besteira .Comentar depois do jogo é mais fácil. Profetizar, não existe. Se fosse fácil não teríamos votado nas decepções que estão aí.

domingo, 20 de setembro de 2009

Só um pequena comparação

130 km é a distância entre Joinville e Blumenau...Nota 10 para a prefeitura de Joinville.

Força-tarefa contra as cheias


Prefeitura de Joinville já limpou cerca de 130 km de valas e córregos. Agora, a limpeza continua nos rios

Não vai evitar dilúvio, mas deve reduzir a ocorrência de enchentes. A operação limpeza de quase 130 quilômetros de rios, córregos e valas promete amenizar novas inundações em Joinville, garantem a Defesa Civil e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

A prova, segundo a Prefeitura, está nos dias 8 e 9 de setembro, quando choveu 100 mm, quase a média mensal (130mm), e não houve alagamentos. Nos últimos meses, a água tomava conta das ruas e entrava nas casas perto de rios a cada chuva forte.

Foram limpas todas as valas e córregos (123 km) que transbordaram nas últimas enchentes, segundo o coordenador de drenagem da Seinfra, Cassiano Garcia.

No trabalho foram usadas quatro máquinas da Seinfra e sete contratadas pela Defesa Civil. Foram investidos R$ 6 milhões em horas-máquina. Desses, R$ 2,1 milhões enviados pelo governo federal e R$ 4 milhões pelo Estado.

A limpeza prossegue até o fim do ano em rios maiores, como o rio do Braço. A responsabilidade, nesses locais, é do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), que já dragou 6,8 km de rios. O dinheiro também é parte dos R$ 6 milhões. Embora traga tranquilidade para muita gente, o serviço não tem efeito por muito tempo.

“É um trabalho de rotina, que tem de continuar logo após essa força-tarefa. Se assorear, crescer capim ou encher de lixo, vamos voltar a limpar para que esse serviço não se perca”, diz o secretário de Infraestrutura, Ariel Pizzolatti.

A colaboração da comunidade, não aterrando ou jogando lixo nas valas, é importante. Não é o que se vê na rua Puppis, no Jardim Paraíso, zona Norte.

Cinco meses após uma vala ser limpa, o local está entupido de embalagens plásticas e entulho, como a reportagem constatou na quinta-feira passada.

Além das vistorias da Seinfra e Defesa Civil, os moradores podem denunciar ou comunicar problemas nas secretarias regionais dos bairros ou pelo telefone 156, da Ouvidoria da Prefeitura. Para intensificar o trabalho, a Seinfra também incluiu no orçamento do ano que vem mais duas máquinas. Uma é de pequeno porte, capaz de entrar em ribeirões e galerias.

A força-tarefa atende principalmente a reclamações da comunidade. Os moradores dos bairros Fátima e Itaum, na zona Sul, fizeram protestos em fevereiro, pedindo a limpeza de rios. Especialistas concordam que ela não evita enchentes, mas permite que a água encontre mais espaço, sem afetar moradores nas marés altas.

Fonte:rogerio.kreidlow@an.com.br (20/09/2009)

Tudo sobre a Segunda Grande Mundial

Acesse o http://www.segundaguerramundial.com.br e saiba tudo sobre a guerra que mudou a história do planeta...Com detalhes sobre a participação do Brasil nesse grande conflito mundial...Ok!!!

Colaboração:Ulysses Espuny,responsável pelo site.

Democracia e Utopia,por Nagib Anderaos Neto*

Para ser livre, o ser humano precisa exercer o livre arbítrio, pensar com liberdade, desenvolver sua inteligência, da mesma forma que para ser ético necessita desenvolver a sua moral, os seus sentimentos de humanidade e fraternidade, senão tudo é mera representação, mistificação.

Quem pensa não se deixa levar ingenuamente por qualquer predicador. Talvez seja por isso que as escolas não ensinem a pensar, senão repetir coisas, decorar fórmulas e tabelas, treinando a memória, mas fracassando a inteligência em suas principais funções como as de entender, julgar e pensar, e vamo-nos aproximando de certos animais como o papagaio que repete e o mico que imita, embora sejamos de outra natureza potencialmente falando -, pois animal algum cometeria as crueldades que o ser humano comete.

A democracia seguirá sendo uma utopia até que as mentes humanas despertem deste sono milenar que as submerge no pesadelo dos preconceitos, do materialismo, das guerras e da ignorância.

Ninguém poderá fazer pelo ser humano o que somente a ele incumbe nem livrá-lo de seus erros e de suas culpas, nem pensar por ele, pois tal hipoteca equivale à escravidão, e não há maior submissão do que a mental.

Um antigo general disse em tempos remotos que o preço da liberdade seria a eterna vigilância. Possivelmente tenha adaptado as palavras ouvidas ao acaso aos seus insanos sonhos de poder. Uma interpretação diferenciada poderia nos levar a concluir que para ser livre deveremos pensar e estar constantemente a vigiar os pensamentos que em nossas ou em outras mentes possam estar atentando contra o que de mais sagrado temos: a vida com suas amplas possibilidades.

Já se disse que os homens são livres, mas não o sabem, quer dizer, nascem livres e vão perdendo aquela liberdade que lhes fazia sentir imortais, plenos, verdadeiros super-homens naquele formidável universo infantil. Este seria o tão bem-guardado segredo dos tiranos, dos déspotas, o fato de saber que os homens são, em princípio, livres, mas não o sabem.

A liberdade, como tudo o que recebemos ao chegar neste mundo, é um dom que, se não utilizado, pode desvanecer-se, da mesma forma que a inteligência e a sensibilidade humanas.

É comum ouvir-se dizer que o ser humano usa um quase nada de sua capacidade mental; que uma mente preparada poderia realizar verdadeiros prodígios. Por que isso acontece? Por que a mente humana é subutilizada? Quais as causas desta deficiência? O que fazer para tornar a própria mente mais eficiente?

Essa falta de liberdade é como um cárcere mental cujos barrotes são o temor de pensar por própria conta, os preconceitos, a ignorância sobre si mesmo e sobre as Leis que regem o Universo.

Todos querem a liberdade, todos a trazem dentro de si como algo que não se realiza. Todos, no fundo, sabem que o ser humano não deve curvar-se perante poderes quaisquer.

Se o homem, como diziam os gregos, é a medida de todas as coisas, por que o ser humano vive tão esquecido de si mesmo? Por que tão ausente? Por que tão entretido com o que não é essencial por ser passageiro e efêmero?

A verdadeira liberdade é a de pensar. É assim como o ser humano, o espírito humano, respira, pensando com liberdade, que é o mesmo que criar, que é o mesmo que ter um domínio sobre os pensamentos que habitam a própria mente ou que perambulam por aí de mente em mente fazendo os estragos que todos sabemos quais são.

Ser livre é usar com liberdade a inteligência, todas as suas faculdades, e não somente a memória e a imaginação como nos têm pretendido impor aqueles que nos querem manter atados às rédeas da submissão e da imposição.

Os tiranos, os ditadores, os inimigos da liberdade não querem que o ser humano pense porque tal grito de liberdade, tal oposição às imposições, é a ameaça ao onímodo poder que as ânsias de domínio desenham em suas mentes doentias.

Pensar, observar, raciocinar, refletir, combinar e julgar são algumas faculdades da inteligência que não têm sido muito exigidas ou desenvolvidas pelo ser humano que pode, num grito de liberdade, deixar de ser joguete ou escravo de pensamentos alheios que nada têm a ver com a felicidade almejada pelos que sonham com a liberdade, fundamento de uma verdadeira democracia.
(*) Engenheiro Civil e escritor com um livro publicado e centenas de artigos sobre literatura, logosofia, filosofia e desenvolvimento sustentável

Democracia e Utopia,por Nagib Anderaos Neto

Para ser livre, o ser humano precisa exercer o livre arbítrio, pensar com liberdade, desenvolver sua inteligência, da mesma forma que para ser ético necessita desenvolver a sua moral, os seus sentimentos de humanidade e fraternidade, senão tudo é mera representação, mistificação.

Vale a pena conhecer(Clique na imagem)

Pomerode e seus encantos



A cidade considerada a mais alemã do Brasil realmente é um encanto...Com certeza vale a pena conhecer essa linda cidade catarinense.

sábado, 19 de setembro de 2009

O presente e o futuro na opinião de Rodrigo Bornholdt


Rodrigo diz que gostaria de dedicar mais tempo à família e à vida profissional em 2010, mas por causa de compromissos com o partido, deve se lançar como candidato a deputado. Só não sabe ainda se estadual ou federal.

Ele diz que o governo de Carlito Merss (PT) tem acertado em algumas iniciativas, como a proposta de educação integral em escolas, uma bandeira do PDT. Mas que falta mais resolução em outras áreas, como a saúde e a reforma administrativa.

Segundo ele, é provável que o partido saia com chapa própria às eleições estaduais — "o cenário é favorável", prevê.

Em relação à conjuntura nacional, ele diz que o partido concorda com a posição do governo Lula de permitir que a exploração do pré-sal seja revertida em benefícios sociais.

Bornholdt assume a presidência do PDT por dois anos no lugar de Marco Antônio Bittencourt, que passa a ser o vice do partido.

Fonte:www.an.com.br(19/09/2009)

Rodrigo Bornholdt assume presidência do PDT em Joinville

Candidato a prefeito de Joinville no ano passado, Rodrigo Bornholdt (PDT), foi aclamado presidente do partido na cidade, neste sábado. A aclamação aconteceu em uma feijoada com familiares, amigos e correligionários em um bar da zona Sul.

Com o lenço vermelho, símbolo do PDT, Rodrigo disse que quer fortalecer a base do partido, que pretende se lançar candidato a deputado em 2010 e falou também sobre o governo de Carlito Merss (PT).

— O primeiro objetivo na presidência é fortalecer as bases. Queremos chamar não só os trabalhadores, mas o pequeno empresário, os estudantes, o pessoal da cultura e ampliar o número de filiados (hoje são dois mil) — diz Rodrigo.

Fonte:www.an.com.br(19/09/2009)

Seja bem vinda a Joinville,nossa grande amiga,a Primavera...Eita!!!

Ao dia da árvore...nossa pequena homenagem


Aproveite o dia 21 de setembro e plante uma árvore...Um simples gesto que contribui com mais qualidade de vida para todos nós.

A Primavera de Praga


Em 5 de abril de 1968 o povo tcheco tomou-se de surpresa quando soube dos principais pontos do novo Programa de Ação do PC tchecoslovaco. Fora uma elaboração de um grupo de jovens intelectuais comunistas que ascenderam pela mão do novo secretário-geral Alexander Dubcek, indicado para a liderança em janeiro daquele ano. Dubcek um completo desconhecido decidira-se a fazer uma reforma profunda na estrutura política do pais. Imaginara desestalinizá-lo definitivamente, removendo os derradeiros vestígios do autoritarismo e do despotismo que ele considerava aberrações do sistema socialista.

Apesar da desestalinização ter-se iniciado no XXº Congresso do PCURSS, em 1956, a Tchecoslováquia ainda era governada por antigos dirigentes identificados com a ortodoxia. Ainda viviam sob a sombra do que Jean-Paul Sartre chamou de “o fantasma de Stalin”. Dubcek achou que era o momento de “dar uma face humana ao socialismo”.

Além de prometer uma federalização efetiva, assegurava uma revisão constitucional que garantisse os direitos civis e as liberdades do cidadão. Entre elas a liberdade de imprensa e a livre organização partidária, o que implicava no fim do monopólio do partido comunista. Todos os perseguidos pelo regime seriam reabilitados e reintegrados. Doravante a Assembléia Nacional multipartidária é quem controlaria o governo e não mais o partido comunista, que também seria reformado e democratizado. Uma onda de alegria inundou o país. Chamou-se o movimento, merecidamente, de “ A Primavera de Praga”.

De todos os lados explodiram manifestações em favor da rápida democratização. Em junho de 1968, um texto de “Duas Mil Palavras” saiu publicado na Gazeta Literária (Liternární Listy), redigido por Ludvik Vaculik, com centenas de assinaturas de personalidades de todos setores sociais, pedindo a Dubcek que acelerasse o processo. Acreditava que seria possível transitar pacificamente de um regime comunista ortodoxo para uma social-democracia ocidentalizada. Dubcek tentava provar a possibilidade do convívio entre uma economia coletivizada com a mais ampla liberdade democrática.

O mundo olhava para Praga com apreensão. O que fariam os soviéticos e os seus vizinhos comunistas? As liberdades conquistadas em poucos dias pelo povo tcheco eram inadmissíveis para as velhas lideranças das “Democracias Populares”. Se elas vingassem em Praga eles teriam que também liberalizar os seus regimes. Os soviéticos por sua vez temiam as conseqüências geopoliticas. Uma Tchecoslováquia social-democrata e independente significava sua saída do Pacto de Varsóvia, o sistema defensivo anti-OTAN montado pela URSS em 1955. Uma brecha em sua muralha seria aberta pela defecção de Dubcek.

Então, numa operação militar de surpresa, as tropas do Pacto de Varsóvia lideradas pelos tanques russos entraram em Praga no dia 20 de agosto de 1968. A “Primavera de Praga” sucumbia perante a força bruta. Sepultaram naquela momento qualquer perspectiva do socialismo poder conviver com um regime de liberdade. Dubcek foi levado a Moscou e depois destituído. Cancelaram-se as reformas, mas elas lançaram a semente do que vinte anos depois seria adotado pela própria hierarquia soviética representada pela política da glasnost de Michail Gorbachov. Como um toque pessoal e trágico, em protesto contra a supressão das liberdades recém-conquistadas, o jovem Jan Palach incinerou-se numa praça de Praga em 16 de janeiro de 1969.

Fonte:educaterra.terra.com.br

Em breve publicarei na integra...

...Aqui no Feudalismo Atual alguns e-mails muuuuito interessantes que recebi.

Milton Wendel comenta sobre gestão Carlito Merss

A democracia - e sua ferramenta prática de escolha dos líderes, a eleição - não garantem que o escolhido seja o melhor. Apenas garantem que o escolhido seja aquele que teve mais votos. Da maioria esperamos que surja a melhor escolha. É um idealismo que nem sempre funciona. O fato de Carlito Mers ter-se tornado prefeito de Joinville demonstra isso com límpida clareza. Carlito foi derrotado em várias eleições para o executivo joinvilense enquanto orava uma proposta de democratização de poder e reação contra os desmandos que nossa querida Joinville infelizmente sofre. Quando finalmente conseguiu eleger-se, mudou de lado e se tornou agente dos vícios que sempre combateu.
O Carlito Mers que discursava em prol da transparência e do fácil acesso dos munícipes às informações sobre os serviços públicos ficaria indignado com a decisão da Companhia Águas de Joinville de comprar uma sede no alto da rua XV de Novembro. Aquele Carlito de antigamente, realista e usuário de transporte coletivo, se fosse obrigado a pegar mais de um ônibus para ir à empresa de água e esgoto, nos alertaria sobre a podridão que ronda a Prefeitura. Ele nos falaria de como milhares de joinvilenses têm seu sangue sugado gota a gota em faturas mensais de água absurdas e de negócios milionários feitos com dinheiro que, afinal, não tem outra origem se não o saqueado bolso do povo.
A democracia, se nem sempre escolhe o melhor, pelo menos vai nos mostrando a verdadeira anatomia e a real consistência dos discursos. Aquele Carlito popular e igualitário diria que ninguém consegue vender tão facilmente um imóvel de 5 milhões. Ele certamente diria: "A não ser que consiga achar um pródigo qualquer e que este pródigo distraído tenha sido, de novo, o irresponsável gestor do dinheiro público". Carlito protestaria. Com certeza protestaria. Não tenha ninguém a mínima dúvida de que se o Carlito Mers do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça fosse informado que a Companhia de Águas de Joinville gastou dinheiro em negócios nebulosos, ele prontamente se enrolaria na bandeira de nossa indignação.
A propaganda eleitoral nos incute conceitos distorcidos. Acabamos acreditando que cada partido se situa em um determinado setor da sociedade e defendendo determinados ideais. Os partidos, porém, se sustentam sobre apoios que podem servir a todos eles em maior ou menor grau. O Carlito de ontem se levantava contra poderes que, afinal, acabaram elegendo-o prefeito. Ironia da democracia. Dizer ao povo que combaterá o lobo, e acabar eleito pelo próprio lobo. Que vergonha esta negociata da Companhia Águas de Joinville. Parece aquela outra em que mais de 4 milhões sairam dos cofres da Prefeitura para comprarem um alagadiço na curva do Arroz. Aliás, o Carlito dos bons tempos também não deixaria de protestar contra este outro absurdo feito com o dinheiro do povo. Ele protestaria, sim. Acharia os responsáveis! Traria o dinheiro de volta! Aquele Carlito era mesmo um cara e tanto. Gostaria que ele tivesse conseguido se eleger. Teria sido um bom prefeito. Bem melhor do que este prefeitinho que está aí.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Esse aqui é o ganjudo do Kiko


E ele anda agindo por aí...Criança mimada dá nisso.

Excluídos? Do quê? Um texto de Luiz Carlos Prates*

Às vezes me dá vontade de sair por aí com um megafone gritando pelas esquinas:

— Saia dessa, "camarada", não tem desculpa, você está numa pior porque quer, saia dessa, caia na realidade!

Esse grito vale para todos, todos os desculpistas, vale para os "camaradas" que vivem procurando desculpas para justificar o seu fracasso existencial.

Dia destes, acho que foi no 7 de Setembro, uns "camaradas" andaram desfilando pelo Brasil um tal de Grito dos Excluídos. Excluídos do quê? Olhe, "camarada", nem no tempo do governo militar, que muitos chamaram de ditadura, nem naquele tempo quem quer que seja foi proibido de entrar numa livraria ou de matricular-se numa escola, pública ou privada.

Ninguém foi, ou tem sido, proibido de trabalhar, de produzir ganhos e de viver com decência, sem "bolsas" esmoleiras de nenhum tipo...

Ninguém no Brasil é proibido de ir e vir, de estudar, de trabalhar, de abrir uma empresa, de prestar um serviço, de ser, enfim, o que quiser. Então, que conversa é essa de "excluídos"? Excluídos do que mesmo? Da vergonha?

Quando falo para os jovens nas escolas — e para outras pessoas de todas as cidades do Estado — costumo dizer que não me venham com desculpas para justificar o atraso pessoal, o fracasso existencial.

Sem essa de que minha cidade é pequena. Pequeno é quem pensa assim. Sem essa de que meus pais são pobres, agricultores analfabetos, sem essa de que estudei pouco ou estudo em colégio público, sem essas. Diante disso, sou obrigado a perguntar:

— Sim, e daí, o que queres dizer com isso?

É muito fácil sentar-se na calçada e soluçar desculpas, sentir-se um excluído, um pobre coitado desprovido das bênçãos da fada madrinha; sem essa, isso é coisa de gente fraca.

E seja qual for a dificuldade por que esteja eventualmente passando o "camarada", isso não passa de uma crise. E crises são inerentes à condição humana, ninguém vive sem crise, ninguém cresce sem crises.

Se o "camarada" duvidar que pegue um livro de História Mundial, abra-o em qualquer página, e lá vai achar a peste do momento, vai achar uma guerra em andamento, vai achar uma crise religiosa, econômica, o que for, mas que haverá uma crise, haverá.
Nós mesmos, volta e meia vivemos uma crise de saúde, de afeto, de profissão, uma crise existencial, uma crise de feiura... Sem essa de achar-se um "excluído". Isso é desculpa de quem gosta de cotas, bolsas-família, ajudas paternalistas e esmolas existenciais. Estamos conversados.

Grito dos Excluídos? O trabalho inclui, a ele...!

*Escreve para o Jornal Diário Catarinense e participa do Jornal do Almoço da RBS.

Não é só o cigarro,por Rogério Giessel

Entendo que o vício do cigarro aniquile muitas pessoas mundo afora. No entanto, a álcool, em minha singela opinião, mata muito mais. E pior, não mata apenas aqueles que sorvem demasiados goles etílicos. Muitos inocentes morrem vítimas de motoristas embriagados. Porém, quando isso acontece não percebo manifestações contrárias sobre a publicidade que incentiva seu consumo. Tão pouco, vejo nos rótulos das bebidas fotos de fígados destruídos pela cirrose hepática ou vítimas desfiguradas em terríveis acidentes de trânsito provocados pelo excesso das bebedeiras.

Rogério Giessel
rogeriogiessel@hotmail.com

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Opalão

Solange Baumer comenta sobre a morte de Patrick Swayze

Infelizmente não só os menos esclarecidos são vítimas desse terrivel vício(cigarro).
Embora cruel,devería ser mostrada em rede mundial,a foto de seu último dia de vida.Um corpo absorvido,aniquilado,antes de seu último e derradeiro suspiro.

O texto de Obadias já repercutiu

É cara...você não é obrigado a acreditar em Deus...Mas o texto do Obadias mexeu com você,né!!! "Orgulho de sua alta posição???" Eita!!!

SÓ MOBILIZAÇÃO VAI REVERTER O CAOS NA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE SC

A reunião do Conselho Deliberativo do SINTE foi realizado no último sábado (12/09), em Florianópolis, com o encontro da maior parte dos conselheiros; apenas duas regionais ficaram ausentes. Mais de 100 pessoas compareceram ao encontro, apesar do mal tempo registrado em todo o estado. Os representantes das regionais debateram a pauta, que tinha como principal eixo o fortalecimento da mobilização da categoria para garantir seus direitos.
Foi consenso a realização da assembleia estadual da categoria para o dia 01 de outubro, na capital catarinense, como também as pressões para que o Governo LHS marque audiência com os trabalhadores em Educação. Ficou definido que no dia 01 de outubro, após a assembleia, haverá um ato público para mostrar à população catarinense a indignação do magistério diante de um governo que administra uma das mais importantes pastas da administração estadual, como é a Educação, de costas para o magistério.
Foi encaminhado também a realização de audiências públicas para debater a municipalização do ensino fundamental, manifestações, protestos para mostrar à comunidade em geral o descaso do Governo com a Educação pública, gratuita e de qualidade. É o momento de todos irem às ruas, ocupar todos os espaços possíveis para denunciar o sucateamento da escola pública promovida pelo Governo LHS. As regionais devem procurar prefeitos, vereadores, secretários municipais, deputados estaduais e alunos e pais de aluno para intergrá-los na luta pela defesa da educação pública na rede estadual de Santa Catarina.
É preciso desmascarar um Governo que age com descaso e com autoritarismo na rotina das escolas. Na semana passada, a responsável pelo SRH da SED encaminhou e-mail aos assistentes de Educação com forte conotação de assédio moral. Após alguns alertas sobre a responsabilidade destes trabalhadores, ela finaliza o mailing com uma ameaça: “Antes que chore a minha mãe, chore a de vocês”. Este linguajar e comportamento não é digno de um trabalhador na Educação. É lamentável que pessoas assim, assum um cargo relevante dentro da Educação catarinense! Essa conduta era comum nos tempos da ditadura e não se adequa aos dias de hoje.
Diante destas situações, é necessário que todos fiquem mobilizados para arrancarmos audiência com o secretário Bauer e levar à mesa de negociação a realidade das escolas públicas; a implantação imediata do Piso Nacional, a antecipação imediata das parcelas de incorporação do abono para 2010; exigir a discussão do abono das faltas da greve de 2008; defender a extensão da complementação do Piso Salarial do Magistério para todos o profissionais da Educação, respeitando a tabela salarial e rumo ao Piso defendido pelo Dieese.
É urgente retomar a luta do pagamento do vale-alimentação com os mesmos valores pagos aos demais servidores; lutar contra a municipalização, defender o emprego dos ACTs, das serventes e merendeiras; lutar contra a reposição dos dias parados em razão da Gripe A. A luta deve ser legitimada com a presença maciça do magistério e de toda a comunidade escolar. Vamos lutar juntos contra a intransigência e desmando de LHS e Bauer.
Outro ponto encaminhado foi em relação às constantes violências (física e moral) contra os trabalhadores em Educação. A direção do SINTE vai realizar estudo para viabilizar pesquisa em todas as escolas da rede para identificar os casos de agressão e as condições de trabalho da categoria. As regionais devem colher depoimentos e encaminhar ao SINTE para a elaboração de documento denunciando a fragilidade das relações dentro da comunidade escolar.
Ontem, dia 16/09, mais de mil trabalhadores em Educação de todo o país participaram, em Brasília, do “Dia Nacional de Luta pelo Piso do Magistério”, um protesto pela não aplicação do Piso. O ato começou às 12h, com concentração no Senado Federal, seguido de protestos na frente do STF; às 17h, a direção da CNTE foi recebida em audiência pelo ministro Fernando Haddad.

Fonte:
Executiva estadual do Sinte/SC(16/09/2009)


O que pensam os profissionais da segurança pública no Brasil

Pela primeira vez na história brasileira,abriu-se um espaço para os profissionais de segurança pública, livres de condicionantes institucionais, expressarem diretamente suas opiniões sobre fatores cruciais para a elaboração das políticas nacionais de segurança pública.
A pesquisa foi feita pelo MJ
Confira os resultados e faça sua análise
http://www.mj.gov.br/data/Pages/MJCF2BAE97ITEMID265C344CCF4B48B68EDC906D15067F01PTBRIE.htm

Fonte:Sd Elisandro LOTIN de Souza(17/09/2009)

O livro de Obadias

O livro de Obadias descreve a consequência das antigas hostilidades entre Edom e Israel.Os edomitas tinham orgulho de sua alta posição,mas Deus os humilharia.Aqueles que hoje são superiores e poderosos não devem ser demasiadamente confiantes em si mesmos,mesmo que se trate de uma nação,empresário,corporação,igreja,governante ou família.Assim como o povo de Edom foi destruído por causa de seu orgulho,todos os que desafiam a Deus também serão aniquilados.

Situação chata

As irrefutáveis provas contra o ex-secretário de saúde da administração Marco Antonio Tebaldi, culminaram com uma condenação de 12 anos de prisão para Norival Silva. Já seu comparsa, o empresário João Batista dos Santos, por ter colaborado com a justiça ao confessar espontaneamente sua participação no esquema criminoso encabeçado por Norival, teve a pena reduzida a 7 anos e 8 meses. O valor de R$ 52,845,00, aprendido em um saco durante a operação policial, foi confiscado em favor do estado. Na época, Norival alegou que o dinheiro era de seu filho, mas, o Ministério Público entendeu que a quantia encontrada era proveniente de propina cobrada dos fornecedores da Secretaria Municipal de Saúde. O juiz da 2ª Vara Criminal de Joinville, ainda não decretou a prisão de Norival.
Fonte:Rogério Giessel,blog Joinville como ela é(17/09/2009)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Tudo isso acontecendo...


...E eu aqui na praça dando milho aos pombos.

Outro elevado,agora é em Rio do Sul...Eita!!!


12/09/2009 - Governador Luiz Henrique inaugura obra do novo sistema viário de Rio do Sul

Rio do Sul (12/9/2009) - Apesar da chuva que caiu durante todo o tempo, o governador Luiz Henrique esteve no final da tarde de sábado (12) em Rio do Sul para a inauguração do Elevado Deputado José Thomé, obra que faz parte do novo sistema viário da maior cidade do Alto Vale do Itajaí. "A cidade tem agora um elevado de concreto, mas já tinha um outro elevado, o elevado humano, o elevado administrador, o elevado prefeito, o prefeito elevado que é Milton Hobus. Lembrem-se sempre que vocês tem um prefeito de visão, que olha pra frente e pro futuro, que enxerga onde a gente não enxerga. Nós somos todos muito pequeninos perto de sua grande obra administrativa", elogiou Luiz Henrique em seu discurso.

Fonte:Secretaria de Estado de Comunicação

Recordar é viver

No dia 29 de outubro de 2002 isso foi publicado na coluna Alça de Mira do jornalista Antonio Neves:
"Ontem, o governador eleito garantiu que Joinville terá um grande parceiro no Governo do Estado. "Não vamos privilegiar Joinville, mas dar a esta cidade que foi sempre A QUINTA RODA DA CARROÇA, tudo o que ela tem direito como a que mais arrecada impostos." LHS prometeu ajudar na construção do Estádio Municipal, vai devolver a Casan à Prefeitura, municipalizar a educação para garantir melhores salários aos professores e elevar a qualidade de ensino. Pretende também pavimentar a estrada que liga Joinville com Araquari, pela Monsenhor Gercino, a Rodovia do Arroz, entre Vila Nova e Guaramirim e a Rodovia do Sonho, que liga à Itapoá".

PV faz convite a Mauro Mariani


O PV de Joinville convidou e secretário Mauro Mariani(PMDB) para um bate-papo sobre sustentabilidade,Joinville e política...Mariani comanda a Secretaria de Infraestrutura que é estratégica para o desenvolvimento de Santa Catarina.

Emendas de Carlito garantiram Policlínica no Floresta

Quase todo o valor investido na construção e aquisição de equipamentos da Policlínica do Floresta foi viabilizado com duas emendas do prefeito de Joinville, Carlito Merss, quando era deputado federal. Do investimento
total de R$ 853.257,59, Carlito garantiu R$ 280 mil para a construção da obra física, com emenda de 2004, e mais R$ 300 mil para a compra de equipamentos, com emenda de 2007.

A Policlínica do Floresta foi inaugurada na última terça-feira. Com 697,59 metros quadros, a estrutura tem amplo suporte técnico para proporcionar ao usuário um ambiente adequado e com qualidade no serviço,
proporcional à população que irá atender. A nova instalação será referência nos atendimentos de pediatria, ginecologia e saúde mental para as unidades de saúde Boehmerwald I e II, Itinga e Itinga Continental, Km 4, Profipo.

De acordo com a coordenadora da Policlínica, Jusmara do Rocio Maciel Da Hora, a unidade vai atender aproximadamente cinco mil pessoas por mês. A equipe será formada por clínico geral, ginecologista, pediatra, cirurgião-dentista, psicólogo e terapeuta ocupacional. Serão prestados serviços como nebulização, vacinas, teste do pezinho, administração de medicamentos, curativos e aferição de pressão arterial. Estão incluídos os programas de Saúde da Mulher, Saúde do Adulto, Saúde da Criança e Saúde Mental.

Os profissionais da antiga unidade na rua Guararapes serão transferidos para nova sede localizada na esquina entre as ruas Maravilha e República do Peru. Segundo a gerente da Rede de Atenção Básica, Marlene Bonow, está prevista para 2010 a reforma de readequação nas antigas instalações, para futuramente implantar três equipes de Saúde da Família no local.

Secretaria de Comunicação (Prefeitura Municipal de Joinville)

50 pra mim...um pra ti!!! Eita!!!

50 pra mim,1 pra você...100 pra mim,2 pra você...1000 pra mim...3 pra você...Muito interessante!!!

Nota do leitor,da Coluna do jornalista Paulo Alceu

Até o momento o ilustríssimo governador anunciou R$ 2 milhões para a reconstrução das escolas em Guaraciaba, e nem um centavo para as moradias. Detalhe: anunciou. Enquanto isso, deu patrocínio a prefeitura de Floripa de R$ 3 milhões para contratar o show de um cantor italiano (dinheiro na mão), bem como investiu tantos milhões no WWTC (pagou tudo rapidinho). Esse é bom de descentralizar o dinheiro !

Diogo Gustavo/Chapecó

www.pauloalceu.com.br(16/09/2009)

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Ana Claudia Michels posa nua para revista


A modelo joinvilense Ana Claudia Michels posou nua para um editorial da edição de inverno da revista sazonal americana V Man, da editora Visionaire, que publica também a revista bimestral de tendências de moda V. O editorial, fotografado por Sebastian Faena, com delicadas ilustrações de Silva Prada mostra a brasileira como veio ao mundo.
Fonte:moda.terra.com.br(15/09/2009)

O Jec é muito grande...


Não precisa pedir esmola pra ninguém...Com certeza em breve terá sua merecida casa própria.

Esse tem patrimônio


Falem bem ou falem mal...O gualicho tem patrimônio...e muito bem valorizado.

VEREADORES X CIGARRO

Todos os vereadores, com exceção de Tânia Maria Eberhardt(PMDB), apelam para que os recursos oriundos dos tributos da empresa Universal Leaf Tabaco, que tenham que voltar aos cofres públicos por força da lei, sejam destinados à saúde. Os vereadores querem que o dinheiro seja gasto com publicidade e ampla informação sobre os danos causados à saúde, tanto ao produtor/trabalhador, que manuseia o fumo, como ao fumante/consumidor.

Fonte:Rogério Giessel,JOINVILLE COMO ELA É(14/09/2009)

Mais um que foi cedo devido ao cigarro,Patrick Swayze

Quer dar uma de Migué!!!

O atual governador,foi prefeito por três vezes em Joinville...ele sabe da necessidade da construção desses equipamentos aqui na cidade...O apoio para a construção de mais um elevado na Capital é uma total desconsideração ao povo de Joinville.

Eu fiz a minha parte

Critiquei a ajuda do governo do estado para a construção de mais um elevado em Florianópolis...Olha o que foi publicado na coluna do Prisco do Jornal A Notícia de hoje..."Confirmada a permanência do prefeito Dário Berger no PMDB, o governo do Estado vai desacelerar as liberações financeiras para Florianópolis, a começar pelos R$ 12 milhões prometidos para o Elevado da Seta (acesso ao Sul da Ilha)."

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Todos sentem...


Todos agora estão sentindo o que é um clube ficar sem calendário.

Escrevi no dia 27 de fevereiro de 2009 sobre o Jec

*Prioridade é o calendário*

"Por isso que um bom calendário é muito mais importante por incrível que pareça que ser campeão...Um bom calendário garante ao clube atividade o ano inteiro...Já pensou esse baita time do Jec parado no segundo semestre??? Ninguém merece né!!!"

Tabebuia Alba??? O que é isso!!!


Ora!!! É o famoso ipê amarelo que já está florecendo em Joinville...deixando a cidade das flores ainda mais bonita.

A NOVA SAVEIRO


Fonte:Revista Auto Esporte

Não vi ninguém da imprensa de Joinville escrever sobre a construção de...

...Mais um elevado em Florianópolis...Mais um "presentinho" do governador eleito por Joinville aos "manezinhos"...Acorda Joinville!!!

Estádio para pagar dívidas de incompetentes?

Foi lançada em Joinville uma campanha para persuadir a comunidade a permitir uma doação de patrimônio público para o grupo restritíssimo que forma alcova em torno do JEC, Joinville Esporte Clube. O JEC é uma entidade privada que, se dá resultados, é para aqueles que nele se aportaram e que o mantêm cativo de projetos politicos pessoais, quando não objetivos financeiros imediatos. Joinville tem muitos setores esportivos que não recebem mais do que migalhas da municipalidade. São categorias como ginástica, atletismo, xadrez e muitas outras. Ao invés de receberem da municipalidade, muitas até doam à municipalidade quando não dinheiro e materiais, o tempo, a dedicação e os patrimônios técnicos de entusiastas.

O JEC sucumbiu por incompetência. Porque em torno dele formou-se uma alcatéia interessada em sugar e não em contribuir. Se a comunidade possui um estádio de futebol, é para que as iniciativas neste setor, que porventura venham a surgir na cidade, tenham uma boa praça de espetáculos - e não para tentar fazer com que o JEC prossiga em sua decadente trajetória. A Arena Joinville pertence ao América, ao Caxias, a todos os clubes de todas as divisões. A Arena é pública.

Querem fazer dela um lastro para o JEC cobrir suas dívidas. Tudo indica que o plano seja o de fazer a Arena cair nas mãos daqueles que se apresentarem como credores do malfadado JEC. E eu não me supreenderia se, entre estes, de repente estivessem aqueles que, justamente, do JEC sempre se beneficiaram.

Uma odéia absurda, que ao meu ver precisa ser energicamente rechassada.

Milton Wendel